Escritoriodearte.com > Artistas > Neuton Freitas de Andrade

Neuton Freitas de Andrade

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Neuton Freitas de Andrade (Timburi SP 1938 - s.l. 1997)

Pintor.

Trabalha como lavrador na colheita de café e algodão e, a partir de 1958, quando muda para São Paulo, trabalha como entregador de roupas, comerciário e bancário. Autodidata, em 1959 começa a pintar o quadro Lunda, com Américo Modanez, do Grupo Osasco. Em 1970, seus trabalhos são adquiridos pela Câmara Americana de Comércio, que os reproduz na capa de seu anuário, e na revista Brasil an Answer to Many Questions.

Críticas

"Eis um pintor espontâneo, de técnica rudimentar, cujas telas tratam de temas caipiras: A Mãe do Ouro, São Jorge, Casamento na Roça etc. Newton de Andrade não pinta cidades coloniais nem fachadas de igrejas barrocas, assuntos plásticos explorados pelos ingênuos do recôncavo e do Nordeste. Não. A sua arte singela e populista tem a candura das interpretações diretas e sucintas; no máximo avança até algumas nesgas do nosso folclore. Repete-se como um cururu pictórico. Vocação, instinto e humildade equilibram os assuntos que, uma vez guardadas as proporções, são os mesmos em toda parte: visão imediata da vida e do mundo através duma sensibilidade infantil e carismática".
José Geraldo Vieira
LOUZADA, Júlio. Artes plásticas: seu mercado, seus leilões. São Paulo: J. Louzada, 1984-.

Exposições Individuais

1961 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Ambiente
1967 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Azulão
1968 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Atrium
1970 - Washington (Estados Unidos) - Individual, no Brazil Cultural Institute
1979 - Londres (Inglaterra) - Festa das Cores, na Hamilton Fine Art Gallery
1980 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Jacques Ardies
1982 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Jean-Jacques

Exposições Coletivas

1961 - São Paulo SP - 10º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1962 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Astréia
1963 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Casa do Artista Plástico
1964 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Atrium
1968 - Itália - 10 Naifs, na Galeria Porto Cervo Esmeralda
1968 - Porto Alegre RS - Coletiva, na Galeria Leopoldina
1969 - São Paulo SP - Coletiva, na Faap
1970 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Veríssimo
1971 - Indiana (Estados Unidos) - Brazilian Paintings, na Universidade de Indiana
1971 - Munique (Alemanha) - Coletiva, na Galeria Holtzinger
1971 - Salvador BA - Coletiva, na Galeria de Arte Panorama
1971 - Washington (Estados Unidos) - Pintores Naifs de São Paulo, na Gallery
1972 - Michigan (Estados Unidos) - Pintores Brasileiros, na Kresce Art Gallery
1972 - São Paulo SP - Homenagem a Alan Fischer, na Pocket Gallery
1975 - São Paulo SP - Festa das Cores, no Masp
1975 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Emy Bonfim
1976 - Montevidéu (Uruguai) - 1º Encontro Uruguai-Brasil
1976 - São Paulo SP - EucatExpo
1985 - São Paulo SP - Neuton de Andrade, Teles Tamanini e Ernane Cortat, na Galeria Jacques Ardies
1988 - Rio de Janeiro RJ - O Mundo Fascinante dos Pintores Naïfs, no Paço Imperial
1994 - Piracicaba SP - 2ª Bienal Brasileira de Arte Naif, no Sesc

Exposições Póstumas

2002 - Piracicaba SP - 6ª Bienal Naifs do Brasil, no Sesc

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Mário Gruber - Fantasiado
Fantasiado
Manabu Mabe - Sem Título
Sem Título
Aldemir Martins - Melancias
Melancias