Escritoriodearte.com > Artistas > Eduardo Fagundes Cruz

Eduardo Fagundes Cruz

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Eduardo Fagundes Cruz (Ilhéus BA 1943)

Gravador, ceramista e desenhista.

Muda-se com a família para Porto Alegre, aos dois anos de idade. Nesta cidade, freqüenta a Faculdade de Comunicação Social, na PUC/RS. A partir de 1961, estuda gravura com Xico Stockinger, no Atelier Livre da Prefeitura, serigrafia com Júlio Plaza e cerâmica com Vilma Villa Verde. Realiza sua primeira exposição individual em 1968, no Instituto Cultural Norte-Americano, em Porto Alegre. Expõe em Porto Rico, Polônia, Espanha, Iugoslávia, Alemanha, Argentina e Suíça. Recebe na Itália o Prêmio Internazionale de Biella per l'Incisione, em 1971, e em Porto Rico, o prêmio Bienal de Gravura. No Brasil, expõe no 2º Salão de Artes Plásticas de Goiânia, em 1975. Participa também da 1ª Mostra de Desenho de Curitiba, em 1979, do 7º Salão de Cerâmica de Porto Alegre, como artista convidado, em 1986, e do 1º Encontro Latino de Artes Plásticas, realizado em Porto Alegre, em 1989.

Críticas

"Utilização nova dos relevos numa gravura nitidamente figurativa. Figuração de raízes existenciais, onde se percebe uma rememoração da infância com conotações sociais. A gravura desse jovem mestre capaz de transmitir um clima de solidão e tragédia, além de ser extraordinariamente refinada, traduz imensa sensibilidade gráfica".
Eduardo Conill
ARTE gaúcha/74. Texto de Walmir Ayala. Brasília: Ministério da Educação e Cultura; Porto Alegre: Instituto dos Arquitetos do Brasil, 1975.

"O ambiente de oficina, o instrumental, os materiais de produção e o processo mecânico de imprimir identificam Eduardo Cruz como gravador. Entretanto, logo se verifica quanto o seu ato de impressor transcede a gravura, levando-o à problemática atualíssima de uma nova categoria - até agora não claramente codificada - dessas construções plásticas Callográficas resultante do emprego de variadas técnicas e diversos materiais, comportando procedimentos tradicionais da escultura, da pintura, do desenho e da própria gravura (...) Impossível descrever como são suas imagens, pois emergem de um plano onírico, vivencial e espectral, embora jamais apele para a fantasmagoria. Pouca vezes tenho visto conteúdo dramático tão relevante, de figura humana soterrada no silêncio do abandono, no vazio da desesperança (...). Armaduras de guerreiros medievais sobram especialmente sem encontrar heróis a quem vestir. E a sombra perde a sua competência, sua dignidade negra para riscar no chão, numa clareira fria, o molde do inexorável".
Clarival do Prado Valadares
CAVALCANTI, Carlos; AYALA, Walmir, org. Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Apresentação de Maria Alice Barroso. Brasília: MEC/INL, 1973-1980. (Dicionários especializados, 5).

Exposições Individuais

1968 - Porto Alegre RS - Individual, no Instituto Cultural Brasileiro
1970 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Sala Goeldi
1978 - Porto Alegre RS - Individual, na Galeria Guignard
1979 - Brasília DF - Individual, na Galeria Parnaso
1981 - Curitiba PR - Individual, na Galeria Momento Arte
1983 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria de Arte Banerj
1983 - Curitiba PR - Individual, na Masson Galeria de Arte
1987 - Porto Alegre RS - Individual, na Bolsa de Arte
1990 - s.l. - Caminhos: 1967/1990, no Banco Francês e Brasileiro

