Escritoriodearte.com > Artistas > Tran Tho

Tran Tho

OBRAS DO ARTISTA

Tran Tho - Duas Mulheres

Duas Mulheres

técnica mista sobre tela colado em madeira (óleo, folha de ouro e casca de ovo)
s/d
122 x 60 cm
sem ass.

Preço: Sob Consulta
Tran Tho - Embarcações

Embarcações

técnica mista sobre madeira (folha de ouro, casca de ovo e óleo)
110 x 160 cm
ass. inf. dir

Preço: Sob Consulta

BIOGRAFIA

Tran Tho (1922)

Saigon, Vietnã.

Estudou na Ecole de Beaux Arts, em Paris, onde permaneceu até 1947. Menção Honrosa na Bienal de Veneza (1954 e 1956), premiado em Salões de Arte nos Estados Unidos, Itália, Suíça, França, participou de onze Bienais de São Paulo. Realizou exposições individuais no Japão, Israel, Itália, Suíça, Mônaco, Estados Unidos e França. Na arte de Tran Tho encontramos a síntese das técnicas da arte oriental e ocidental, forma e conteúdo que unem tradição e modernidade. Com grande disciplina, Tho faz surgir uma arte livre, visões íntimas e mensagens transmitidas através de uma magnífica expressão colorística. Com um gestual livre e decidido, as pinceladas, as linhas e as manchas formam um estilo próprio, com intrincadas texturas que vão de sombras, cinzas e negros às cores brilhantes. São abstrações que têm um véu de mistério.

(Meiri Levin) Tran Tho alterna seu tempo de trabalho entre Nova lorque, Roma e São Paulo desde 1965. Além de importantes participações em 11 Bienais de São Paulo, tem reconhecimento internacional graças aos vários prêmios nos principais Salões de Artes e Bienais em todo o mundo. "... Seu desenho sutil e seu colorido muito fino revelam uma sensibilidade matizada, dificilmente penetrável, mas cheia de encantos".

(Sergio Milliet) "Sua arte possui uma técnica exótica. No entanto, esse exotismo, reconhecível à primeira vista, não pertence ao exótico que depende de um esforço de atenção, erudito ou cultivado, imediatamente, ao primeiro golpe de vista. A pintura de Tran Tho se revela em toda a sua sugestiva qualidade, e vemos começarem a viver, no plano da criação pictórica, os seus temas, seus motivos, seus elementos..."

Cronologia

Nascido em Saigon em 1922, ele estudou nas Ïcole des Beaux Arts e foi viver em Paris desde 1947. Em Paris, ele é considerado como um grande artista do Vietnã, país que ele representou com sucesso na Biennale di Venezia, realizada em 1954 e 1956. Nós também temos que chamar a atenção para a sua participação na Bienal de São Paulo, desde 1955-1965. Desde 1965, ele foi viver e trabalhar em Nova York, São Paulo e Roma.

Exposições individuais

1981 Mishkenot Sha'ananim, Jerusalém, Israel Galeria Documenta, São Paulo, Brasil.
1979 Galeria Documenta, São Paulo, Brasil Pleiades Gallery, New York, Estados Unidos.
1978 Galeria Documenta, São Paulo, Brasil.
1976 Yath Club, Rio de Janeiro, Brasil Pleiades Gallery, New York, Estados Unidos.
1975 Chelsea Galerias, São Paulo, Brasil.
1974 O Centro Inter, New York, Estados Unidos Pleiades Gallery, New York, Estados Unidos.
1972 O cubículo, New York, Estados Unidos, The New York Shakespeare Theater, em Nova York, Estados Unidos.
1970 New School for Social Research, em Nova York, Estados Unidos Graduate Center Mall, New York, Estados Unidos.
1969 Chelsea Galerias, São Paulo, Brasil.
1967 Chelsea Galerias, São Paulo, Brasil.
1965 Chelsea Galerias, São Paulo, Brasil.
1963 Galeria Bonino, Rio de Janeiro, Brasil.
1954 Palazzo Cz Giustianian, Veneza, Itália.
1953 Museu de Arte e Hist? Ria, em Genebra, Suíça.

Prêmios

1970 Graduate Center Mall of Cuny, exposição individual, em Nova York, Estados Unidos.
1967 Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1965 Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1963 Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1961 Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1959 Premio Garzanti, contribuição artística para a Cidade do Vaticano, Roma, Itália Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1957 Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1956 Biennale di Venezia, menção honrosa, na Itália.
1955 Bienal de São Paulo, menção honrosa, Brasil.
1954 1 º prémio pelo presidente da Itália, Luigi Einaudi para o trabalho no Palazzo Quirinale, Milão, Itália Biennale di Venezia, menção honrosa, na Itália.

Fonte: Artcanal, UOL.

VEJA TAMBÉM

Gilberto Salvador - Dois Azuis Apaixonantes
Dois Azuis Apaixonantes
Mino Carta - Couve Cerebral
Couve Cerebral