Escritoriodearte.com > Artistas > Paulo Pasta

Paulo Pasta

Paulo Pasta

OBRAS DO ARTISTA

Paulo Pasta - Sem título


Sem título

Técnica: óleo sobre tela
Data: 1992
Medida: 180 x 140 cm
Comentários: ass. no verso


Preço: Sob Consulta
Paulo Pasta - Sem Título


Sem Título

Técnica: óleo sobre papel
Data: 1992
Medida: 46 x 60 cm
Comentários: ass. inf. dir.


Preço: Sob Consulta

BIOGRAFIA

Paulo Pasta (Ariranha SP 1959)

Pintor, desenhista, ilustrador e professor.

Gradua-se em artes plásticas na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP, em 1983. Estuda desenho e gravura em metal com Evandro Carlos Jardim (1935). Faz cursos de litografia e serigrafia com Regina Silveira (1939) e pintura, com Donato Ferrari (1933) e Carmela Gross (1946). Atua como arte-educador na Pinacoteca do Estado de São Paulo - Pesp, entre 1983 e 1985. Cria obras abstratas nas quais utiliza uma gama cromática reduzida, explorando variações tonais. Em 1984, realiza sua primeira exposição individual na Galeria D. H. L., em São Paulo. Recebe a Bolsa Emile Eddé de Artes Plásticas, em 1988. Tem relevante atividade docente, lecionando pintura na Faculdade Santa Marcelina - FASM, entre 1987 e 1999, e desenho na Universidade Presbiteriana Mackenzie, entre 1995 e 2002. É professor da Fundação Armando Álvares Penteado - Faap, onde ingressa em 1998. Ministra ainda cursos livres em várias instituições culturais, como o Museu Brasileiro de Escultura - MuBE e o Instituto Tomie Ohtake - ITO. Em 1990, recebe o Prêmio Brasília de Artes Plásticas no Museu de Arte de Brasília - MAB/DF e, em 1997, o Prêmio Price Waterhouse - Conjunto de Obras, no 25º Panorama de Arte Brasileira do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP. Em 1998, é publicado o livro Paulo Pasta, pela Edusp. É mestre em artes plásticas pela ECA/USP, em 2002. Ilustra, entre outros, os livros Coração Partido - Uma Análise da Poesia Reflexiva de Drummond e Rocambole, ambos de autoria do crítico literário Davi Arrigucci Jr., publicados pela Editora Cosac & Naify, em 2002 e em 2005, respectivamente.

Comentário Crítico

A pintura de Paulo Pasta, na década de 1980, apresenta suaves passagens tonais e formas instáveis, indefinidas. Uma de suas principais referências, além da obra de Paul Cézanne (1839 - 1906) e Henri Matisse (1869 - 1954), é a pintura do artista norte-americano Jasper Johns (1930). Paulo Pasta, por meio de ligeiras arranhaduras na última camada de tinta da tela, cria formas que se aproximam às de frontões, ânforas e colunas. Essas imagens permitem uma referência ao passado, remetem ao campo da memória. Para o historiador da arte Rodrigo Naves, há nesses trabalhos um quê de nostalgia - eles procuram reatar com um tempo histórico, apontam para a lembrança de uma era sem fraturas, em que gestos individuais e significados sociais se relacionavam harmoniosamente. Há também nas obras do artista um jogo tonal, espécie de cor primeira que contém outras, que se insinua insistentemente, mas os tons e as pinceladas obedecem apenas ao equilíbrio interno da obra.

Como aponta o crítico Alberto Tassinari, no começo da década de 1990, seu trabalho modifica-se: grande parte de suas pinturas tem como motivo algo que lembra um chão ladrilhado com cacos. Esses quadros não levam o olhar do espectador para o horizonte, mas o remetem a obstáculos e a um espaço que não se deixa ver com nitidez. Em trabalhos iniciados em 1994, apresenta mais contrastes de cor, o espaço se amplia e as estruturas tornam-se mais ordenadas. Permanece porém a atmosfera espessa, a densidade das pinturas anteriores. Em 1996, o artista plástico Nuno Ramos (1960), ao comentar as obras de Paulo Pasta apresentadas em exposição individual na Galeria Camargo Vilaça, em São Paulo, ressalta a luminosidade intensa dos quadros que realça as diferenças de tom e cor, luz e sombra, superfície e profundidade, ao mesmo tempo em que paradoxalmente equilibra o conjunto da pintura.

