Escritoriodearte.com > Artistas > Wladimir Krivoutz

Wladimir Krivoutz

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Wladimir Krivoutz (Petrogrado, Rússia 1904 - São Paulo SP 1972)

Pintor, decorador.

Estuda na Escola de Belas Artes de Petrogrado. Viaja a Paris, e em 1922 forma-se na École Nationale Superieure des Beaux-Arts. De volta à sua cidade natal, estuda com Soudeikine e Bakst. Em paralelo, atua como representante especial do governo francês na Indochina, em 1925. Entre 1927 e 1930, trabalha como cenógrafo dos teatros L'Opera e Champs Elysées; do Ballet de Boris Kniaseff, todos em Paris, e realiza uma série de desenhos para o balé de Anna Pavlova. Também trabalha como cenógrafo para produções cinematográficas, entre 1936 e 1943. É especialista em arte bizantina. Em 1946, vem para o Brasil; reside no Rio de Janeiro e posteriormente em Porto Alegre, em 1950. No ano seguinte, fixa residência em São Paulo, onde faz a decoração da Catedral Ortodoxa.

Críticas

"Krivoutz dispensa qualquer apresentação. É um nome conhecido aqui e no Exterior. Sua pintura - não gostamos de classificações - é, ou melhor, traduz muito bem os seus ímpetos emotivos. Momentos há em que as pinceladas embebidas na tinta, fartas, espalham-se na tela - e o assunto objetivando surge envolvido num ritmo compassado, deixando que o observador veja a pasta pictórica circundar o desenho propiciando o surgimento da forma. Damos como exemplo as marinhas em que Vladimir, com eficiência artesanal, alevanta os volumes e doura de sensibilidade toda a paisagem litorânea. Vladimir é também um bom retratista".
Quirino da Silva
WLADIMIR Krivoutz. São Paulo: MAM, 1976.

Exposições Individuais

1946 - São Paulo SP - Individual, no Esplanada Hotel
1950 - Porto Alegre RS - Individual
1962 - Santo Amaro SP - Individual

Exposições Coletivas

s.d. - Paris (França) - Coletiva
s.d. - Biarritz (França) - Coletiva
s.d. - Rio de Janeiro RJ - Coletiva
1922 - Paris (França) - Salão d'Automne
1922 - Paris (França) - Salon des Artistes Français - medalha de ouro e menção hours concours
1926 - Buenos Aires (Argentina) - Coletiva
1927 - Paris (França) - Coletiva 
1935 - Londres (Inglaterra) - Coletiva
1936 - Espanha - Coletiva 
1946 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, no Copacabana Palace
1953 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Itá
1965 - São Paulo SP - Coletiva, na Casa de Marcelino de Carvalho
1970 - São Paulo SP - Coletiva, no Banco de Boston

Exposições Póstumas

1973 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Chelsea
1976 - São Paulo SP - Retrospectiva, no MAM/SP
1983 - São Paulo SP - Individual
1998 - Santo André SP - Retrospectiva de Wladimir Krivoutz, na Galeria L'Antiquario

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Hudinilson Júnior - Homenagem a Maria Olimpia e Alex
Homenagem a Maria Olimpia e Alex