Escritoriodearte.com > Artistas > Taisa Nasser

Taisa Nasser

Taisa Nasser

OBRAS DO ARTISTA

Taisa Nasser - A Menina de Rodin em 4D

A Menina de Rodin em 4D

mármore reconstituido pigmentado
2015
47 x 25 x 28 cm
ass. na peça
Peso 18,7 kg

Preço: Sob Consulta
Taisa Nasser - Hiranya Garbha 1

Hiranya Garbha 1

técnica mista sobre tela de linho inportada apoiado em madeira
2014
110 x 81 cm
ass. no verso

Preço: Sob Consulta

BIOGRAFIA

Taisa Nasser (São Paulo, SP, 1953)

Artista plástica contemporânea.

Taisa Nasser é uma artista de tendência expressionista, arquiteta urbanista formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (USP), atividade que exerceu por muitos anos e na qual se destacou. Nos últimos anos se dedicou exclusivamente às artes plásticas, especializando-se em teoria e técnicas de pintura na frança, desenvolvendo uma série de pinturas densas e matéricas com ênfase na textura e no uso exuberante de cores. O vigor de seu trabalho, a reverberação cromática e a assertividade pictórica, foram entendidas como uma contribuição efetiva à presença da emoção na pintura atual e na consciência do suficiência da pintura como um veículo adequado aos tempos atuais.

Nas telas de Taisa Nasser, as cores não se misturam, mas se acumulam lado a lado em manchas grossas, seguindo uma estrutura arquitetônica. Não é um acaso.

Nasser, que já mostrou suas composições carregadas de cor no Grand Palais, em Paris, na embaixada brasileira em Berlim e agora expõe no Clube A Hebraica, em São Paulo, é uma arquiteta e urbanista que começou a pintar quadros na tentativa de exaltar ou acalmar os ânimos, sempre em busca do que chama de "efeito catártico".

"Vejo que as cores atuam para mim como uma transformação de consciência"

 "Muitas vezes, acontece uma catarse. As cores puxam camadas do inconsciente e têm um poder forte sobre a mente humana."

Esse impacto das cores na percepção é alvo de estudos da artista, que se inspirou nas reflexões sobre alquimia do psiquiatra suíço Carl Gustav Jung, morto em 1961.

São ideias que lastreiam seu processo plástico, na tentativa de ir além do simples arrebatamento pela cor, como faziam os fauvistas franceses, encabeçados por Matisse, no começo do século 20.

"Em todos os trabalhos, ponho a percepção que tenho do espaço, dos ambientes que frequento", diz Nasser. "Comecei a pesquisar a arte e a ampliação da consciência."

Ou seja, Nasser descarta o figurativismo dos franceses para criar composições abstratas que tentam induzir a estados físicos e mentais, numa aproximação com a obra do artista russo Wassily Kandinsky, morto em 1944, que dispunha suas manchas de cor sobre a tela seguindo um ritmo matemático e musical.

Mas Nasser, que também lançou na Alemanha um livro detalhando o pensamento por trás de seu trabalho, parece ser menos metódica. "É um trabalho que vem da alma", diz a artista. "É vital para mim trabalhar com as cores, preciso disso."

Pesquisa artística e as formas de imaginação que exploram a matéria e a dinâmica da vida em conexão com a teoria

Texto de Taisa Nasser

A proposta é oferecer ao público um diálogo entre a arte e outros conhecimentos. 
A arte como garantia de sanidade tem a proposta de trabalhar as formas de ampliação de consciência (dOCUMENTA / 2012) 
A posição colocada em jogo dentro do espaço mental e real do projeto é a que estou em estado de esperança ou otimismo em relação ao despertar do ser humano a um novo estado de consciência. 
Essa posição é um estado de espírito e se relaciona com um tempo que se abre e não tem fim. 

A Cor

A cor é meu elemento básico da criação. 
Minha formação como arquiteta na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU – USP) deixou minha percepção refinada no mundo sutil das cores. 
O fenômeno cromático como sensação visual vem à nossa percepção com associações psicológicas. 
Está em meu trabalho um caráter subjetivo da percepção fisiológica e psicológica. 
Uso a cor e a matéria como instrumentos fortes de comunicação imediata. 
Pesquiso a cor ao infinito como elemento criativo e chego a utilizar 144 tons numa mesma tela sem misturá-los.
Crio composições impactantes ou tranquilizantes que interagem com o observador trazendo ao consciente amarras psicológicas ocasionando a catarse. 

Conceito - O Movimento

Trabalho o conceito do movimento na tela para que o olhar do observador não pare e possa perceber o micro e o macro. 
O microcosmo é trabalhado na percepção do infinitamente pequeno grão da matéria, o macrocosmo na visão do todo. 
O mundo é macrocosmo para o ser humano, mas quando o homem faz atenção ao seu entorno, o reino mineral será perante ele um microcosmo. 
Sob essa contemplação o homem pode por consequência conhecer a si mesmo e descobrir por reflexão o todo (alchimia) 

O Real – A Matéria

A matéria como páreo e estratégia na criação pictórica. 
A matéria é constituinte, é a carne, a pele do quadro, o que o compõe. 
O páreo é a aposta – aposto na matéria como elemento essencial da pintura. 
Essencial porque a matéria é uma substância sensível através da qual posso vislumbrar o conceito da energia que vive animando a dinâmica atômica. 
A energia é o sopro divino que ativa qualquer essência, sobretudo a essência espiritual. 

