Escritoriodearte.com > Artistas > Liliane Dardot

Liliane Dardot

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Liliane Dardot (Belo Horizonte MG 1946)

Liliane Marie Luce Dardot Magalhães Carneiro.
Pintora, desenhista, gravadora, professora.

Em 1965, ingressa na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), depois de desistir do vestibular para arquitetura. Gradua-se em 1968, e torna-se professora de desenho nessa mesma Escola entre 1969 e 1977. Durante a graduação, inaugura sua participação em exposições coletivas. Reside em Olinda, de 1978 a 1989. Nesta cidade, integra a Oficina Guaianases de Gravura, criada em 1974, um dos movimentos artísticos mais significativos e duradouros do estado de Pernambuco. Nesse período, participa de diversas mostras de gravura. Retorna a Belo Horizonte em 1989, onde leciona litografia na Escola Guignard entre 1990 e 1997.

Comentário Crítico

No início da carreira artística de Liliane Dardot, é perceptível a busca por um engajamento político em suas obras, aliada à indagação a respeito de quais formas artísticas esse engajamento poderia assumir. Exemplo disso é Hora de Brasília, de 1977, obra realizada com aguadas de tinta acrílica e lápis de cor sobre papel. A professora e artista plástica Maria do Carmo de Freitas Veneroso observa: "A jovem artista Liliane Dardot via-se às voltas com uma contradição que julgava perceber em seu trabalho: ao mesmo tempo em que ela se encantava com o ato de desenhar, e suas produções estavam ligadas a um fazer muito pessoal que explorava sua própria intimidade psicológica, as linguagens artísticas tradicionais - entre elas o desenho - eram questionadas pelas vanguardas, e ela própria se colocava a necessidade de produzir obras com um viés político". Tais questões levaram a artista a refletir também sobre o institucional e o não-institucional no ensino da arte. Dardot ensina desenho na Escola de Belas Artes da UFMG, entre 1969 e 1977, ano em que se muda para Olinda. Prossegue com a pintura, mas também desenvolve sua produção em litografia na Oficina Guaianases, criada e gerida de forma independente por artistas locais. Exemplos desse período são as litografias O Risco do Bordado, de 1981, e Urucum-safrão, de 1984. Quando volta a residir em Belo Horizonte, em 1989, Dardot retoma a ênfase na pintura, desenvolvendo pesquisa voltada a elementos vegetais da flora local. Ao mesmo tempo, trabalha com desenho e com novos espaços expositivos, criando obras in situ, como Por Fundo de Todos os Matos, Amém!, de 2005, realizada em ruas de Cordisburgo, Minas Gerais.

Críticas

"(...) Para Liliane Dardot tudo começou em Olinda, com o coqueiro. Ela fazia figuras de gente e fez um coqueirinho, para arejar. Depois outro, e assim foi. O coqueiro ensinou-lhe o gestual, e em seguida a cor. Antes do coqueiro, unicamente desenhava. Chegou ao limite do desenho, mas para pintar teve de jogar fora a bagagem e reaprender. (...) A goiaba é olhada como quem pega na própria carne, como se a pintora estivesse examinando-se a si própria. A compreensão da natureza é a compreensão de si própria incluída nesse reino, aceitando entrar no mesmo giro, com todas implicações, inclusive a do doloroso aprendizado da morte".
José Cláudio
LILIANE Dardot: pintura e litografias. Apresentação de José Claudio. Recife: Galeria de Arte Estudio, 1984.

Exposições Individuais

1978 - Olinda PE - Individual, na Galeria 3 Galeras
1979 - Belo Horizonte MG - Individual, na Galeria Corpo (Sala Corpo)
1979 - Brasília DF - Individual, na Fundação Cultural do Distrito Federal
1981 - Belo Horizonte MG - Individual, no Gesto Gráfico (Galeria Gesto Gráfico)
1981 - Olinda PE - Individual, na Galeria Lautreáment (Lautréamont)
1983 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Sérgio Milliet
1984 - Recife PE - Individual, no Estúdio A
1986 - Fortaleza CE - Individual, Dualibe Galeria
1987 - Recife PE - Individual, Galeria Arte Ofício
1990 - Belo Horizonte MG - Individual,  Sala Corpo
1991 - Belo Horizonte MG - Individual, Galeria Ex-Libris
1991 - Belo Horizonte MG - Individual, na Alliance Française
1995 - Ouro Preto MG - Individual, FAOP
1996 - Belo Horizonte MG - Individual, Sala Corpo
2003 - Rio de Janeiro RJ - Individual, Casa de Cultura Laura Alvim
2004 - Belo Horizonte MG - Individual, Galeria Celma Albuquerque

2005 - Cordisburgo MG - Por Fundo de Todos os Matos, Amém!, obra in situ
2005 - São João del-Rei MG - Individual, Solar da Baronesa de Itaperava, UFSJ
2006 - Belo Horizonte MG - Por Fundo de Todos os Matos, Amém!, obra in situ  realizada no Museu Mineiro
2006 - São João del-Rei MG - Por Fundo de Todos os Matos, Amém!, obra in situ  realizada no Largo de São Francisco e Rua da Cachaça
2007 - Belo Horizonte MG - Individual, Galeria Celma Albuquerque

