Escritoriodearte.com > Artistas > Laszlo Meitner

Laszlo Meitner

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Laszlo Meitner (Budapeste, Hungria 1900 - Rio de Janeiro RJ 1968)

Pintor, desenhista, ilustrador, cenógrafo.

Estuda na Academia de Belas Artes de Berlim (Alemanha), em 1919, onde atua como ilustrador nas revistas Simplissimus, Jugend e Querschnitt. Deixa a Alemanha em decorrência do nazismo, mudando-se para Londres (Inglaterra) em 1933, quando trabalha como "sketch-artist" na empresa London Film. Em 1937, vai para Paris (França) e trabalha na realização de desenhos animados. Em 1939, reside na casa do casal de pintores Arpad Szenes e Vieira da Silva em Lisboa (Portugal). Na década de 40 muda-se para o Rio de Janeiro, naturalizando-se brasileiro em 1941; realiza uma mostra individual no Instituto dos Arquitetos do Brasil, IAB, em 1947 e, no ano seguinte, viaja para os Estados Unidos onde permanece por dois anos, de 1948 a 1950. Como ilustrador, atua nas revistas Sombra e Rio Artes. A partir de 1952 passa a dedicar-se exclusivamente à pintura.

Críticas

"Um dos pouquíssimos aspectos positivos do advento de Hitler e da Segunda Guerra Mundial foi a vinda ao Brasil de alguns dos artistas europeus. Basta mencionar Maria Helena Vieira da Silva, Arpád Szenes, Axel von Leskoschek, Emeric Marcier, Jan Zach - e Laszlo Meitner. (...) Laszlo Meitner logo demonstrou o seu alto nível profissional e a sua seriedade. Dominando todas as técnicas, adaptando-se a todas as exigências, ele mostrou que o verdadeiro artista profissional tinha que ser polivalente, tinha que, no bom sentido, dominar o seu ´métier´. É por causa dessa dignidade profissional e dessa independência criativa que Laszlo Meitner conseguiu deixar seu marco. Que fossem naturezas-mortas, paisagens, retratos, cenografias ou capas de revistas, sempre eram obras de Laszlo Meitner, com a marca inconfundível do grande artista. Preocupado apenas com a qualidade, com a necessidade intrínseca de cada obra. Sempre longe das promoções mercadológicas, sempre dentro do espírito da verdadeira contemporaneidade".
Marc Berkowitz
LASZLO Meitner. Apresentação de Alcídio Mafra de Souza. Texto de Marc Berkowitz. Rio de Janeiro: MNBA, 1987.

Exposições Individuais

1947 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no IAB/RJ
1952 - Filadélfia (Estados Unidos) - Individual
1956 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Montmartre
1958 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Montmartre
1959 - Salvador BA - Individual, na Galeria Oxumaré e na Escola de Teatro da Universidade da Bahia
1960 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Montmartre
1963 - Paris (França) - Individual, na Galerie de Presbourg
1964 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Bonino
1966 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Bonino

Exposições Coletivas

1957 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, na Maison de France
1958 - Rio de Janeiro RJ - Salão do Mar
1959 - São Paulo SP - 5ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1960 - Rio de Janeiro RJ - Natureza Morta na Pintura, na Galeria Ibeu Copacabana
1961 - Rio de Janeiro RJ - 10º Salão Nacional de Arte Moderna
1961 - Rio de Janeiro RJ - 1ª O Rosto e a Obra, na Galeria Ibeu Copacabana
1964 - Londres (Inglaterra) - Brazilian Art Today, no Royal College of Art
1965 - Paris (França) - Art Brésilien Contemporain
1965 - Paris (França) - Salon Comparaison
1966 - Rio de Janeiro RJ - Arte Brasileira em Coleções Americanas, na Galeria do Ibeu
1968 - Rio de Janeiro RJ - Ontem e Hoje, na Galeria do Ibeu

Exposições Póstumas

1969 - Rio de Janeiro RJ - Retrospectiva, no MAM/RJ
1974 - São Paulo SP - Retrospectiva, no Masp
1986 - Rio de Janeiro RJ - Tempos de Guerra. Pensão Mauá, na Galeria de Arte Banerj
1986 - Rio de Janeiro RJ - Tempos de Guerra: Hotel Internacional, na Galeria de Arte Banerj
1987 - Rio de Janeiro RJ - Retrospectiva, no MNBA
1989 - São Paulo SP - 20ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
2001 - Rio de Janeiro RJ - Aquarela Brasileira, no Centro Cultural Light

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Clóvis Graciano - Retrato de Milton
Retrato de Milton
Carybé - Vaqueiros
Vaqueiros
Frans Krajcberg - Sem Título
Sem Título
Thiago Rocha Pitta - Sem Título
Sem Título