A pintura de Paulo Pasta, para Naves, propõe ao observador uma experiência: ela porta uma espécie de vagar, pede uma suspensão temporal para que o olhar possa se deter morosamente pelas passagens tonais e pelas formas, em lento movimento de diferenciação.

Críticas

"Dois aspectos contrastantes se encontram nos trabalhos de Paulo Pasta. De um lado, há a irregularidade e a espessura da matéria pictórica, que se impõe (sobretudo quando distribuída sobre grandes superfícies, como nos quadros recentes) como presença concreta, aparentemente independente de mediações linguísticas - é o elemento que nos últimos tempos acostumamo-nos a chamar ´matérico´. Por outro lado, porém, não existe nessas obras matéria bruta: tudo é filtrado, escolhido, pinçado da tradição, e só então reconduzido a uma condição elementar. (...) No entanto, esses encrespamentos da matéria têm uma história, organizam-se na lembrança de antigos esquemas - não só quando sugerem um desenho de arcos ou o fantasma de uma perspectiva, mas sobretudo quando, sem nenhuma referência evidente, emprestam ao quadro a sombra de uma composição clássica. (...). Ocorre algo análogo, mas invertido, no que diz respeito às cores. Não existe cor pura, bruta, nas grandes superfícies monocromas de Paulo Pasta. Seu colorismo é tonal, é busca do ponto de equilíbrio entre diferentes qualidades da mesma tinta. O pigmento passa por um processo de afinação, até encontrar a altura exata. (...)".
Lorenzo Mammi
PASTA, Paulo. Paulo Pasta : 2. bolsa Emile Eddé de artes plásticas. São Paulo: MAC/USP, 1989.

Acervos

Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
Pinacoteca do Estado de São Paulo
Museu Nacional de Belas Artes
Museu de Arte de Brasília
Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
Museu de Arte Moderna de São Paulo
Acervo Galeria Millan Antônio - São Paulo
Coleção Adalberto Calil - São Paulo
Coleção Andréa e José Olympio Pereira - São Paulo
Coleção Andrea e Roger Agnelli  - Rio de Janeiro
Coleção Antônio Gonçalves Filho - São Paulo
Coleção Arnaldo Malheiros Filho - São Paulo
Coleção Arthur de Mattos Casas - São Paulo
Coleção Arthur Lescher - São Paulo
Coleção Christian Hemmés - São Paulo
Coleção Claudio Mubarac - São Paulo
Coleção Denise Aguiar - São Paulo
Coleção Dulce e João Carlos de Figueiredo Ferraz - Ribeirão Preto, São Paulo
Coleção Fernando Altério - São Paulo
Coleção Gabriela e Antônio Quintella - São Paulo
Coleção Henrique Constantino - São Paulo
Coleção João Carlos Alves Pereira - São Paulo
Coleção João Federici - São Paulo
Coleção José Zaragosa - São Paulo
Coleção Kim Esteve - São Paulo
Coleção Marcantonio Vilaça - Recife
Coleção Marcelo Bandeira de Mello - São Paulo
Coleção Marcelo Secaf - São Paulo
Coleção Maria Luísa e Pedro Alcântara - São Paulo
Coleção Maria Teresa Sosio - São Paulo
Coleção Miguel Chaia - São Paulo
Coleção Milton Goldfarb - São Paulo
Coleção Nilo Cecco - São Paulo
Coleção Nora Clemente - São Paulo
Coleção Orandi Momesso - São Paulo
Coleção Patrícia Cisneros - Caracas
Coleção Rafael Decunto - São Paulo
Coleção Roberto Brandão - São Paulo
Coleção Rodrigo Andrade - São Paulo
Coleção Socorro de Andrade Lima - São Paulo
Coleção Song Eek - São Paulo
Coleção Sônia Fernandes - São Paulo
Coleção Tom Freitas Valle - São Paulo