Exposições Coletivas

1968 - Belo Horizonte MG - Os Novos, Imprensa Oficial
1968 - Porto Alegre RS - 2ª Jovem Arte Contemporânea, Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli
1968 - Rio de Janeiro RJ - Desenhistas Mineiros, ICBEU
1968 - São Paulo SP - 2ª Jovem Arte Contemporânea, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
1970 - Belo Horizonte MG - Brasil a Festa, a Construção, Aliança Francesa
1971 - Paris (França) - Colléction Brésil, Maison du Brésil
1975 - Rio de Janeiro RJ - Doze Desenhistas de Minas Gerais,  Galerie de la Maison de France
1976 - Belo Horizonte MG - 3º Salão Global, Palácio das Artes
1976 - Belo Horizonte MG - O Corpo, Exposição/Projeção, Palácio das Artes
1978 - Belo Horizonte MG - Salão do Futebol, Palácio das Artes - artista convidada
1978 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão Nacional de Artes Plásticas, Museu Nacional de Belas Artes 
1979 - Belo Horizonte MG - 11º Salão Nacional de Arte, Museu de Arte da Pampulha
1979 - Belo Horizonte MG - A Litografia Brasileira, Palácio das Artes
1979 - Belo Horizonte MG - O Desenho Mineiro, Palácio das Artes
1979 - Curitiba PR - 2ª Mostra Anual de Gravura Cidade de Curitiba, Centro de Criatividade
1979 - Curitiba PR - 36º Salão Paranaense - premiada
1980 - Cidade do México (México) - 2ª Bienal Ibero-Americana
1980 - Curitiba PR - 2ª Mostra do Desenho Brasileiro, Teatro Guaíra
1980 - Rio de Janeiro RJ - 3º Salão Nacional de Artes Plásticas, Museu Nacional de Belas Artes
1980 - São Paulo SP - 12º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1981 - Cali (Colômbia) - Bienal Americana de Artes Gráficas
1981 - Recife PE - 34º Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, Museu do Estado de Pernambuco
1981 - San Juan (Porto Rico) - 5ª Bienal del Grabado Latino Americano
1982 - Belo Horizonte MG - 14º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Belo Horizonte, Museu de Arte da Pampulha - artista convidada
1983 - Recife PE - 36º Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, Museu do Estado de Pernambuco - premiada
1983 - Recife PE - Visão da Natureza, Galeria Futuro 25
1983 - San Juan (Porto Rico) - 6ª Bienal del Grabado Latino Americano
1984 - Bradford (Inglaterra) - Eighth British International Print Biennale
1984 - Curitiba PR - 6ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba
1984 - Havana (Cuba) - 1ª Bienal de Havana
1984 - Paris (França)- Dez Artistas do Recife, no Espaço Latino Américain
1984 - Paris (França) - Nordest du Brésil, Dix Artistes du Recife, Espace Latin-americain
1986 - Assunción (Paraguai) - Pintores de Pernambuco, Embajada del Brasil
1986 - Belo Horizonte MG - Largo do Ó e Guaianases, Dois Núcleos da Litografia Brasileira, Galeria da Cemig
1986 - Brasília DF - Pernambucanos em Brasília, ECT Galeria de Arte
1986 - Cidade do México (México) - 5ª Bienal Ibero-americana
1986 - Estados Unidos - Brazillian Contemporary Prints (mostra itinerante)
1988 - Curitiba PR - 8º Grupo Guaianases, Museu Municipal de Arte
1988 - Olinda PE - Anos 70, Artes e Artistas, MAC
1988 - Vila do Carmo (Portugal) - 6 Pintoras de Olinda, Convento do Carmo
1990 - Belo Horizonte MG - Arca de Noé, Galeria Gesto Gráfico
1990 - Belo Horizonte MG - Poética do Acaso, Museu de Arte da Pampulha
1990 - Berlim (Alemanha) - Intergraphik 90
1990 - Rio de Janeiro RJ - Poética do Acaso, Museu d Arte Moderna
1992 - Belo Horizonte MG - Utopias Contemporâneas, Arqueologia do Futuro e Natureza e Construção, Fundação Clóvis Salgado. Palácio das Artes
1992 - São Paulo SP - Poética do Acaso, Museu de Arte Contemporânea
1994 - Belo Horizonte MG - Guignard: 50 anos de uma escola de arte, Galeria Vidyã
1995 - Belo Horizonte MG - Imagem Derivada: um olhar acerca do desdobramento da gravura hoje, Museu de Arte da Pampulha
1996 - Belo Horizonte MG - Imagens Derivadas, Palácio das Artes
1996 - México - 10ª Bienal lbero-Americana
1997 - Belo Horizonte MG - Formação da Arte Contemporânea em Belo Horizonte, Museu de Arte da Pampulha
2000 - Belo Horizonte MG - Registros da Arte Brasileira, projeto da C/Arte, Fumec
2003 - Belo Horizonte MG - Mulheres, Galeria de Arte Copasa
2003 - Ipatinga MG - Arte Brasileira no Acervo do MAP, Centro Cultural Usiminas - Ipatinga 
2004 - Paris (França) - Minas Gerais em Paris, mostra organizada pela Fiemg
2005 - Belo Horizonte MG - 40/80: uma mostra de arte brasileira, Léo Bahia Arte Contemporânea
2006 - Arte Mineira: Raízes e Modernidade, BDMG Cultural (mostra itinerante)
2007 - Belo Horizonte MG - Impressões, Galeria Sandra & Marcio
2010 - Olinda PE - Arte em Toda Parte, Salão da Prefeitura
2010 - São Paulo SP - 6ª sp-arte, Fundação Bienal

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Candido Portinari - Caricatura de João Candido
Caricatura de João Candido
Danilo Di Prete - Viareggio
Viareggio
Burle Marx - Itambira II
Itambira II