Escritoriodearte.com > Artistas > Roberto Micoli

Roberto Micoli

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Roberto Micoli (Campinas SP 1953)

Pintor, desenhista.

Tem suas primeiras noções de desenho com seu pai Mário Micoli. Autodidata em pintura, influencia-se pelos trabalhos de Antonio Peticov (1946), Tomoshige Kusuno (1935), Mira Schendel (1919 - 1988) e Antonio Dias (1944). Em 1978, trabalha na Oficina de Artes para Crianças na Casa de Cultura de Valinhos, São Paulo e, em 1983, participa do Projeto Jacaré, atividades de pintura e performance nas ruas de São Paulo.

Críticas

"Marca característica da arte nesses últimos anos é a prospecção que vários artistas vêm fazendo no passado da História da Arte, tentando recuperar valores e atitudes que, sobretudo, redefinam o conceito de artista, após o processo de dilatação (para muitos excessivo) que esse conceito sofreu nas últimas décadas. Se a maioria desses artistas acreditou que apenas resgatando as imagens, os procedimentos estilísticos do passado e as técnicas artísticas tradicionais - resgate este sempre via História da Arte -, estariam solucionando esta verdadeira crise de identidade, alguns poucos, no entanto, empreenderam mergulhos radicais rumo a uma possível imanência do artista, capaz de transcender em definitivo questões de tempo e espaço e, portanto, a própria História. Se acompanharmos o processo de Micoli nos últimos anos, veremos como o artista aos poucos vai realizando esta trajetória de regresso à figura mítica do artista, através - inicialmente - do uso que fez de signos originários das mais diversas culturas paraa elaboração de suas obras. Por volta de 1985, a produção de Micoli caracterizava-se pelo uso prolixo desses signos num mesmo campo, separados/articulados por áreas de cores que os ordenavam numa estrutura de fortes ressonâncias construtivas.(...) Nesse momento, a viagem de regresso de Micoli está em pleno curso. Já não se considera mais um artista preso às contingências históricas de seu tempo, mas - através da identificação radical com aqueles artistas primeiros - está prestes a assumir os valores atemporais do artista mítico, um semideus ordenador do caos".
Tadeu Chiarelli
MICOLI, Roberto. Roberto Micoli: pinturas. Brasília: Espaço Capital Arte Contemporânea, 1988.

Exposições Individuais

1975 - Campinas SP - Desenhos, na Galeria Sesc
1978 - Campinas SP - Desenhos, na Galeria Castro Mendes
1979 - Rio de Janeiro RJ - Desenhos, na Galeria Funarte
1984 - São Paulo SP - Pinturas e Objetos, na Galeria Kaos Brasilis
1985 - São Paulo SP - Pinturas, na Galeria de Arte São Paulo
1987 - São Paulo SP - Pinturas, na Galeria Montessanti
1987 - Campinas SP - Instalação A Via Lactea, na Galeria Unicamp
1988 - Brasília DF - Pinturas, no Espaço Capital
1991 - São Paulo SP - Desenhos, no Projeto Arte no Metro/Estação Santa Cecília
1994 - São Paulo SP - Objetos, no MAM/SP

Exposições Coletivas

1979 - Rio de Janeiro RJ - 2º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1984 - Campinas SP - 7 Artistas, 7 Instalações, no MACC
1984 - Rio de Janeiro RJ - Como Vai Você, Geração 80?, na EAV/Parque Lage
1985 - Brasília DF - Brasilidade e Independência, na Teatro Nacional Cláudio Santoro
1985 - São Paulo SP - Brasilidade e Independência, no Museu da Casa Brasileira
1986 - Campinas SP - O Cósmico na Arte, no MACC
1987 - Brasília DF - Pintura Fora de Quadro: 10 artistas contemporâneos, no Espaço Capital Arte Contemporânea
1987 - Rio de Janeiro RJ - Pintura Fora de Quadro, na Casa da Cultura Laura Alvim
1987 - São Paulo SP - 19ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1987 - São Paulo SP - A Trama do Gosto: um outro olhar sobre o cotidiano, na Fundação Bienal
1987 - São Paulo SP - Cor-Desenho ou Tensão-Humor, na Galeria Papier
1987 - São Paulo SP - Imagens de Segunda Geração, no MAC/USP
1988 - São Paulo SP - 1981/1987, na Galeria Arco
1989 - São Paulo SP - 20ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1990 - São Paulo SP - Pantanal, na Galeria Sadalla
1991 - São Paulo SP - Armadilhas Indígenas, no Masp
1992 - Brasília DF - Viva Ianomamis Vivos, na CEF
1992 - Cidadania 200 Anos - itinerante
1995 - Brasil, Estados Unidos, Canadá - A Grande Viagem - itinerante
1995 - São Paulo SP - Entre Objetos, na Galeria Nara Roesler
1995 - São Paulo SP - Greenpeace
1995 - Tóquio (Japão) - Greenpeace
1996 - Santiago de Chile (Chile) - Viva Brasil: Ocho Artistas del Brasil, no Museu de Arte Contemporânea do Chile
1996 - São Paulo SP - Uma Poltrona Nove Artistas, na Galeria Tok & Stock
1997 - La Paz (Bolívia) - Arte Brasileña Contemporânea, na Espácio Simón Patiño
1997 - Los Angeles (Estados Unidos) - São Paulo Visits LA, na BGH Gallery
1997 - s.l. - Seis Artistas Brasileños, na Fundação Kingman
1997 - São Paulo SP - Dimensões da Arte Contemporânea, no MAC/USP
1997 - São Paulo SP - United Artists 3: luz, na Casa das Rosas
2003 - São Paulo SP - 2080, no MAM/SP

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Hilde Weber - Banhista
Banhista
Omar Rayo - Lolita IV
Lolita IV
Wesley Duke Lee - Série Papeis - 400 originais executados no centro de reprodução. Xerox nº 4
Série Papeis - 400 originais executados no centro de reprodução. Xerox nº 4