Exposições Individuais

1985 - Ribeirão Preto SP - Individual, na Galeria Campus/USP de Ribeirão Preto
1985 - São Carlos SP - Individual, na Galeria Campus/USP de São Carlos
1988 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Centro Cultural Cândido Mendes
1989 - São Paulo SP - Individual, no MAC/USP
1993 - Belo Horizonte MG - Individual, no Itaú Cultural
1994 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Anna Maria Niemeyer
1996 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Camargo Vilaça
1997 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Anna Maria Niemayer
1998 - Curitiba PR - Individual, na Casa da Imagem
1998 - Recife PE - Individual, na Fundação Joaquim Nabuco
1999 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Camargo Vilaça
2001 - Rio de Janeiro RJ - Paulo Pasta: pintura, na Galeria Anna Maria Niemeyer
2002 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Nara Roesler
2002 - São Paulo SP - Paulo Pasta: desenhos, no Centro Universitário Maria Antonia
2003 - São Paulo SP - Desenhos Grandes, na Galeria 10,20 x 3,60
2004 - Rio de Janeiro RJ - Paulo Pasta: pinturas, na Galeria Anna Maria Niemeyer
2004 - São Paulo SP - Individual, no CCSP

Exposições Coletivas

1984 - São Paulo SP - Da Paisagem e da Figura, na Galeria DHL
1985 - São Paulo SP - 2º Prêmio Pirelli Pintura Jovem, no Masp
1985 - São Paulo SP - 3º Salão Paulista de Arte Contemporânea, na Fundação Bienal
1986 - Belo Horizonte MG - 9º Salão Nacional de Artes Plásticas: sudeste, na Fundação Clóvis Salgado. Palácio das Artes
1986 - Rio de Janeiro RJ - 9º Salão Nacional de Artes Plásticas - prêmio aquisição
1986 - São Paulo SP - 4º Salão Paulista de Arte Contemporânea, na Fundação Bienal
1987 - São Paulo SP - 5º Salão Paulista de Arte Contemporânea, na Pinacoteca do Estado - Prêmio Secretaria de Estado da Cultura
1987 - São Paulo SP - Imagens de Segunda Geração, no MAC/USP
1988 - Berlim (Alemanha) - Workshop Berlim/São Paulo, no Kunsthalle Berlim
1988 - Rio de Janeiro RJ - Projeto Macunaíma, na Funarte. Centro de Artes
1988 - São Paulo SP - 6º Salão Paulista de Arte Contemporânea
1988 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Subdistrito
1988 - São Paulo SP - Coletiva, na Paulo Figueiredo Galeria de Arte
1988 - São Paulo SP - Workshop Berlim/São Paulo, no Masp
1989 - Brasília DF - Novos Valores da Arte Latino-Americana/Brasil, no Museu de Arte de Brasília
1989 - Rio de Janeiro RJ - 11º Salão Nacional de Artes Plásticas, na Funarte
1989 - São Paulo SP - 20º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1989 - São Paulo SP - Arte Paulista, Perspectivas Recentes, no CCSP
1989 - São Paulo SP - Dez Artistas, no Ateliê da Rua Fortunato
1990 - Brasília DF - Prêmio Brasília de Artes Plásticas, no Museu de Arte de Brasília
1991 - Caracas (Venezuela) - Brasil: la nueva generación, na Fundación Museo de Bellas Artes
1991 - Cuenca (Equador) - 3ª Bienal de Cuenca
1991 - São Paulo SP - BR/80: pintura Brasil década 80, na Itaugaleria
1992 - São Paulo SP - Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas, no CCSP
1994 - São Paulo SP - 22ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1994 - São Paulo SP - Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas, no CCSP
1995 - Londrina PR - Arte Brasileira: confrontos e contrastes, no Pavilhão Internacional Octávio Cesário Pereira Júnior
1995 - São Paulo SP - Anos 80: o palco da diversidade, na Galeria de Arte do Sesi
1995 - São Paulo SP - Morandi no Brasil, no CCSP
1996 - Cascavel PR - 3ª VentoSul: mostra de artes visuais integração do Cone Sul, no Museu de Arte
1996 - São Paulo SP - Arte Brasileira Contemporânea: doações recentes/96, no MAM/SP
