Escritoriodearte.com > Artistas > Sante Scaldaferri

Sante Scaldaferri

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Sante Scaldaferri (Salvador BA 1928)

Pintor, gravador, tapeceiro, ator, cenógrafo, professor.

Em 1957 forma-se em pintura pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia - UFBA. Na mesma instituição estuda a técnica de encáustica com Rescála (1910 - 1986) e faz curso livre de gravura com Mario Cravo Júnior (1923). Scaldaferri é responsável pela implantação, em Salvador, dos centros de formação artesanal do Serviço Social do Comércio - Sesc, do Serviço Social da Indústria - Sesi e da Fundação do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia. Em meados da década de 1950 atua como cenógrafo em produções relacionadas ao cinema novo e como ator em filmes de Glauber Rocha (1939 - 1981). No início de sua trajetória artística realiza retratos e pinturas de temática social. Entre 1960 e 1964, é assistente artístico da arquiteta Lina Bo Bardi (1914 - 1992) e professor da Escola da Criança do Museu de Arte da Moderna da Bahia - MAM/BA. O artista cria também vários painéis para espaços públicos localizados principalmente em Salvador. Publica, em 1997, o livro Os Primórdios da Arte Moderna na Bahia, pela Fundação Casa de Jorge Amado. Em 2000 é realizado o vídeo Sante Scaldaferri - A Dramaturgia dos Sertões, com fotografia de Mario Cravo Neto (1947) e direção de Walter Lima, e, em 2001, o vídeo Sante Scaldaferri: Erudito e Popular, com direção de Maria Ester Rabello. Em 2003 é lançado o livro Sante Scaldaferri: Desenhos, pela Fundação Casa de Jorge Amado.

Comentário Crítico

Sante Scaldaferri forma-se em pintura na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia em 1957, e, desde aquele período, tem importante atuação no cenário artístico de Salvador. No início de sua trajetória pinta retratos e cenas de cunho social. Desde 1956, o artista incorpora à sua produção imagens de ex-votos, para expressar a fragilidade da condição humana. Em trabalhos mais recentes, acrescenta objetos às pinturas.

Nas telas Homem Porco ou O Homem-Porco Beija a Mulher Porca (ambas de 1982) trabalha com a figura humana no limite entre o divino e o animal. Seus personagens caricaturais e, até mesmo grotescos, podem ser aproximados tanto de certos vetores do surrealismo quanto da tradição expressionista européia. Nos corpos dos seus personagens, a decadência física parece aliar-se à moral. Seus trabalhos se esforçam para estimular a crítica e a reflexão.

Críticas

"Scaldaferri evoluiu do ex-voto para o homem-porco, criando gente com cara de ex-votos e encarando-os como atores de uma farsa naqual critica a vaidade, a luxúria e a corrosão do poder do homem(...)".
Frederico Morais
SANTE Scaldaferri. Texto de Frederico Morais. (Curriculum do artista).

"Sante poderia, se quisesse, pintar sua Bahia com olhos de ´vendilhão do Templo´. Seria fácil e lucrativo. Não há, em nosso país, nada mais ´turístico e folclórico´ e pintável do que Salvador. Mas, Sante vai fundo. Ignora o decorativo dassituações, o colorido da paisagem. Mergulha no âmago do inconsciente coletivo, buscando na baianidade do cotidiano motivação para suas coloridas fábulas. Sim, fábulas! À maneira de Esopo, de La Fontainne, Scaldaferri pinta as mazelas humanas. Ao contrário dos fabulistas mencionados, Sante não atribui aos animais falhas humanas.Ao homem, ao gênero humano, confere características animais. Não foi por acaso que tomou o ex-voto como protótipo. O ex-voto não passa de uma representação. Ao acrescentar à forma humana do ex-voto o rabicó, Scaldaferri mais uma vez disse não às esópicas e fontenescas alegorias. O caráter porcino de suas criaturas é evidenciado com clareza. A visão do homem/animal da fábula que exige uma lição moral encontra no título das obras sua justificativa. Atento à história de seu povo, às raízes mais profundas do Nordeste,Sante é dos raros artistas do Brasil a expressar-se através de linguagem pictórica que hoje encontramos na Itália, na Alemanha, nosEstados Unidos e em outros países.Quando a transvanguarda chegou a nosso país, no inicío dos anos 80, a pintura de Scaldaferri já manifestava-se com a força e a liberdade de um Clemente, de um Salomé e de um Schnabel".
Carlos Von Schmidt
SANTE Scaldaferri: exposição de pinturas. Apresentação de Carlos von Schmidt. São Paulo: Montesanti Galleria, 1987.

