Escritoriodearte.com > Artistas > Olímpia Couto

Olímpia Couto

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Olímpia Couto (Estrela do Indaiá MG 1947)

Pintora, muralista e gravadora. Estuda na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Como assistente da gravurista Yara Tupynambá (1932) , executa os murais Gênesis, A Criação do Mundo, na Igreja de Ferros, MG, e Guerra e Paz, na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Em 1971, recebe o 1º prêmio de gravura no Salão do Artista Plástico Mineiro. Dois anos depois, realiza sua primeira exposição individual, em Belo Horizonte. Em 1979, seu trabalho é destacado em sala especial na Bienal Nacional, em São Paulo. Por volta de 1982, executa painéis para a Associação dos Servidores e para a Prefeitura da UFMG. Dez anos depois, na coletiva Eco Art, paralela ao encontro Eco 92, ganha a medalha de ouro. Em 1997, recebe o título de Personalidade Setor de Artes do Jornal MG Turismo, além de ganhar o Troféu Alto São Francisco.

Críticas

"Sei que deveria, nesta apresentação, falar da limpeza da cor e do domínio que demonstra agora, do arrojo das composições com cortes ousados e planos definidos, do requinte das modulações das cores, sinfonias harmônicas de verdes e rosas, mas a emoção maior de assistir sua plenitude presente, que comove meu coração, dá-me vontade de lembrar-lhe coisas muito mais importantes que a técnica e a estrutura composicional que você adquiriu ao longo dos anos de aprendizado e dura luta. Quero lembrar-lhe, Olímpia, que você é um dos elos de uma grande corrente começada em Florença, no Quatrocentto, com Fra Angelico e Boticelli e chegada à Minas pelas mãos de Guignard, representando algo bem maior que a técnica das transparências e do grafismo que caracterizaram a arte mineira: antes, a capacidade de ver a vida através da poesia das coisas, numa atitude reflexivamente poética que transcende o tempo, herança maior que Guignard nos legou".
Yara Tupynambá
OLÍMPIA Couto. Belo Horizonte: Galeria Guignard, 1982.

Exposições Individuais

1973 - Belo Horizonte MG - Individual, na Galeria A Priori
1982 - Belo Horizonte MG - Individual, na Galeria Guignard
1986 - Brasília DF - Individual, na Visual Galeria de Arte
1987 - Belo Horizonte MG - Individual, na Galeria Corpo
1987 - Belo Horizonte MG - Individual, na Galeria de Arte Marchand d'Art
1993 - San José (Costa Rica) - Individual, na Galeria Valanti
1994 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Borghese
1995 - Brasília DF - Individual, na Galeria Visual
1995 - Passos MG - Individual, na Casa de Cultura de Passos

Exposições Coletivas

1971 - Belo Horizonte MG - 3º Salão do Artista Plástico Mineiro - 1º prêmio de gravura
1972, 1982 - Rio de Janeiro RJ - Artistas Mineiros na Feira da Previdência
1972 - Belo Horizonte MG - 4º Salão Nacional de Arte Universitária
1975 - Belo Horizonte MG - Duas Artistas Mineiras, no Conservatório Mineiro de Música
1976 - Florianópolis SC - Feira de Arte, na Galeria do Centro
1979/1980 - Belo Horizonte MG - Coletiva, na Galeria AMI
1979 - Belo Horizonte MG - Folclore Mineiro, na Galeria Otto Cirne
1979 - São Paulo SP - Bienal Nacional - sala especial
1980 - Belo Horizonte MG - Artistas Mineiros, na Galeria Ommi Art
1980 - Belo Horizionte MG - Visão do Jequitinhonha, no Palácio das Artes
1981/1986 - Belo Horizonte MG - Coletiva (1981/1983, 1986), na Galeria Guignard
1982 - São Paulo SP - Artistas Nacionais, no Monte Líbano
1982 - São Paulo SP - Noite de Arte, na Chapel Art Show
1983 - Belo Horizonte MG - Signos, no Palácio das Artes
1983 - São Paulo SP - Seis Mineiros em São Paulo, na Galeria Carlos A. Uint
1983/1984 - Belo Horizonte MG - Coletiva, na Galeria Serrana Palace
1984 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, no Hotel Nacional
1984 - Belo Horizonte MG - Panorama da Produção Plástica Mineira a Partir da Década de 70, no Palácio das Artes
1985 - Belo Horizonte MG - Valores de Minas, na Othon Palace Hotel
1985 - Niterói RJ - Artistas Brasileiros, na Casa de Cultura
1985 - Brasília DF - Coletiva, na Performance Galeria de Arte
1985 - Brasília DF - Coletiva, na Galeria Oscar Seráphico
1985 - Belo Horizonte MG - Coletiva, no Palácio das Artes
1986 - Belo Horizonte MG - Coletiva, na Galeria Pace
1986 - Goiânia GO - A Poesia nos Caminhos dos Gerais, na Época Galeria de Arte
1986 - São Paulo SP - Minas Nove Visões, na Galeria de Arte do Banco do Estado de Minas Gerais
1987 - Belo Horizonte MG - Exposição, na Galeria Corpo
1987 - Florianópolis SC - Exposição, no Masc
1988 - Rio de Janeiro RJ - Brazilian Artists, na Galeria Borghese
1988 - São Paulo SP - Exposição, na Fundação Mokiti Okada
1988 - Belo Horizonte MG - Projeto FIAT: Geração e Arte
1989 - São Paulo SP - Exposição, na Fundação Mokiti Okada
1990 - São Paulo SP - Exposição, na Fundação Mokiti Okada
1990 - Assunção (Paraguai) - Artistas Brasileiros, no Centro de Estudos Brasileiros
1990 - Belo Horizonte MG - Exposição, na Galeria Cidade
1991 - Goiânia GO - Sete Mineiros, na Galeria de Arte Casa
1992 - Belo Horizonte MG - Terra/Minas/Terra, no MAP
1992 - Brasília DF - Natureza Viva, na Galeria da Caixa Econômica Federal
1992 - Rio de Janeiro RJ - Eco Art, no MAM/RJ
1993 - San José (Costa Rica) - Exposição, na Galeria Vacanti
1993 - Belo Horizonte MG - Salão Nacional do Pequeno Quadro, na Novo Tempo Galeria de Arte
1993 - San Jose (Costa Rica) - El Espiritu del Arte Latinoamericana
1994 - Rio de Janeiro RJ - Exposição, na Galeria Borghese
1994 - São Paulo SP - Artistas Mineiros, no Maksoud Plaza
1995 - Brasília DF - Exposição, na Galeria Visual
1995 - Brasília DF - Minas, da Terra ao Homem
1996 - Timóteo MG - Encontro, no Centro Cultural da Fundação Acesita

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Sylvio Pinto - França
França
Aldemir Martins - Cangaceiro
Cangaceiro
Aldo Bonadei - Barcos em Ubatuba
Barcos em Ubatuba
Bernardo Cid - Sem Título
Sem Título