Exposições Coletivas

1963 - s.l. - Salão Jubileu de Prata Francisco Lisboa - prêmio auisição em cerâmica
1966 - Ibiza (Espanha) - 2ª Bienal de Arte Universitária Internacional
1967 - Campinas SP - 3º Salão de Arte Contemporânea
1967 - Porto Alegre RS - 2º Salão de Arte Universitária de Porto Alegre - 1º prêmio em gravura
1968 - Campinas SP - 4º Salão de Arte Contemporânea, no MACC
1968 - Curitiba PR - 25º Salão de Belas Artes
1968 - Salvador BA - 2ª Bienal Nacional de Artes Plásticas
1968 - São Paulo SP - 2ª Exposição Jovem Arte Contemporânea, no MAC/USP
1968 - São Paulo SP - 2ª Jovem Arte Contemporânea, no MAC/USP
1969 - Curitiba PR - 26º Salão Paranaense, na Federação das Indústrias do Estado do Paraná
1969 - Porto Alegre RS - 2ª Jovem Arte Contemporânea, no Margs
1969 - Rio de Janeiro RJ - Salão Bússola, no MAM/RJ
1970 - Campinas SP - 6º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no MACC - prêmio aquisição
1970 - Cracóvia (Polônia) - 3ª Bienal Internacional de Gravura
1970 - Porto Alegre RS - 1º Salão de Artes Visuais da UFRGS - 1º prêmio em gravura
1970 - Rio de Janeiro RJ - 19º Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ
1970 - Rio de Janeiro RJ - Salão Nacional de Arte Moderna
1970 - s.l. (Porto Rico) - 1ª Bienal Latino Americana de Gravura
1971 - Itália - Prêmio Internazionale de Biella per I'Incisione
1971 - Porto Alegre RS - Salão Cidade de Porto Alegre - prêmio objeto
1972 - Buenos Aires (Argentina) - 3º Bienal de Artes Gráficas
1972 - Cracóvia (Polônia) - 4ª Bienal Internacional de Gravura
1972 - Florença (Itália) - 3ª Bienal de Artes Gráficas
1972 - s.l. (Porto Rico) - 2ª Bienal Latino-americana de Gravura - premiado
1972 - s.l. (Suiça) - Trienal Internacional de Gravura
1972 - São Paulo SP - Arte/Brasil/Hoje: 50 anos depois, na Galeria da Collectio
1973 - Curitiba PR - 30º Salão Paranaense, no Teatro Guaíra
1973 - Porto Alegre RS - 2º Salão de Artes Visuais da UFRGS
1973 - Rio de Janeiro RJ - Em Torno do Real
1974 - Campinas SP - 9º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no MACC
1974 - Porto Alegre RS - 3º Salão da UFRGS - premiado
1974 - s.l. (Alemanha) - 3ª Exposição Internacional de Gravura
1974 - São Paulo SP - 6º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1974 - Washington (Estados Unidos) - 5 Artistas Gaúchos
1975 - Brasília DF - Arte Gaúcha/74, no Instituto de Arquitetos do Brasil. Departamento do Rio Grande do Sul
1975 - s.l. GO - 2º Salão de Artes Plásticas de Goiás - prêmio aquisição
1976 - Porto Alegre RS - 1º Salão de Cerâmica do Rio Grande do Sul, no Margs
1976 - São Paulo SP - 7º Salão Paulista de Arte Contemporânea, no Paço das Artes
1977 - São Paulo SP - 9º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1978 - Brasília DF - 2º Salão Internacional de Arte Universitária
1978 - Brasília DF - Coletiva, na Galeria Seraphico
1978 - s.l. (Itália) - 1ª Bienal Ítalo-latino Americana de Gráficos
1980 - Porto Alegre RS - 4º Salão de Cerâmica do Rio Grande do Sul, no Margs
1981 - Porto Alegre RS - Artistas Brasileiros dos Anos 60 e 70 na Coleção Rubem Knijnik, no Espaço NO Galeria Chaves
1982 - Brasília DF - Arte Gaúcha Hoje, na Galeria Oswaldo Goeldi
1982 - Porto Alegre RS - Arte Gaúcha Hoje, no Margs
1983 - Porto Alegre RS - 15 Desenhistas Gaúchos, na Toque Final Casa de Arte
1983 - Porto Alegre RS - Do Passado ao Presente: as artes plásticas no Rio Grande do Sul, no Cambona Centro de Artes
1986 - Porto Alegre RS - 7º Salão de Cerâmica, no Margs
1986 - Porto Alegre RS - Coleção Rubem Knijnik: arte brasileira anos 60/70/80, no Margs
1989 - Porto Alegre RS - 1º Encontro Latino Americano de Artes Plásticas, no Margs
1989 - Porto Alegre RS - Arte Sul 89, no Margs
1991 - Porto Alegre RS - Exposição Atelier Livre: 30 anos - alunos artistas, no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre
2001 - Porto Alegre RS - Coleção Liba e Rubem Knijnik: arte brasileira contemporânea, no Margs
2002 - Porto Alegre RS - Desenhos, Gravuras, Esculturas e Aquarelas, na Garagem de Arte

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Candido Portinari - Homens na Rede
Homens na Rede
Maria Leontina - Figura feminina
Figura feminina