Escritoriodearte.com > Artistas > José Rufino

José Rufino

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

José Rufino (João Pessoa PB 1965)

Artista visual e professor universitário.

No fim da década de 1970, José Augusto Costa de Almeida Rufino frequentou cursos de extensão na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Inicia sua produção artística na década de 1980. Muda-se, em 1983, para o Recife, onde tem contato com artistas e poetas ligados à arte postal e à poesia visual, entre eles Paulo Bruscky (1949). Gradua-se em geologia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em suas obras, utiliza materiais relacionados à história de sua família, como documentos, cartas, escrivaninhas e cadeiras, que aparecem em suas instalações, objetos e desenhos. Recebe o primeiro prêmio no Concurso do Cartaz da Semana da Biblioteca, realizado no Recife, em 1988. Conquista menção honrosa do Projeto Nascente, da Universidade de São Paulo (USP), em 1991, e, no ano seguinte, recebe primeiro prêmio na segunda edição desse projeto.

Críticas

"Os títulos das instalações [Respiratio, Vociferatio, Lacrimatio, Sudoratio], referentes aos verbos respirar, gritar, lacrimejar e suar, respectivamente, fazem parte do que o artista chama de "acervo de sensações" encontrado nas lembranças de infância e no mergulho na história familiar. Não à-toa são todas sensações de expurgo, que saem de um âmago, desembocam e ganham corpo nas obras artísticas como segredos explosivos, cumpridos e trancafiados por gerações. Trata-se de um processo corajoso de purificação.

A carreira artística do paraibano José Rufino tem como âncora uma preocupação com a história pessoal e familiar. Rufino trabalha sua bagagem emocional com um esmero estético de efeitos sutis e sofisticados, que o levam a percorrer campos de significados inusitados. O artista revela-se um exímio manipulador de símbolos".
Kátia Canton
CANTON, Kátia. [José Rufino]. In: ANTARCTICA ARTES COM A FOLHA (1996 : SÃO PAULO); PRATA, Isabella (org.); AYDAR, Bia (org.). Antarctica Artes com a Folha. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.

Depoimentos

"Meu trabalho confunde-se com o processo da vida. Não existe um limite definido entre criação e não criação. Onde acaba o trabalho e começa o artista? Prefiro falar no processo de elaboração, que é um processo de acumulação de aprendizado e esquecimento, impregnado de interferências da própria história da arte. Os trabalhos talvez não sejam criados e sim coletados com uma espécie de peneira num grande e turvo depósito de possibilidades estéticas e conceituais.(...) Os caminhos a seguir às vezes parecem claros e às vezes completamente turvos, e é exatamente esta ambiguidade que me distancia de um uso maneirista dos elementos".
José Rufino
RUFINO, José. [José Rufino]. In: RODRIGUES, Elinaldo. A Arte e os artistas da Paraíba: perfis jornalísticos. João Pessoa: UFPB, 2001.

Exposições Individuais

1992 - São Paulo SP - Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo, no Pavilhão da Bienal
1995 - João Pessoa PB - Respiratio, na Galeria Archidy Picado
1995 - Olinda PE - Respiratio, no Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco
1996 - Rio de Janeiro RJ - Lacrymatio, no Espaço Cultural Sérgio Porto
1997 - João Pessoa PB - Memoria Deporene, no Núcleo de Arte Contemporânea
1997 - Recife PR - Individual, na Galeria Vicente do Rego Monteiro
1998 - Brasília DF - Individual, na Galeria Ruben Valentim
1998 - São Paulo SP - Cartas de Areia, na Adriana Penteado Arte Contemporânea
2001 - Natal RN - Individual, na Casa da Ribeira. Sala Petrobrás
2001 - Vila Velha ES - Murmuratio, no Museu Ferroviário Vale do Rio Doce
2002 - Rio de Janeiro RJ - Memento Mori, no Espaço Cultural Sérgio Porto
2002 - João Pessoa PB - Obliteratio, no Centro Cultural São Francisco
2003 - Recife PE - Individual, no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães - MAMAM
2005 - Niterói RJ - Incertae Sedis, no MAC/RJ
2005 - Recife PE - Axioma, no Amparo 60

