Escritoriodearte.com > Artistas > Felipe Senatore

Felipe Senatore

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Felipe Senatore (São Paulo SP 1955)

Pintor e muralista.

Forma-se em engenharia mecânica pela Universidade Mackenzie, onde faz pós-graduação em análise de sistemas. A partir de 1989, dedica-se exclusivamente à atividade artística com ênfase na pintura. Na década de 1990, dedica-se ao estudo de novas técnicas aliadas à computação gráfica e pesquisa de novos materiais, bem como ministra workshops sobre técnicas alternativas de pintura (1991 e 1992), em São Paulo e Porto Alegre. Realiza vários painéis em São Paulo: para o Espaço Cultural Yázigi (1992); para a Estação Júlio Prestes da Fepasa (1995); e para o Espaço Cultural Sopave (1996).

Críticas

"A corrente de pintura abstrata ganha cada vez mais adeptos no circuito de arte brasileiro, notadamente entre os artistas jovens. Felipe Senatore igualmente por ser jovem, não escapa a esta tendência e vem somar seu nome ao movimento. Um gestualismo incontido onde as massas de cor são superpostas, repassadas em movimento contínuo e gráfico mostrando uma inquietação que não se atém ao espaço da tela porque age e comanda o olhar do espectador. Em Felipe Senatore a intenção da cor é evidente na superfície, sutil na trama cromática estruturando o fundo para executar a projeção da intenção, visando o resultado final: a inquietação que é o recado do artista. Não poderia ser diferente a escolha de Felipe Senatore. Seu universo apresenta-se no choque, na utilização quase impensada e jogada da cor saindo da cor, que nos remete a outra cor, que devolve a mesma cor, numa prestidigitação dinâmica e envolvente. Esta é sua primeira aparição em Porto Alegre e surge entre nós contando com o mecenato da Tecnocret, justo num momento em que a arte - como um todo - encontra-se em quase estado de penúria e abandono".
Renato Rosa
SENATORE, Felipe. Felipe.  Apresentação de Renato Rosa. Porto Alegre: Projeto Cultural Tecnocret, 1990.

Exposições Individuais

1989 - Piracicaba SP - Individual, no Teatro Municipal de Piracicaba
1989 - Rio Claro SP - Individual, no Centro Cultural de Rio Claro
1990 - Campinas SP - Individual, no MACC
1990 - Porto Alegre RS - Individual, na Casa de Cultura Mário Quintana
1990 - Porto Alegre RS - Individual, no Projeto Cultural Tecnocret
1991 - Piracicaba SP - Individual, na Galeria Engenho Central
1991 - São Paulo SP - Individual, na Projeto Novos Acervos Yázigi
1991 - Porto Alegre RS - Painel Especial, no MARGS
1991 - São Paulo SP - Individual, na Inauguração do Núcleo de Arte Contemporânea Renato Magalhães Gouvêa
1991 - Buenos Aires (Argentina) - Individual, no Palais de Glacé
1992 - Buenos Aires (Argentina) - Individual, nas Salas Nacionales de Cultura
1992 - Campinas SP - Individual, na Listel
1993 - São Paulo SP - Individual, no MAB-Faap
1993 - Curitiba PR - Individual, na Galeria Solar do Rosário
1993 - Porto Alegre RS - Individual, na Rio Grande do Sul Bolsa de Arte
1995 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Espaço Cultural "Lanterna"
1996 - São Paulo SP - Individual, no Centro Cultural do Clube Transatlântico
1996 - São Paulo SP - Individual, no Centro Cultural do Monte Líbano
1997 - Santiago (Chile) - Individual, no Instituto Cultural de Providência
1998 - Seeheim-Jugenheim (Alemanha) - Individual, no Lufthansa Bildungszentrum Seeheim

Exposições Coletivas

1981 - Embu SP - 18º Salão de Artes Plásticas de Embu
1983 - 1º Salão Nacional de Arte Contemporânea Embraer
1983 - Embu SP - 20º Salão de Artes Plásticas de Embu
1983 - São Paulo SP - 1º Prêmio Pirelli de Pintura Jovem, no Masp
1983 - São Paulo SP - 1º Salão Nacional de Arte Contemporânea EMBRAER
1983 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Espaço Choise
1983 - São Paulo SP - SEPACO, "O papel do suporte na arte"
1984 - Barueri SP - Salão Nacional de Artes Plásticas de Alphaville
1984 - Santos SP - 11º Salão de Arte Jovem do Centro Cultural Brasil-Estados Unidos
1984 - São Paulo SP - 20º Salão Paulista de Belas Artes
1984 - São Paulo SP - 47º Salão Paulista de Belas Artes
1989 - Araras SP - 24º Salão de Artes Plásticas de Araras
1989 - São Paulo SP - 2º Prêmio Metropolitana, FIAT
1991 - Araraquara SP - 9º Salão de Artes Plásticas de Araraquara - grande medalha de prata
1991 - Limeira SP - 18º Salão Limeirense de Arte Contemporânea
1991 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Arte Conceito
1992 - Jundiaí SP - Salão de Arte Jundiaí 92
1993 - Ribeirão Preto SP - Via fax - Arte Contemporânea, no Museu de Arte de Ribeirão Preto
1993 - São Paulo SP - Coletiva de Inauguração do Espaço Cultural FEPASA
1994 - Caxias do Sul RS - Via fax - Arte Contemporânea, na Universidade de Caxias do Sul
1994 - São Paulo SP - 1ª Mostra Delínea de Painéis em Cerâmica, São Paulo
1995 - São Paulo SP - Coletiva, no Centro Cultural do Clube Transatlântico
1995 - São Paulo SP - Coletiva, na Casa de Cultura de Santo Amaro
1996 - Americana SP - Coletiva, no Museu de Arte Contemporânea de Americana
1996 - Jundiaí SP - Coletiva, no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí
1996 - Limeira SP - Coletiva, no Espaço Cultural Novotel
1996 - São Paulo SP - Coletiva de Inauguração do Centro Cultural SOPAVE

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Rodrigo Andrade - Miami III
Miami III
Amilcar de Castro - Sem Título
Sem Título
Carlos Scliar - Composição
Composição
Burle Marx - Figura Masculina
Figura Masculina