Escritoriodearte.com > Artistas > Ubi Bava

Ubi Bava

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Ubi Bava (Santos SP 1915 - São Paulo SP 1988)

Pintor, desenhista e professor.

Freqüenta a Escola Nacional de Belas Artes, formando-se em arquitetura em 1939 e pintura em 1940, no Rio de Janeiro. É aluno de Lucilio de Albuquerque e Henrique Cavalleiro. Em 1947, torna-se professor de desenho artístico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, FAU/UFRJ. Em 1961, ganha o Prêmio de Viagem ao Estrangeiro do Salão de Arte Moderna e segue para a Europa, fixando-se, principalmente, na Itália. Em 1975, faz a cenografia para a peça Nosso Tempo, do 1º Festival de Inverno do Rio de Janeiro.

Críticas

"Dedicado ao magistério e à arquitetura, Ubi Bava desenvolve trabalhos de pintura, tendo realizado produção numerosa. Detentor de diversas obras premiadas, vem distinguindo-se há cerca de três décadas no gênero Abstrato Geométrico. Manteve contatos com o movimento concretista, porém de forma independente, despojado dos dogmas e da rigidez impostos pelos princípios dessa corrente. Sua obra abrange várias fases, em que o artista empenha-se no desdobramento de novas idéias. Em Fragmentos de um Espaço, a característica do gênero abstrato geométrico é evidente, destacando-se a simplicidade ordenada das linhas bem como a vibração das cores fortes e quentes."
Ana Lúcia de Mattos e outros
O MUSEU Nacional de Belas Artes. Prefácio de Alcidio Mafra de Souza. Editado por Alcidio Mafra de Souza. Textos de Abbadia Caparelli et al. São Paulo: Banco Safra, 1985.

"Ubi Bava pode ser considerado um precursor e um pioneiro de certo tipo de pintura que tem nos efeitos óticos e nos recursos cinéticos sua razão maior de ser. Introduzindo em suas superfícies espelhos, ao mesmo tempo introduz, no cerne mesmo de sua obra, a imagem refletida do espectador. Também fez uso de tubos de plástico e de movimentos mecanicamente produzidos, subordinando todos esses elementos a uma evidente vontade construtivista. Em certo momento de sua evolução, o que produzia tinha certo parentesco com o concretismo (...)"
José Roberto Teixeira Leite
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.

Exposições Individuais

1945 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Instituto de Arquitetos do Brasil
1969 - Rio de Janeiro RJ - Esculturas de 1959, no Ibeu 
1969 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Ibeu 
1974 - São Paulo SP - Individual, na Galeria de Arte Ipanema
1984 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no MNBA - Sala Bernardelli
1986 - Rio de Janeiro RJ - Ubi Bava: Noturnos, na Artespaço

Exposições Coletivas

1944 - Rio de Janeiro RJ - 50º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
1946 - Rio de Janeiro RJ - Expõe com o escultor Ceschiatti, no Instituto dos Arquitetos do Brasil, IAB/RJ
1949 - Rio de Janeiro RJ - 55º Salão Nacional de Belas Artes - Divisão Moderna, MNBA - medalha de prata
1951 - São Paulo SP - 1ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão do Trianon
1953 - São Paulo SP - 2ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão dos Estados
1954 - Rio de Janeiro RJ - Salão Preto e Branco, no Palácio da Cultura
1955 - São Paulo SP - 3ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão das Nações
1957 - Argentina - Mostra itinerante Arte Moderna no Brasil
1957 - Chile - Mostra itinerante Arte Moderna no Brasil
1957 - Peru - Mostra itinerante Arte Moderna no Brasil
1958 - Rio de Janeiro RJ - Oito Artistas Contemporâneos, na Funarte. Galeria Macunaíma
1959 - São Paulo SP - 5ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1959 - São Paulo SP - Mostra, na Galeria de Arte das Folhas
1960 - São Paulo SP - Mostra, na Galeria de Arte das Folhas
1961 - Rio de Janeiro RJ - Salão Nacional de Arte Moderna - Prêmio de Viagem ao Exterior
1968 - Rio de Janeiro RJ - 17º Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ
1970 - Rio de Janeiro RJ - 8º Resumo JB, no MAM/RJ
1971 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão de Arte da Eletrobrás, no MAM/RJ
1972 - Curitiba PR - 29º Salão Paranaense, no Teatro Guaíra
1972 - São Paulo SP - Arte/Brasil/Hoje: 50 anos depois, na Galeria da Collectio
1973 - Rio de Janeiro RJ - 21 Anos de Salão Nacional, na Galeria Ibeu
1973 - São Paulo SP - 12ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal - sala especial
1975 - Basel (Suíça) - Exposição Internacional
1975 - São Paulo SP - 13ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal - Prêmio Aquisição Itamarati
1975 - São Paulo SP - 7º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1976 - São Paulo SP - Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1977 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão Carioca de Arte, na Galeria Funarte
1977 - Rio de Janeiro RJ - Artes Gráficas na Coleção de Léo Octávio da Silveira, na Galeria Ibeu
1977 - Rio de Janeiro RJ - Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, no MAM/RJ
1977 - São Paulo SP - Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, na Pinacoteca do Estado
1978 - São Paulo SP - 1ª Mostra do Móvel e do Objeto Inusitado, no Paço das Artes
1980 - Rio de Janeiro RJ - Espacialidades, na Galeria do Ibeu
1981 - Rio de Janeiro RJ - Mostra, na Galeria do Ibeu
1983 - Rio de Janeiro RJ - 6º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1985 - Rio de Janeiro RJ - 8º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1986 - Rio de Janeiro RJ - Sete Décadas da Presença Italiana na Arte Brasileira, no Paço Imperial
1988 - Rio de Janeiro RJ - 2ª Abstração Geométrica, na Funarte. Centro de Artes

Exposições Póstumas

1992 - Rio de Janeiro RJ - 1º A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini, no Paço Imperial
1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal
1997 - Niterói RJ - Visões e (Sub) Versões, no MAC/Niterói
1998 - Niterói RJ - Espelho da Bienal, no MAC/Niterói
1998 - São Paulo SP - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM/SP
1999 - Rio de Janeiro RJ - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM/RJ
2002 - Rio de Janeiro RJ - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB
2002 - Rio de Janeiro RJ - Caminhos do Contemporâneo 1952-2002, no Paço Imperial
2002 - São Paulo SP - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB
2003 - Brasília DF - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB
2003 - Niterói RJ - Apropriações: Curto-Circuito de Experiências Participativas, no MAC/Niterói
2004 - Rio de Janeiro RJ - Novas Aquisições 2003: Coleção Gilberto Chateubriand, no MAM/RJ

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Frans Krajcberg - Sem Título
Sem Título
Danilo Di Prete - Pássaro Azul
Pássaro Azul
Waltércio Caldas - Sem Título
Sem Título
Eduard Kretschmar - Panorama RJ tomado do Morro do Castelo
Panorama RJ tomado do Morro do Castelo