Exposições Coletivas

1989 - João Pessoa PB - 2º Salão de Novos Artistas Plásticos da Paraíba, na Galeria do Sesc - primeiro prêmio
1989 - João Pessoa PB - Agenda de Exposições, na Galeria do Sesc
1989 - João Pessoa PB - 5º Salão Municipal de Artes Plásticas, no Núcleo de Arte Contemporânea - grande prêmio cidade de João Pessoa
1989 - Olinda PE - Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, no Centro de Convenções
1990 - João Pessoa PB - 2ª Mostra Arte-Atual Paraibana, no Espaço Cultural
1990 - João Pessoa PB - Infinitamente, no Núcleo de Arte Contemporânea
1990 - João Pessoa PB - Arte Sobre Papel II, na Galeria Gamela
1991 - Curitiba PR - 48º Salão Paranaense, no MAC/PR
1991 - Havana (Cuba) - Cuba´91, no Centro Provincial de Artes Plásticas y Diseño
1991 - João Pessoa PB - 5º Salão Municipal de Artes Plásticas, no Núcleo de Arte Contemporânea - prêmio especial
1991 - São Paulo SP - Visualidade Nascente, no MAC/USP
1992 - João Pessoa PB - Workshop Berlin/Paraíba, no Espaço Cultural
1992 - São Paulo SP - Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas, no CCSP 
1992 - Marselha (França) - Le Hors Là, no Tour du Roi Renè
1993 - Barcelona (Espanha) - Coletiva, na Escola Massana
1993 - João Pessoa PB - Le Hors Là, no Núcleo de Arte Contemporânea
1993 - Recife PE - Le Hors Là, no Museu do Estado
1993 - São Paulo SP - Visualidade Nascente II, no MAC/USP
1994 - João Pessoa PB - Coletiva de Inauguração, no Centro de Artes Visuais Tambiá
1994 - Salvador BA - 1º Salão MAM-Bahia de Artes Plásticas, no MAM/BA
1994 - Vila Nova de Gaia (Portugal) - Um Olhar Sobre os Trópicos, no Museu de Teixeira
1995 - João Pessoa PB - Coletiva, na Galeria Gamela/Sebrae
1995 - Campina Grande PB - Visões do Borborema, no Museu Assis Chateaubriand
1995 - João Pessoa PB - Coletiva, no Galpão do Varadouro
1996 - Campina Grande PB - Mostra 96, no Museu Assis Chateaubriand
1996 - João Pessoa PB - Mostra 96, no Núcleo de Arte Contemporânea
1996 - João Pessoa PB - Visões do Cabo Branco, no Espaço Cultural
1996 - João Pessoa PB - Anos 80: artistas emergentes, no Núcleo de Arte Contemporânea
1996 - João Pessoa PB - Apocalípse XII, no São Francisco Cultural Centre
1996 - São Paulo SP - Antarctica Artes com a Folha, no Pavilhão Padre João Manoel
1997 - Berlim (Alemanha) - Ausstellung der Dozenten, no Quartier 206 - FriedrichstadtPassagem
1997 - Greifswald (Alemanha) - Kunst aus Brasilien, no Ausstellungszentrum, Ernst-Moritz-Arndt-Universität
1997 - Havana (Cuba) - 6ª Bienal de Havana, no Centro de Arte Contemporáneo Wifredo Lam
1997 - São Paulo SP - 25º Panorama da Arte Brasileira, no MAM/SP
1997 - São Paulo SP - 1º Heranças Contemporâneas, no MAC/USP
1998 - Berlim (Alemanha) - Coletiva, no Instituto Cultural Brasileiro - ICBRA
1998 - Maracaibo (Venezuela) - 3ª Bienal Barro de América Roberto Guevara, no Centro de Artes Maracaibo Lia Bermudez
1998 - Niterói RJ - 25º Panorama da Arte Brasileira, no MAC-Niterói
1998 - Recife PE - 25º Panorama da Arte Brasileira, no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães - MAMAM
