Manoel Calvo Abad

Obras disponíveis

No momento não possuimos obras de Manoel Calvo Abad em nosso acervo.
Você possui uma obra deste artista e quer vender?
Clique aqui e envie sua obra para avaliação.

Leilão de Arte Online

Biografia

Manoel Calvo Abad. (Oviedo, Espanha 1934)

Pintor, desenhista, gravador.

Artista autodidata, em 1958 expõe individualmente pela primeira vez. Em 1963, vem para o Brasil, como bolsista do governo espanhol. Participa, em 1965, das exposições Opinião 65, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e 2ª Jovem Desenho Nacional, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/SUP. Permanece no país até meados de 1966. Nesse mesmo ano, inaugura seu ateliê em Madri. Após sua volta à Espanha não há mais referências ao trabalho dele no Brasil.

Acervos

Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/USP - São Paulo SP
Museo de Arte Contemporâneo - Madri (Espanha)
Museo de Bellas Artes de Asturias - Oviedo (Espanha)

Exposições Individuais

1959 - Valência (Espanha) - Individual, no Clube Universitário
1961 - Madri (Espanha) - Individual, na Sala Darro
1961 - Bilbao (Espanha) - Individual, na Asociación Artística Vizcaina
1963 - Madri (Espanha) - Individual, na Galeria Prisma
1964 - Zaragoza (Espanha) - Individual, na Galeria Kalos
1965 - São Paulo SP - Individual, no MAC/USP
1965 - Belo Horizonte MG - Individual, no MAM/MG
1965 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Ibeu
1966 - Porto Alegre RS - Individual, no MAM/RS
1966 - Florianópolis SC - Individual, no MAM/SC
1970 - Madri (Espanha) - Exposición Retrospectiva (1958/1964), na Galeria Seiquer
1970 - Madri (Espanha) - Exposición Retrospectiva de La Obra Hecha en Brasil en 1964/1965, na Galeria Seiquer
1971 - Oviedo (Espanha) - Manoel Calvo, serigrafias e pinturas, na Galeria Tassili 

Exposições Coletivas

1959 - Córdoba (Espanha) - Pintura Contemporânea
1960 - Valência (Espanha) - Primera Exposición Conjunta de Arte Normativo Español
1960 - Bilbao (Espanha) - Die Ciséis Pintores Actuales, na Sala Decar
1961 - Madri (Espanha) - Arte Actual, na Sala Darro
1961 - Paris (França) - 36 Pintores Españoles Contemporâneos, na Maison de La Pensée Française
1962 - Paris (França) - Structures, na Galeria Denise René
1962 - Leverkusen (Alemanha) - Structures, no Stadishes Museum Leverkusen
1962 - Paris (França) - Cuatro Pintores, na Galeira Denise René
1963 - Salvador BA - Gravadores de Estampas Populares, no MAM/BA
1963 - Paris (França) - Esquisse D'un Salón, na Galeria Denise René 
1963 -  San Marino - 4ª Bienal Internacional de La República de San Marino
1964 - Madri (Espanha) - Três Artistas, na Galeria Edurne
1965 - Rio de Janeiro RJ - Opinião 65, no MAM/RJ
1965 - São Paulo SP - 2ª Exposição do Jovem Desenho Nacional, no MAC/USP
1965 - Rio de Janeiro RJ - Gravadores do MAM, no MAM/RJ
1965 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, na Galeria Goeldi
1965 - Madri (Espanha) - Desde Goya hasta Mañana, na Galeria Edurne
1966 - Paris (França) - Structures et Mouvement, na Galeria Denise René
1966 - 2ª Mostra Itinerante do Jovem Desenho Nacional
1968 - Madri (Espanha) - El Artilugio, na Galeria Seiquer
1968 - Roma (Itália) - Gráfica Spagnola, na Galeria Arco
1970 - Paris (França) - 2ª Biennale Internationale de L'Estampe, no Musée d'Art Moderne de la Ville de Paris
1971 - Madri (Espanha) - Eros y El Arte Actual en España, na Galeria Wandrés
1985 - Rio de Janeiro RJ - Opinião 65, na Galeria de Arte Banerj
1995 - Rio de Janeiro RJ - Opinião 65: 30 anos, no CCBB

Fonte: Itaú Cultural