Escritoriodearte.com > Artistas > Maria Carmen de Queirós Bastos

Maria Carmen de Queirós Bastos

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Maria Carmen de Queirós Bastos (Recife PE 1935)

Pintora, desenhista e escultora.

Estuda escultura com Humberto Cozzo entre 1959 e 1961, no Rio de Janeiro. Nesse último ano, realiza sua primeira exposição individual em 1961, na Galeria de Arte do Recife. Em 1962, estuda desenho com Abelardo da Hora, José Cláudio da Silva e Wellington Virgulino. A partir de 1965, participa do movimento surrealista internacional Phases, em Paris (França), liderado por Edouard Jaguer, Em 1976, aluga um ateliê em Londres. Expõe individualmente no Museu de Arte de São Paulo, 1964; em Bruxelas (Bélgica), 1968; em Lille e Mont Maur (França), 1968 e 1970; em Lima (Peru), 1976.

Críticas

"(...) a pop art e o surrealismo no Brasil agrupam artistas diversificados, que não apresentam entre si unicidade formal ou coerência temática. No caso do Grupo Phases brasileiro, isso fica ainda mais evidente, ao congregar artistas como Wesley Duke Lee, Fernando Odriozola, Sara Ávila, Flávio-Shiró, Bernard Cid e Maria Carmen, entre outros, cuja identidade está apenas no discurso livre da imaginação e na preocupação com a contemporaneidade".
Walter Zanini
LOUZADA, Júlio. Artes plásticas: seu mercado, seus leilões. São Paulo: J. Louzada, 1984-.

Exposições Individuais

1961 - Recife PE - Individual, na Galeria de Arte do Recife
1964 - São Paulo SP - Individual, no Masp
1968 - Lille (França) - Individual, no Ateliê de La Monnaie
1968 - Bruxelas (Bélgica) - Individual, na Galeria Defacgz
1970 - Mont Maur (França) - Individual, na Galeria de Popos Gaibrois
1976 - Lima (Peru) - Individual, na Casa Taller Delfin
1977 - Recife PE - Individual, na Gatsby Arte
1978 - São Paulo SP - Individual, no Renato Magalhães Escritório de Arte

Exposições Coletivas

1965 - São Paulo SP - 8ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal  
1965 - São Paulo SP - Exposição do Jovem Desenho Nacional, no MAC/USP 
1965 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão de Abril, no MAM/RJ
1965 - Paris (França) - Coletiva do Grupo Austral do Movimento Phases
1966 - Salvador BA - 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas - prêmio aquisição
1967 - São Paulo SP - Coletiva do Grupo Austral do Movimento Phases, no MAC/USP
1967 - São Paulo SP - Oficina Pernambucana, no MAC/USP
1968/1970 - Fortaleza CE, Campina Grande PB, Recife PE e Campo Grande MT - Coletiva 28 Artistas do Acervo do MAC/USP
1969 - São Paulo SP - 10ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1970 - Rio de Janeiro RJ - 18º Salão de Arte Moderna
1970 - Strasburg (Alemanha) - Coletiva, no MAM de Strasburg
1970 - Jihlava (Tchecoslováquia, atual República Tcheca) - Coletiva do Movimento Phases, na Oblastini Galerie Vysociny
1970 - Hadrek Kralové (Tchecoslováquia, atual República Tcheca) - Coletiva do Movimento Phases, na Krajska Galerie Umeni
1970 - Brno (Tchecoslováquia, atual República Tcheca) - Coletiva do Movimento Phases, Dum Umeni 
1971 - São Paulo SP - 3º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1972 - Nice (França) - Coletiva do Grupo Phases, no Musée des Ponchettes
1972 - São Paulo SP - Arte Brasil Hoje: 50 Anos Depois, na Galeria Collectio
1976 - São Paulo SP - O Desenho em Pernambuco, na Galeria Nara Roesler
1978 - Recife PE - Coletiva, na Gatsby Arte
1983 - Recife PE - 50 Anos de Casa-Grande & Senzala, na Fundação Joaquim Nabuco
1984 - Salvador BA - 50 Anos de Casa-Grande & Senzala
1984 - Brasília DF - 50 Anos de Casa-Grande & Senzala
1984 - Aracaju SE - 50 Anos de Casa-Grande & Senzala
1984 - Vitória ES - 50 Anos de Casa-Grande & Senzala
1984 - Lisboa (Portugal) - 50 Anos de Casa-Grande & Senzala, no Museu Gulbenkian da Fundação Calouste Gulbenkian
1986 - Recife PE - Coletiva, no Museu do Estado
1986 - Brasília DF - Pernambucanos em Brasília, na ECT Galeria de Arte
1991 - São Paulo SP - O Que Faz Você Agora Geração 60?: jovem arte contemporânea dos anos 60 revisitada, no MAC/USP
1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal de São Paulo

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Cranio - Índios
Índios
Anna Maria Maiolino - Sem Título - Série Leonardo Engenho
Sem Título - Série Leonardo Engenho
Amilcar de Castro - Sem Titulo
Sem Titulo
Fábio Miguez - Sem Título
Sem Título