"A arte da moda se caracteriza pelo conceitualismo e pelo abandono das técnicas e das linguagens. Sante Scaldaferri se coloca no pólo oposto a essa tendência. Ele realiza uma pintura fundada numa técnica sofisticada, que é a encáustica, e numa iconografia de raízes populares desabusada. Ele adota uma atitude irreverente e corajosa, tanto do ponto de vista artístico, quanto ético. A arte de Scaldaferri é além disso desmistificação. Ela pôe a nu todas as hipocrisias e pretensões, tanto sociais, quanto artísticas. Ele é o boca do inferno da pintura baiana. No plano da pintura brasileira, o Sante é hoje um dos pintores mais significativos. Ele tem uma personalidade marcada, própria. Está entre uma meia dúzia de pintores de muita boa qualidade. E entre esses, no meio desses, tem um caminho muito próprio, muito original, e com essa coisa a que eu me referi, esse gosto pelo popular, que chega, no seu caso, até quase o mau gosto, tal é a sinceridade com que enfrenta os problemas, não só artísticos, como os problemas sociais dos valores e da hipocrisia social - o que está sempre presente na sua pintura. Flando assim, podia parecer que a pintura dele é uma pintura meramente crítica, anedótica. Mas não. Ela é pintura como poucas. Tecnicamente, uma pintura de alta qualidade e de alta competência. A realização do trabalho do Sante é a realização de um trabalho de pintor no melhor sentido da palavra".
Ferreira Gullar
SCALDAFERRI, Sante. A Dramaturgia dos Sertões entrevistas, depoimentos e textos críticos do vídeo realizado por Walter Lima. Apresentação Heitor Reis; depoimento Ferreira Gullar; texto Sante Scaldaferri; depoimento Wilson Rocha, Aldo Tripodi, Heitor Reis; entrevista Emanuel D'Able do Amaral; texto Walter Lima; entrevista Cláudio Telles, Marcus de Lontra Costa, Hélio Pólvora. Salvador: Museu de Arte Moderna da Bahia, 2000. [56 p.] il. color.

