Escritoriodearte.com > Artistas > Maria Amélia Vieira

Maria Amélia Vieira

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Maria Amélia Vieira (Maceió AL 1955)

Pintora.

Já na adolescência, Maria Amélia Vieira Soares Costa Neves inicia sua formação orientada pela artista Maria Tereza Vieira (1932), sua tia. Mais tarde, transfere-se para o Rio de Janeiro e estuda na Escolinha de Arte do Brasil, com Augusto Rodrigues (1913 - 1993). Em 1980, realiza sua primeira exposição individual, na antiga Galeria Alternativa, em Maceió. Nessa época a técnica que mais usa é a colagem, inclusive com tecidos e palha de coco. Em 1980 e 1981, participa do Festival de Cinema de Penedo, Alagoas. A partir de 1984, sua pintura torna-se mais abstrata. Usando tinta acrílica, trata da cultura e dos símbolos populares do nordeste. Nesse ano, participa da exposição de artistas alagoanos no Museu Sant' Egídio, em Roma (Itália). Em Maceió, trabalha como professora de artes. Além disso, é gerente da Galeria Karandash Arte Contemporânea.

Críticas

"Reelaborando retalhos e fragmentos, utilizando-se de símbolos ancestrais e da velocidade do cartoon e da vida contemporânea, os trabalhos de Maria Amélia estabelecem interessantes paralelos com a produção erudita e popular, entre o rural e o urbano, entre a figuração e o componente geométrico que perpassa o processo de artesania da obra, entre o racional e o emocional".
Marcus de Lontra Costa
ARTE de Alagoas: centenário do poeta Jorge de Lima: 1893-1993. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1993.

Exposições Individuais

1980 - Maceió AL - Individual, na Caiman Galeria Alternativa
1981 - Maceió AL - Individual, na Graffit Galeria
1983 - Maceió AL - Individual, na Graffit Galeria  
1986 - Maceió AL - Pequenos Formatos, na Galeria Karandash Arte Contemporânea

Exposições Coletivas

1979 - Petrópolis RJ - 19º Salão de Pintura - medalha de prata
1980 - Marechal Deodoro AL - Festival de Verão 
1981 - Marechal Deodoro AL - Festival de Verão
1982 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, na Faculdade Hélio Alonso
1983 - Maceió AL - Cabanada 83 - Projeto Zumbi, na UFAL
1984 - Aracaju SE - Coletiva, na Galeria de Arte J. Inácio
1984 - Maceió AL - Coletiva, na Caixa Econômica Federal
1984 - Maceió AL - Pintores Pintam os Poetas, na Graffit Galeria
1984 - Roma (Itália) - Coletiva, no Museu Sant´Egídio
1985 - Brasília DF - Artistas Alagoanos, no Congresso Nacional
1985 - Maceió AL - Coletiva de inauguração da Karandash Arte Contemporânea, na Karandash Arte Contemporânea         
1985 - Maceió AL - Coletiva, na Galeria Produban
1985 - Maceió AL - Exposição Grupo Vivarte, na Pinacoteca Universitária
1985 - Maceió AL - Homenagem ao Poeta Jorge Cooper, na Galeria Miguel Torres da Aliança Francesa
1986 - Aracaju SE - Coletiva, na Galeria Álvaro Santos
1986 - Goiânia GO - Karandash Arte Contemporânea, na Itaugaleria
1986 - Maceió AL - 3ª Mostra Tiradentes, na Karandash Arte Contemporânea
1986 - Maceió AL - Artistas Alagoanos, na Karandash Arte Contemporânea
1986 - Maceió AL - Coletiva do Primeiro Aniversário da Karandash Arte Contemporânea, na Karandash Arte Contemporânea
1986 - Maceió AL - Coletiva, no Senac-Sesc
1986 - Maceió AL - Pequenos Formatos, na Karandash Arte Contemporânea
1993 - Maceió AL - Arte de Alagoas, na Fundação Casa de Rui Barbosa
1997 - Rio de Janeiro RJ - Poemas Visitados, no Centro Cultural dos Correios
2002 - Rio de Janeiro RJ - Arte em Campo, no Centro Cultural da Justiça Federal

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Sonya Grassmann - Figura Feminina
Figura Feminina
Karl Plattner - Três Mulheres
Três Mulheres
Olney Krüse - A Ultima Refeição
A Ultima Refeição