Minha questão

Até quando a humanidade conseguirá viver sem lucidez, sem equilíbrio entre o corpo e mente, sombra e luz, matéria e espírito?

Prêmios

CONSECRATION 2014 - MEDAILLE D'OR
GRAND CONCOURS INTERNATIONAL 2014
FEDERATION NATIONALE DE CULTURE FRANÇAISE - PARIS / FRANÇA

CONSECRATION 2013 - MEDAILLE D'OR
GRAND CONCOURS INTERNATIONAL 2013
FEDERATION NATIONALE DE CULTURE FRANÇAISE - PARIS / FRANÇA

REVELATION 2012 - MEDAILLE D'OR EUROPÉENNE 
GRAND CONCOURS INTERNATIONAL
FEDERATION NATIONALE DE CULTURE FRANÇAISE - PARIS / FRANÇA

MERITE CULTUREL 2012-GRAND MEDAILLE D´OR
FEDERATION NATIONALE DE CULTURE FRANÇAISE - PARIS / FRANÇA

CRÉATEUR D'AUJOURD'HUI - 2012
DÉCOUVERTES ET SÉLECTIONS DU MONDE DES ARTS PLASTIQUES
FÉDÉRATION NATIONALE DE LA CULTURE FRANÇAISE - PARIS / FRANÇA

ARTISTE DE LA COMMUNAUTÉ EUROPÉENNE - 2012
FÉDÉRATION NATIONALE DE LA CULTURE FRANÇAISE - PARIS / FRANÇA

TOILE D´OR DE L´AN 2011
SALON DES ARTISTES INDÉPENDANTS
GRAND PALAIS - PARIS / FRANÇA

Exposições Individuais

CLUBE A HEBRAICA
Nov-Dez/2013 - SÃO PAULO / BRASIL

GALERIE ZEITLOS
Out/2013 - BERLIM / ALEMANHA

CENTRE FOR JEWISH CULTURE
Out/2013 - CRACÓVIA / POLÔNIA

BAR DES ARTS
Set-Out/2013 - SÃO PAULO / BRASIL

EMBAIXADA DO BRASIL EM BERLIM
Mai/2013 - BERLIM / ALEMANHA

ESPAÇO CULTURAL CITI
Fev-Abr/12 - SÃO PAULO / BRASIL

BANCO DO BRASIL NY BRANCH
Nov/11 - NEW YORK / USA

GALERIEFORUM BERLIN AM MEER
Out/11 - BERLIN / ALEMANHA

GALERIE D'ART FRANÇOIS MANSART
Mai/11 - PARIS / FRANCE

CASA DA FAZENDA DO MORUMBI
Mai/11 - SÃO PAULO / BRASIL

HOTEL MERCURE BELO HORIZONTE
Mar/11 - BELO HORIZONTE / BRASIL

CASA DA FAZENDA DO MORUMBI
Fev/11 - SÃO PAULO / BRASIL

Exposições Coletivas

PROJETO VIDAS SECAS
Dez/2014 - ATELIÊ NEWTON SANTANNA - SÃO PAULO / BRASIL

SALON DES ARTISTES INDÉPENDANTS
Nov/2012 - GRAND PALAIS - PARIS / FRANCE

CARROUSEL DU LOUVRE
Out/2012 - ART EM CAPITAL - PARIS / FRANCE

ESPACE PIERRE CARDIN 
Out/2012 - SALON BUSINESS ART - PARIS / FRANCE

SALÃO DE ARTE - CLUBE HEBRAICA
Ago/2012 - SALÃO MARC CHAGAL - SÃO PAULO / BRASIL

SALON DES ARTS CONTEMPORAINS DU B´NAI B´RITH
Jun/2012 - PARIS / FRANCE

SALON DES ARTISTES CONTEMPORAINS A HONFLEUR
Abr/2012 - HONFLEUR / FRANCE

SALON DES ARTISTES INDÉPENDANTS
Nov/2011 - GRAND PALAIS - PARIS / FRANCE

CARROUSEL DU LOUVRE
Oot/2011 - ART EN CAPITAL - PARIS / FRANCE

EXPOSIÇÃO ESPACE PIERRE CARDIN
Oot/2011 - SALON BUSINESS ART - PARIS / FRANCE

LA FERME DU MANET
Out/2011 - MONTIGNY LE BRETONNEUX/FRANCE 

GALERIE LE SIMOUN
Set-Out/2011 - PARIS / FRANCE

CASA DA FAZENDA DO MORUMBI 
Jun/2011 - SÃO PAULO / BRASIL

CENTRO CULTURAL DA MARINHA EM S. PAULO 
Abr/2011 - SÃO PAULO / BRASIL

Exposições Permanentes

ATELIER TAISA NASSER
RUA MANOEL CARLOS FIGUEIREDO FERRAZ, 331 - SÃO PAULO / BRASIL

ATELIER TAISA NASSER
1, RUE DE PONDICHÉRY - PARIS / FRANÇA

Fontes: Museu Itinerante, Folha De S.Paulo e Taisa Nasser

Vídeos

VEJA TAMBÉM

Bruno Giorgi - São Francisco com Cachorro
São Francisco com Cachorro
Oscar Satio Oiwa - Estudo de Pedras III
Estudo de Pedras III
Fernando Velloso - Sem Titulo
Sem Titulo
Victor Brecheret - Nu Masculino
Nu Masculino