Exposições Individuais

1957 - Salvador BA - Individual, na Escola de Belas Artes
1958 - Salvador BA - Individual, na Galeria Domus
1959 - Salvador BA - Individual, na Pequena Galeria de Arte da Biblioteca Pública
1960 - Salvador BA - Individual, na Galeria da Escola de Belas Artes
1961 - Salvador BA - Individual, no MAM/BA
1965 - Salvador BA - Individual, na Galeria Goeldi
1966 - Salvador BA - Individual, na Galeria Quirino
1966 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Atrium
1967 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Atrium
1968 - São Paulo SP - Individual, na Galeria de Arte São Paulo
1969 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Voltaico
1971 - Salvador BA - Individual, na Galeria da Biblioteca Central
1972 - Salvador BA - Individual de Pintura e Tapeçaria, no Museu de Arte Sacra
1973 - Salvador BA - Individual, no Museu de Arte Sacra
1977 - Salvador BA - A Cultura Popular na Pintura de Sante Scaldaferri, no MAM/BA - comemoração dos 20 anos de profissão do artista
1978 - Brasília DF - Individual, na Fundação Cultural do Distrito Federal. Galeria A
1981 - Salvador BA - Individual, na Galeria Genaro de Carvalho
1981 - Rio de Janeiro RJ - na Galeria Rodrigo M. F. Andrade
1981 - Brasília DF - Individual na Galeria CEPLAC
1982 - Fortaleza CE - As Fraquezas do Caráter Humano - Individual, no Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará
1982 - Salvador BA - As Fraquezas do Caráter Humano - Individual, no MAM/BA
1983 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria do Centro Cultural Cândido Mendes
1984 - Rio de Janeiro RJ - Exposição de Pinturas Sante Scaldaferri, na AM Niemeyer Arte Galeria
1984 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Ars, Artis
1985 - São Paulo SP - Individual, no MAM/SP
1985 - Salvador BA - Exposição de Pinturas Sante Scaldaferri, no Museu de Arte da Bahia
1986 - Salvador BA - Destaque do Trimestre, no MAM/BA
1987 - São Paulo SP - Individual, na Montessanti Galeria
1987 - Rio de Janeiro RJ - Sante Scaldaferri - Pinturas, na AM Niemeyer Arte Galeria
1988 - São Paulo SP - Individual, na Choice Galeria de Arte
1988 - Salvador BA - Individual, na Tereza Galeria de Arte
1989 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Anna Maria Niemeyer
1989 - Brasília DF - Individual, na Performance Galeria de Arte
1989 - Paris (França) - Individual, na Brasil Inter Art Galerie
1989 - Portofino (Itália) - Individual, na Civica Galeria D'Arte Città di Portofino
1992 - Paris (França) - Sante Scaldaferri: Peinture/Oeuvres de 1986 a 1998, na Gaymu Inter Arte Galerie
1992 - Genebra (Suíça) - Individual, na Ethinic Modern Art
1993 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Anna Maria Niemeyer
1993 - Salvador BA - Individual, na Galeria Sofitel - Prova do Artista
1995 - Rio de Janeiro RJ - Sante Scaldaferri: Um instante sobre a Terra, no MAM/RJ
1996 - Salvador BA - Sante Scaldaferri: Um instante sobre a Terra, no MAM/BA
2000 - Salvador BA - A Dramaturgia dos Sertões, no MAM/BA
2006 - Rio de Janeiro RJ - Sante Scaldaferri: pinturas recentes, Galeria Anna Maria Niemeyer
2011 - Salvador BA - Pop/Bienais, Palacete das Artes Rodin Bahia