1997 - Curitiba PR - A Arte Contemporânea da Gravura, no Museu Metropolitano de Arte de Curitiba
1997 - Ouro Preto MG - Experiências e Perspectivas: 12 visões contemporâneas, no Museu Casa dos Contos. Centro de Estudos do Ciclo do Ouro
1997 - São Paulo SP - 25º Panorama de Arte Brasileira, no MAM/SP - Grande Prêmio Price Waterhouse
1997 - São Paulo SP - Arte Cidade: a cidade e suas histórias
1998 - Belo Horizonte MG - A Paisagem Urbana Contemporânea, no Itaú Cultural
1998 - Belo Horizonte MG - O Suporte da Palavra, no Itaú Cultural
1998 - Campinas SP - A Paisagem Urbana Contemporânea, no Itaú Cultural
1998 - Niterói RJ - 25º Panorama de Arte Brasileira, no MAC/Niterói
1998 - Penápolis SP - A Paisagem Urbana Contemporânea, na Galeria Itaú Cultural
1998 - Recife PE - 25º Panorama de Arte Brasileira, no Mamam
1998 - Rio de Janeiro RJ - Arte Brasileira no Acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo: doações recentes 1996 - 1998, no CCBB
1998 - Salvador BA - 25º Panorama de Arte Brasileira, no MAM/BA
1998 - São Paulo SP - A Paisagem Urbana Contemporânea, no MAM/SP
1998 - São Paulo SP - Afinidades Eletivas I: o olhar do colecionador, na Casa das Rosas
1998 - São Paulo SP - O Colecionador, no MAM/SP
1998 - São Paulo SP - O Moderno e o Contemporâneo na Arte Brasileira: Coleção Gilberto Chateaubriand - MAM/RJ, no Masp
1998 - São Paulo SP - O Suporte da Palavra, no MAM/SP
1999 - São Paulo SP - O Brasil no Século da Arte, Coleção MAC/USP, na Galeria de Arte do Sesi
1999 - São Paulo SP - Quase figura, no MAM/SP
2000 - Curitiba PR - 12ª Mostra da Gravura de Curitiba. Marcas do Corpo, Dobras da Alma
2000 - Niterói RJ - Pinturas na Coleção João Satamini, no MAC/Niterói
2000 - Rio de Janeiro RJ - Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento. Carta de Pero Vaz de Caminha, no Museu Histórico Nacional
2000 - São Paulo SP - Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento, na Fundação Bienal
2000 - São Paulo SP - Obra Nova, no MAC/USP
2001 - Brasília DF - Mostra de Arte Contemporânea, no Conjunto Cultural da Caixa
2001 - Porto Alegre RS - 3ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul
2001 - Rio de Janeiro RJ - Espelho Cego: seleções de uma coleção contemporânea, no Paço Imperial
2001 - Rio de Janeiro RJ - O Espírito de Nossa Época, no MAM/RJ
2001 - São Paulo SP - A Cor na Arte Brasileira, no MAM/SP
2001 - São Paulo SP - Espelho Cego: seleções de uma coleção contemporânea, no MAM/SP
2001 - São Paulo SP - O Espírito de Nossa Época, no MAM/SP
2002 - Niterói RJ - Diálogo, Antagonismo e Replicação na Coleção Sattamini, no MAC/Niterói
2002 - Rio de Janeiro RJ - Caminhos do Contemporâneo 1952-2002, no Paço Imperial
2002 - São Paulo SP - 28 (+) Pintura, no Espaço Virgílio
2002 - São Paulo SP - Estratégias para Deslumbrar, na Galeria de Arte do Sesi
2002 - São Paulo SP - Mapa do Agora: 50 anos da arte brasileira Coleção Sattamini, no Instituto Tomie Ohtake
2002 - São Paulo SP - O Plano como Estrutura da Forma, no MAM/SP
2002 - São Paulo SP - Ópera Aberta: celebração, na Casa das Rosas
2002 - São Paulo SP - Portão 2, na Galeria Nara Roesler
2003 - Madri (Espanha) - Arco/2003, no Parque Ferial Juan Carlos I
2003 - São Paulo SP - 2080, no MAM/SP
2003 - São Paulo SP - Arco 2003, na Galeria Nara Roesler
2003 - São Paulo SP - MAC USP 40 Anos: interfaces contemporâneas, no MAC/USP
2003 - São Paulo SP - Meus Amigos, no MAM/SP
2004 - Niterói RJ - Pintura e Desenho - 90/00, no MAC/Niterói
2004 - São Paulo SP - Arte Contemporânea no Acervo Municipal, no CCSP

Fonte: Itaú Cultural

Vídeo

VEJA TAMBÉM

Ramón Cáceres - Sem Título
Sem Título
Samson Flexor - Sem Título
Sem Título
Samson Flexor - nº 6 Paysage
nº 6 Paysage
Alípio Dutra - Rio Piracicaba
Rio Piracicaba