1998 - Salvador BA - 25º Panorama da Arte Brasileira, no MAM/BA
1998 - São Paulo SP - Bienal Barro de América Roberto Guevara, no MuBE
1999 - Porto Alegre RS - 2ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, no Armazém do Cais do Porto
1999 - Goiânia GO - Entre Eu e o Mundo..., no MAC/GO
1999 - São Paulo SP - Entre o Eu e o Mundo ..., na Funarte
1999 - São Paulo SP - Nordestes, no Sesc Pompéia
1999 - Campina Grande PB - Arte Contemporânea da Paraíba, no Museu de Arte Assis Chateaubriand
1999 - Paris (França) - Identidades: Artistas de América Latina y del Caribe, na Galerie du Passage du Reux
1999 - Rio de Janeiro RJ - Extra-large Extra-small, no Centro Cultural Correios
1999 - São Paulo SP - Extra-large Extra-small, na Galeria Nara Roesler
1999 - Goiânia GO - Extra-large Extra-small
1999 - São Paulo SP - Dezenove Cabeças, na Adriana Penteado Arte Contemporânea 
2000 - Recife PE - Origem, no Observatório Cultural Malakoff
2000 - Paris (França) - L'Art dans Le Monde, no Pont Alexandre III
2000 - Rio de Janeiro RJ - O Particular, no CCCM
2001 - São Paulo SP - Palavra-Figura, no Paço das Artes
2001 - São Paulo SP - Autoretrato - Espelho do Artista, no Centro Cultural Fiesp
2001 - Madri (Espanha) - Arco - Feira Internacional de Arte Contemporânea
2002 - Curitiba PR - Obras do Faxinal das Artes, no MAC/PR
2002 - Brasília DF - Fragmentos a seu Ímã: obras primas do MAB, no Espaço Cultural Contemporâneo Venâncio
2002 - Rio de Janeiro RJ - Caminhos do Contemporâneo, no Paço Imperial
2002 - São Paulo SP - 25ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
2002 - Rio de Janeiro RJ - Sandra Cinto, José Rufino, no Espaço Cultural Sérgio Porto 
2002 - São Paulo SP - Paralela, em um galpão localizado na Avenida Matarazzo, 530 
2003 - São Paulo SP - Pele, Alma, no CCBB
2003 - Curitiba PR - Heterodoxia: edição Curitiba, no Museu Metropolitano de Arte de Curitiba
2004 - Vitória ES - Heterodoxia: edição Vitória, na Casa Porto das Artes Plásticas
2004 - Fortaleza CE - Heterodoxia: edição Fortaleza, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
2004 - São Paulo SP - Heterodoxia: edição Latino-Americana, na Galeria Marta Traba - Memorial da América Latina
2004 - São Paulo SP - As Bienais: um olhar sobre a produção brasileira 1951/2002, na Galeria Bergamin
2004 - Recife PE - Coleção Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães: doações 2001 - 2004, no MAMAM
2005 - Recife PE - Umas-Grafias, na Amparo Sessenta Galeria de Arte
2005 - Rio de Janeiro RJ - Nanoexposição, na Arte em Dobro
2005 - Rio de Janeiro RJ - Jogo da Memória, no MAM/RJ
2005 - São Paulo SP - 5º Barro de América, na Galeria Marta Traba - Memorial da América Latina
2005 - São Paulo SP - BR 2005, na Galeria Virgílio
2006 - Natal RN - 5x5, no Centro Cultural Casa da Ribeira

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Tobias Marcier - Sem Título
Sem Título
Taro Kaneko - Morro dos Conventos
Morro dos Conventos
Flavio de Carvalho - Duas Mulheres Conversando
Duas Mulheres Conversando