Exposições Coletivas

1953 - Salvador BA - 3º Salão Universitário Baiano de Belas Artes, na Escola de Belas Artes, União dos estudantes da Bahia
1954 - Salvador BA - 2º Salão Nacional de Artes Plásticas, no Hall da Faculdade de Medicina
1955 - Belo Horizonte MG - 3º Salão Nacional de Artes Plásticas, na Escola do Parque
1955 - Salvador BA - 1ª Exposição Anual de Arquitetura, Pintura e Escultura, na Escola de Belas Artes
1955 - Salvador BA - 5º Salão Baiano de Belas Artes, no Belvedere da Sé
1956 - Belo Horizonte MG - 5º Festival Universitário de Arte, na Escola do Parque
1956 - Recife PE - 4º Salão Nacional de Artes Plásticas, na Escola de Belas Artes
1956 - Salvador BA - 6º Salão Baiano de Belas Artes, na Escola de Belas Artes
1957 - Salvador BA - Exposição dos Alunos, na Escola de Belas Artes
1958 - Porto Alegre RS - 1º Salão Pan-Americano de Arte Moderna, no Instituto de Belas Artes
1958 - Salvador BA - 1º Salão Baiano de Poesia Ilustrada, na Galeria Domus
1958 - Salvador BA - 1º Salão Universitário de Arte Moderna, na Belvedere da Sé
1959 - Belo Horizonte MG - 14º Salão Municipal de Belas Artes - prêmio aquisição
1959 - Rio de Janeiro RJ - 8º Salão Nacional de Arte Moderna
1959 - Salvador BA - Artistas Modernos da Bahia - Colóquio Internacional de Estudos Luso-brasileiros, na UFBA
1959 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, no Museu de Arte e História da Bahia
1960 - Belo Horizonte MG - 15º Salão Municipal de Belas Artes, no Museu de Arte
1960 - Rio de Janeiro RJ - Artistas Baianos, na Galeria Macunaima
1960 - Salvador BA - 7 baianos no MAMB, no MAM/BA
1960 - São Paulo SP - 9º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1960 - São Paulo SP - Prêmio Probel de Pintura, no MAM/SP
1961 - Feira de Santana BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria Caribé
1962 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria Anjo Azul
1962 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria Querino
1963 - Rio de Janeiro RJ - 12º Salão Nacional de Arte Moderna
1963 - Rio de Janeiro RJ - Artistas Novos da Bahia, no Instituto Brasil-Estados Unidos
1963 - Salvador BA - Artistas do Nordeste, no MAM/BA. Solar do Unhão
1964 - Belo Horizonte MG - Artistas Baianos, na Sociedade Mineira de Artistas Plásticos
1964 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva de Inauguração, na Galeria Goeldi
1964 - Salvador BA - Artistas Abstratos da Bahia, no Instituto Cultural Brasil-Alemanha
1964 - Salvador BA - Artistas da Bahia, programa Povo para Povo, na USIS
1964 - Salvador BA - Exposição Coletiva, na comemoração do 1º aniversário da Galeria dos Novos
1965 - Los Angeles (Estados Unidos) - Art Exhibit, Sister Cities Comunitte, INC, no Greek Theatre Esibition Hall
1965 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão Esso de Artistas Jovens, no MAM/RJ 
1965 - Washington (Estados Unidos) - 1º Salão Esso de Artistas Jovens, na OEA
1965 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria Le Dome
1965 - São Paulo SP - 1º Salão Esso de Artistas Jovens, no MAC/USP
1966 - Rio de Janeiro RJ - 16º Salão Nacional de Arte Moderna
1966 - Salvador BA - 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas
1966 - São Paulo SP - Coletiva Fim de Ano, na Galeria Atrium
1967 - Rio de Janeiro RJ - 16º Salão Nacional de Arte Moderna
1967 - São Paulo SP - 16º Salão Paulista de Arte Moderna
1967 - São Paulo SP - Artistas Baianos, na A Galeria
1968 - Rio de Janeiro RJ - 17º Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ
1968 - Salvador BA - 1ª Feira de Arte Moderna, no Jardim da Piedade
1968 - Salvador BA - 2º Bienal Nacional de Artes Plásticas, no Convento da Lapa
1968 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria 114
1969 - Belo Horizonte MG - Artistas Plásticos da Bahia, na Galeria da Associação Mineira de Artistas
