Monthly Archive:: 26 de fevereiro de 2014

Luiz Gonzaga – Lula Cardoso Ayres

 – Pintor, fotógrafo, desenhista, ilustrador, muralista e cenógrafo – Recife, 1910-1987. Bem nascido em meio à oligarquia “sucroenergética” de seu estado, Lula Cardoso Ayres teve a oportunidade, na sua juventude, de visitar Paris (1925), ver de perto a segunda fase da então arte moderna e tomar algum contato com a “art déco”.  Depois de seu

Mira Schendel

Após uma retrospectiva histórica na Tate Modern em Londres, Mira Schendel se consolida em 2014 como um dos nomes nacionais mais importantes da arte no século XX. Artista essencial em coleções publicas e privadas de arte contemporânea brasileira, Schendel ocupa um espaço singular na historia da arte. Sua obra transita entre o campo filosófico e pictórico através da criação

Percurso Histórico da Arte Nipo-Brasileira

A história da arte nipo-brasileira começa em 1935, com o surgimento do grupo Seibi, formado por artistas plásticos de São Paulo. Tratava-se de um grupo de artistas japoneses que se reunia para discutir o aprimoramento técnico e a divulgação de suas obras. Entre os fundadores, estavam Hajime Higaki, Shigeto Tanaka, Tomoo Handa, entre outros. Com

Amilcar de Castro

Um dos nomes chaves na arte pós-moderna brasileira, Amilcar de Castro foi um dos fundadores do movimento Neoconcreto, trazendo em sua obra também uma certa influencia do Concretismo e tornando-se um ponto de transição de um movimento para o outro, torcendo a rigidez concreta e transformando-a literalmente. A transposição do desenho para o tridimensional da escultura é uma das

Tomie Ohtake

Em 2013, Tomie Ohtake completou cem anos, dos quais, mais de sessenta dedicados à arte. É natural que sua obra tenha não apenas influenciado gerações de artistas, mas também se transformado ao longo dos anos. Nascida em Kyoto, Japão, Ohtake mudou-se para São Paulo em 1936, onde nas décadas seguintes se estabeleceu com a família e iniciou sua carreira

OsGemeos

Os irmãos Gustavo e Otavio Pandolfo, conhecidos como OsGemeos, são os principais responsáveis no Brasil por levar a arte de rua para dentro de museus e galerias, quebrando a barreira entre o popular street art e a esfera acadêmica e institucional das artes plásticas. O graffiti, principal meio de expressão da dupla, ganhou status no cenário artístico contemporâneo e

A poesia de Glicério

  A fotógrafa Dani Sandrini, formada em Comunicação Social pela ECA-USP, abre exposição chamada “Um olhar sobre Glicério” que consiste em um ensaio fotográfico do bairro de Glicério feitos de uma forma poética, onde mostram as ruas, a arquitetura, o comércio e os comerciantes, os moradores e suas casas, as associações, os imigrantes, e as características marcantes

“Flavio de Carvalho: a experiência como obra”

Está aberta a exposição “Flavio de Carvalho: a experiência como obra” na Oca, hoje Museu da Cidade, no parque do Ibirapuera. A ideia da exposição é mostrar a diversidade dos trabalhos realizados por Flavio de Carvalho que foi entre algumas de suas funções: arquiteto, engenheiro, cenógrafo, artista plástico, desenhista, antropólogo amador e antropófago, e a

Incêndio destrói centro cultural do colégio Liceu de Artes de Ofícios

  Nessa madrugada de segunda para terça, por volta da 1h da madrugada, começou um a pegar fogo o Centro Cultural do Liceu de Artes de Ofícios de São Paulo, anexo ao prédio da escola. Os bombeiros conseguiram dominar o incêndio em 20 minutos, até agora não se sabe os motivos que levaram à destruição do

Inos Corradin – Um artista antiacadêmico

O Espaço Cultural Citi está com exposição aberta do artista Inos Corradin “No percurso da arte, o artista na estrada”, artista que usou a geometria de maneira muito singular e poética na criação de seus personagens músicos, malabaristas, jogadores, etc. A mostra tem curadoria do crítico de arte Jacob Klintowitz que também fez uma apresentação sobre o