1969 - Rio de Janeiro RJ - 18º Salão Nacional de Arte Moderna
1969 - Rio de Janeiro RJ - Arte Jovem da Bahia, na Galeria Voltaico
1969 - Rio de Janeiro RJ - Grandes Baianos, na Galeria Irlandini
1969 - Salvador BA - Pintores Baianos na Semana da Bahia na Pensilvania, na Galeria de Arte da USIS
1969 - São Paulo SP - Coletiva com Temática Cangaceiros, na A Galeria
1970 - Recife PE - Prévia da Pré-Bienal do Nordeste, no Pavilhão da FECIN
1970 - São Paulo SP - Pré-Bienal, na Fundação Bienal
1971 - Salvador BA - Coletiva, no MAM/BA
1972 - Belo Horizonte MG - Artistas da Bahia, na Galeria Guignard
1972 - Ouro Preto MG - Artistas da Bahia, na Galeria Pilão
1972 - Salvador BA - Tapeçarias, no Sesc
1972 - São Paulo - Mostra de Arte Sesquicentenário da Independência e Brasil Plástica - 72, na Fundação Bienal
1973 - Belo Horizonte MG - Jorge Amado e os Artistas de Teresa Batista Cansada de Guerra, na Galeria da Associação Mineira de Imprensa
1973 - Salvador BA - 150 Anos da Pintura na Bahia, Sesquicentenário da independência da Bahia, no MAM/BA
1973 - Salvador BA - 22 Artistas Contemporâneos da Bahia, na Fundação do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia
1973 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Berlinda Galeria de Arte
1974 - Salvador BA - Arte Bahia 74, na O Cavalete Galeria de Arte
1974 - Salvador BA - Ensaio, na Galeria da Fundação do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia
1974 - Salvador BA - Plásticos da Bahia, Centenário do Diário de Notícias, no Salão Nobre
1974 - São Paulo SP - Coletiva de Artistas Baianos, no Parque Anhembi
1975 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão de Artes Visuais da Casa da Bahia
1975 - Rio de Janeiro RJ - 7 Baianos, na Galeria Ágora
1975 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria Sereia
1975 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Galeria Tempo
1975 - Salvador BA - Coletiva de Natal, na O Cavalete Galeria de Arte
1975 - Salvador BA - Festival de Arte da Bahia, na Galeria Canizares
1975 - Salvador BA - Feira da Bahia
1976 - Salvador BA - Acervo, no MAM/BA
1976 - Salvador BA - Arte Bahia 76, no O Cavalete Galeria de Arte
1976 - Salvador BA - Dez Pintores da Bahia, na Panorama Galeria de Arte
1976 - Salvador BA - Encontro 76, na Inauguração do Arco Iris Centro de Criação de Arte
1977 - Salvador BA - Centenário da Escola de Belas Artes, no MAM/BA
1977 - Salvador BA - Coletiva Anual, na Panorama Galeria de Arte
1978 - Salvador BA - A Visão do Cristo, na Teresa Galeria de Arte
1978 - Salvador BA - Artistas da Bahia, no O Cavalete Galeria de Arte
1978 - Salvador BA - Israel 30 Anos, na Galeria Grossman
1979 - Salvador BA - Artistas Baianos, na Katia Galeria de Arte
1979 - Salvador BA - Coletiva de Inauguração, na Dom camilo Galeria de Arte
1979 - São Paulo SP - Noite de Arte, no Chapel Art Show
1979 - Vitória da Conquista BA - Mostra Inaugural, na Galeria Geraldo Rocha
1980 - Brasília DF - Artistas Baianos, na Casa do Candango
1980 - Dakar (Senegal) - Artistas Plásticos da Bahia
1980 - Fortaleza CE - 11 Artistas da Bahia, no Museu de Arte
1980 - Niterói RJ - Novas Obras, no museu Parreiras
1980 - Rio de Janeiro RJ - 3º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MNBA
1980 - Rio de Janeiro RJ - Baianos de Hoje, na Maria Augusta Galeria de Arte
1980 - Salvador BA - Coletiva Anual, na O Cavalete Galeria de Arte
1980 - Salvador BA - Exposição Coletiva, na Galeria Genaro de Carvalho
1980 - Salvador BA - Pintura na Bahia de Hoje, na Galeria Talassa
1980 - São Paulo SP - 3º Salão Brasileiro de Arte, na Fundação Bienal
1981 - Brasil - 5ª Exposição de Arte Brasil-Japão, mostra itinerante
1981 - Japão - 5ª Exposição de Arte Brasil-Japão, mostra itinerante
1981 - Rio de Janeiro RJ - 3º Salão da Ferrovia, no Edifício da Rede Ferroviária Federal
1981 - Rio de Janeiro RJ - 4º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1981 - Rio de Janeiro RJ - Pablo, Pablo! uma interpretaçao brasileira de Guernica, na Funarte
1981 - São Paulo SP - Pablo, Pablo! uma interpretaçao brasileira de Guernica, na Funarte
1981 - Brasília DF - Pablo, Pablo! uma interpretaçao brasileira de Guernica, na Funarte
1982 - Brasília DF - 3 Artistas da Bahia, na Casa Thomas Jefferson
1982 - Rio de Janeiro RJ - 5º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ - referência especial do júri
1983 - Curitiba PR - 5ª Mostra do Desenho Brasileiro, no Teatro Guaira
1983 - Nova York (Estados Unidos) - Five Contemporary Bahian Artists, na Kouros Gallery
1983 - Recife PE - 36º Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, no Museu do Estado
1983 - Rio de Janeiro RJ - 6º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1983 - Salvador BA - Circuito de Artes Plásticas do Norte e Nordeste, no MAM/BA
1983 - São Paulo SP - 1ª Feira da Cultura Brasileira, na Fundação Bienal
1983 - São Paulo SP - Artistas Contemporâneos da Bahia, no MAC/USP
1983 - São Paulo SP - 14º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1984 - Belo Horizonte MG - 16º Salão Nacional de Arte
1984 - Curitiba PR - Arte Postal, na Secretaria da Cultura
1984 - Dakar (Senegal) - Artistas da Bahia
1984 - Fortaleza CE - Artistas da Bahia, na Universidade de Fortaleza
1984 - Fortaleza CE - Visão Genuína da Arte Brasileira, na Casa da Cultura Raymundo Cela
1984 - Fortaleza CE - 7º Salão Nacional de Artes Plásticas
1984 - Rio de Janeiro RJ - 7º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1984 - Salvador BA - 1ª Mostra Sul América de Arte Bahiana, no Bahia Othon Palace
1985 - Caiena (Guiana Francesa) - Encontro Inter Caraibe d'Artes Plastic
1985 - Rio de Janeiro RJ - 8º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ - prêmio aquisição
1985 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, na Galeria Maria Rispoli
1985 - Rio de Janeiro RJ - Exposição Coletiva, no Solo Espaço de Arte
1985 - Salvador BA - Coletiva de Arte Baiana, na Galeria da Caixa Econômica
1985 - São José (Costa Rica) - Exposicion Afro-Bahia, na Galeria 2000
1985 - São Paulo SP - 18ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1985 - São Paulo SP - 3º Salão Paulista de Arte Contemporânea, na Fundação Bienal
1985 - São Paulo SP - Exposição de Arte Contemporânea, no Chapel Art Show
1986 - Brasília DF - Baianos em Brasília, na Casa da Manchete
1986 - Rio de Janeiro RJ - Premiados no 8º Salão Nacional de Artes Plásticas/Aquisições, na Galeria Sérgio Milliet
1986 - Salvador BA - Imaginário Tropical, no Escritório de Arte
1986 - Salvador BA - Mostra Baiana de Artes Plásticas, no Teatro Castro Alves
1986 - São José (Costa Rica) - Coletiva na Semana Cultural do brasil, na Universidade Nacional de Herédia
1987 - Brasília DF - Noite de Arte, na Embaixada dos Estados Unidos
1987 - Itaparica BA - Artistas Baianos, na Galeria do Hotal Galeão Sacramento
1987 - Rio de Janeiro RJ - A cidade e os Astros, na Galeria Espaço
1987 - Salvador BA - Exposição de Artes da Bahia, na Galeria Malhoa
1988 - Salvador BA - 150 anos do Gabinete Português de Leitura, na Galeria Malhoa
1988 - Salvador BA - Projeto Panorama, na Panorama Galeria de Arte
1988 - Salvador BA - Projeto Verão, no MAM/BA
1988 - Tunis (Tunísia) - Afro-Bahia, na Galeria Biel
1989 - Barcelona (Espanha) - Barcelona Internacional Art Fórum, La Farga
1989 - Cuenca (Equador) - 2ª Bienal Internacional de Pintura, no Museo de Arte Moderno
1989 - Havana (Cuba) - Tercera Bienal de La Habana, no Centro Wilfredo Lam
1989 - Londres (Inglaterra) - The 4th Internacional Contemporary Art Fair, no London Olimpia
1989 - Paris (França) - Premier Mondial de l'Antiquité, de l'Art Modern e Contemporain, na CNTI, La Défense
1989 - Salvador BA - Artistas da Bahia, na Época Galeria de Arte
1989 - Tunis (Tunísia) - Art Bahia, no Espaço Sophonisme
1990 - Brasília DF - Participantes Brasileiros da 2ª Bienal Internacional de Pintura de Cuenca, no Palácio do Itamaraty
1990 - Caracas (Venezuela) - Pintura Contemporânea do Brasil, na Casa Rômulo Gallegos
1990 - Casablanca (Marrocos) - Afro Bahia
1990 - São Paulo SP - Pipas: A Visão do Artista, no Centro Cultural Sônia Von Brusky
1991 - Bologna (Itália) - Artefiera 91, na Mostra Mercato D'Arte Contemporânea
1991 - Londres (Inglaterra) - The 6th International Contemporary Art Fair, no London Olimpia
1991 - Miami (Flórida) - Internacional Art Exposition, Miami Beach Convention Center
1991 - Nice (França) - Art Jonition Internacional, Foire Internacional D'Art Contemporain, no Palais de Exposition
1991 - Paris (França) - Petit Formats, na Gaymu Inter Art Galerie
1991 - Rio de Janeiro RJ - 10 Anos de Acervo da Coleção do Centro Cultural Cândido Mendes, no MAM/RJ
1991 - Rio de Janeiro RJ - Rio Recebe a Bahia, no São Conrado Fashion Mall
1991 - Rio de Janeiro RJ - Sete x Bienal, AM Niemeyer Galeria de Arte
1991 - Salvador BA - Comemorativa de 10 anos, na Época Galeria de Arte
1991 - Salvador BA - Homenagem a 30 Artistas, Galeria do Hotel Meridien
1991 - Salvador BA - Originais das Capas da Revista EXU, na NR Galeria de Arte
1991 - Salvador BA - Trajetória de Artistas Baianos, 1917 a 1991, no Museu do Palácio da Aclamação
1991 - São Paulo SP - 21ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1992 - Brasília DF - Francisco de Assis: Homens das Grandes Causas, na Performance Galeria de Arte
1992 - Genebra (Suíça) - Europ'Art Salon International des Galeries Art Actuel
1992 - Gênova (Itália) - Interpretazioni di Artisti Contemporanei su Colombo, no Centro Culturale Città di Colombo, no Museo Attivo ddella Forme Inconsapevole
1992 - Gênova (Itália) - L'Arte Applicata alle Mollete da Bucato/Tre Miniesposizione a Rotazione in Contemporanea, no Centro Culturale Città di Colombo
1992 - Miami (Estados Unidos) - Art Miami 92, International Art Exposition, no Miami Beach Convention Center
1992 - Paris (França) - La Nuit de la Bastille, na Gaymu Inter Art Galerie
1992 - Paris (França) - Semaine d'Art de l'Amerique Latine et des Caraibes, na Gaymu Inter Art Galerie
1992 - Porto Alegre RS - 1992, na Galeria Tina Zappoli
1992 - Rio de Janeiro RJ - 1ª A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini, no Paço Imperial
1992 - Salvador BA - A religiosidade na Arte Bahiana Contemporânea, na Galeria da Associação Cultural Brasil Estados Unidos
1992 - Salvador BA - Jorge Amado e as Artes Plásticas, no Museu de Arte da Bahia
1993 - Hong Kong - International Art Exposition, no Foreign Correspondence Club
1993 - Niterói RJ - A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini, no MAC/Niterói
1993 - Porto Alegre RS - 1993, na Galeria Tina Zappoli
1993 - Rio de Janeiro RJ - Paixão do Olhar, no MAM/RJ
1993 - Rio de Janeiro RJ - Piracema, no Salão Portinari, no Palácio da Cultura
1993 - Salvador BA - A vida de Antonio Conselheiro, no Museu Eugênio Teixeira Leal
1993 - São Paulo SP - Panorama da Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1993 - Taipeh (Taiwan) - Art Taipeh/International Exposition
1994 - Antibes (França) - Sante Scaldaferri e Arakem Costa, no Metrô Galerie
1994 - Cingapura (Malásia) - International Art, no Mandarin Hoh Gallery
1994 - Cingapura (Malásia) - Tresor D'Art
1994 - Hong Kong - International Art Exposition, no Foreign Correspondence Club
1994 - Kaohsiung (Taiwan) - International Art Exposition, na GZ 50 Art Gallery
1994 - Lisboa (Portugal) - Além da Taprobana: a figura humana nas artes plásticas dos países de língua portuguesa, na Sociedade Nacional de Belas Artes
1994 - Porto Alegre RS - 1994, na Galeria Tina Zappoli
1994 - Quangzhou (China) - China Art Expo 94
1994 - Salvador BA - Exposição Le Hors lÁ/Bahia, na Galeria do Sebrae
1994 - Salvador BA - Futebol: uma interpretação plástica, na Galeria Canizares
1994 - Salvador BA - Modernismo na Bahia, no Teatro Castro Alves
1994 - São Luiz MA - Coletiva de Maio, na Fundação da Memória da República
1994 - Taipeh (Taiwan) - Art Taipeh/International Exposition
1995 - 32 Artistas do Clube da Gravura, no Espaço Tríade
1995 - Cingapura (Malásia) - International Art, no Mandarin Hoh Gallery
1995 - Feira de Santana BA - Artistas da Bahia, no Espaço Cultural Ponto do Livro
1995 - Lausanne (Suíça) - Rio: mistérios e fronteiras, no Musée de Pully
1995 - Porto Alegre RS - Organismos, na Galeria Tina Zappoli
1995 - Rio de Janeiro RJ - Além da Taprobana: a figura humana nas artes plásticas dos países de língua portuguesa
1995 - Rio de Janeiro RJ - Cor - Pintura - Ação, Comemorativa dos 100 anos do cinema, no MAM/RJ e na Universidade Estácio de Sá
1995 - Salvador BA - Acervo 13, Coletiva comemorativa dos 32 anos da Galeria 13
1995 - Salvador BA - Aquarelistas da Bahia, no Espaço Tríade
1995 - Salvador BA - Artistas Contemporâneos da Bahia, na Galeria Canizares
1995 - Salvador BA - Lançamento do Clube de Gravura, na Galeria Companhia das Índias
1995 - São Paulo SP - Projeto Arte Atual Brasil, no Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte
1995 - Stockolm (Suécia) - Art Stockolm
1996 - Camaçari BA - Bahiarte 1996, Show Room
1996 - Natureza e Arte, no Condomínio Chácara Suíça
1996 - Nova York (Estados Unidos) - Contemporary Braziliab Art I, na Neuhoff Gallery
1996 - Rio de Janeiro RJ - Rio: mistérios e fronteiras, no MAM/RJ
1996 - Salvador BA - Pinte Pelô, na Galeria do Sebrae
1997 - Miami (Estados Unidos) - Art Miami 97, International Art Exposition, no Miami Beach Convention Center
1997 - Feira de Santana BA - 12 Artistas Brasileiros - Homenagem a Caribé, na Câmara dos Dirigentes Lojistas
1997 - Montevidéu (Uruguai) - 1ª Bienal Interparlamentar de Pintura do Mercosul, no Palácio Legislativo
1997 - Rio de Janeiro RJ - Artistas Ilustradores - Castro Alves ou Castro Alves é do Povo, no Museu Histórico Nacional
1997 - Salvador BA - Artistas Ilustradores - Castro Alves, no Teatro Castro Alves
1997 - Salvador BA - Um Brinde ao Café, no Espaço Cafelier 
1997 - São Paulo SP - Artistas Ilustradores - Castro Alves ou Castro Alves é do Povo, no Memorial da América Latina
1998 - Paris (França) - Exposição Bahia à Paris - Ars Plastiques d'Aujourd'hui, na Galeria Debret
1998 - Salvador BA - Exposição de Gravuras, na Associação Cultural Dante Alighieri
1998 - Salvador BA - Projeto Salvador Arte - Arte 450 Anos, no MAM/BA
1998 - Salvador BA - Tropicália 30 anos - 40 artistas da Bahia, no MAM/BA
1998 - Tuscania (Itália) - Festival Torri d?Avvistamento, no Servizi Culturali per gli Enti Locali
1998 - Turquinia (Itália) - Festival Torri d?Avvistamento, no Instituto di Ricerca
1999 - Curitiba PR - Arte-Arte Salvador 450 Anos, na Fundação Cultural de Curitiba. Solar do Barão
1999 - Frankfurt (Alemanha) - Artistas Brasileiros, na Galeria Maritim
1999 - Rio de Janeiro RJ - Arte-Arte Salvador 450 Anos, no Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro
1999 - Salvador BA - 100 Artistas Plásticos da Bahia, no Museu de Arte Sacra
1999 - Salvador BA - Arte-Arte Salvador 450 Anos, no MAM/BA  
2000 - Buenos Aires (Argentina) - 1ª Bienal Internacional de Arte, no Museo Nacional de Bellas Artes
2001 - Belém PA - 20º Salão Arte Pará, no Museu do Estado do Pará  
2003 - Niterói RJ - 20º Apropriações: Curto-Circuito de Experiências Participativas, no MAC/Niterói
2013 - Salvador BA - Tupy: Todos os Dias, Museu de Arte Moderna da Bahia

Fonte: Itaú Cultural

Vídeo

VEJA TAMBÉM

Manabu Mabe - Sem Título
Sem Título
Di Cavalcanti - Auto-Retrato
Auto-Retrato
Burle Marx - Perséfare
Perséfare
Francisco Rebolo - Praia com Casarios
Praia com Casarios