Escritoriodearte.com > Artistas > Marcelo Lerner

Marcelo Lerner

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Marcelo Lerner (São Paulo SP 1967)

Fotógrafo.

Inicia a carreira profissional em 1986 no jornal da colônia italiana, Il Corriere; em 1987, trabalha no Escritório Julio Abe; em 1989, é assistente por um ano do mestre Manuel Alvarez Bravo (incontestavelmente o maior impressor vivo em platina/paládio) na Cidade do México; é assistente do prof. dr. Michael Gray (diretor do The Fox Talbot Museum) no workshop ministrado no Mês Internacional da Fotografia de São Paulo em 1993. Nesse ano realiza com o printer Marcos Ribeiro extensa pesquisa sobre processos pioneiros de impressão fotográfica; em agosto de 1994, cumpre um mês de pesquisas no The Fox Talbot Museum em Lacock, na Inglaterra; desde março de 1995, dirige estúdio onde desenvolve fotografia aplicada de publicidade, participa de filmes (Volkswagen, Mesbla, Uemura), produz impressos promocionais para várias joalherias, catálogos técnicos e de vendas, capas de CD-ROM e embalagens, além de impressões de portfolios e prints p&b de exibição.

Críticas

"Embora tenham atingido o auge de uso no começo deste século, papéis mais baratos feitos de sais de prata, dominantes até hoje, começavam a ser produzidos também em escala industrial.

Mesmo assim a técnica de impressão em platina conservou alguns adeptos, pelo fato de que sua impressão não se deteriora ao longo dos anos, como acontece com as cópias fotográficas comuns.

As fotos produzidas assemelham-se a gravuras, pelo efeito provocado na textura e na definição da imagem. Além disso, as impressões apresentam uma gama de tons cinza muito superior às cópias em prata.

De acordo com Lerner, a imagem feita em platina necessita de muitos cuidados e pesquisas de impressão, para que os resultados sejam satisfatórios".
Ana Maria Guariglia
Fotografia. "Folha de S. Paulo", 6 de abril de 1994.

"Existem coisas que a lente de uma máquina fotográfica consegue captar e o olho humano não vê. Partindo dessa premissa, o fotógrafo Marcelo Lerner montou a primeira exposição fotográfica em platina e paládio do Brasil. (...) Além da técnica totalmente artesanal, que lembra processos gráficos como a gravura, a exposição Impressões em Platina mostra a sensibilidade de um fotógrafo que aos 14 anos construiu seu primeiro ampliador com latas de leite em pó, papel-manteiga e cabo de vassoura".
Vinte platinas de Marcelo Lerner. "Jornal da Tarde", 7 de abril de 1994.

Exposições Coletivas

1992 - São Paulo SP - Projeto Fotografia de Autor, no MIS/SP
1993 - São Paulo SP - 1º Mês Internacional da Fotografia de São Paulo, no Sesc Pompéia
1994 - São Paulo SP - Impressões em Platina, na Galeria Fotoptica
1995 - Ouro Preto MG - Impressões em Platina, no 27º Festival de Inverno de Ouro Preto
1996 - Rochester (Estados Unidos) - A Fotografia Pensante, na School of Photography Arts and Sciences do Rochester Institute of Technology e no Pyramid Arts Center
1996 - São Paulo SP - 4º Studio Unesp Sesc Senai de Tecnologias de Imagens, no Sesc Pompéia
1999 - São Paulo SP - 9ª Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Masp
2002 - São Paulo SP - Visões e Alumbramentos: fotografia contemporânea brasileira da coleção Joaquim Paiva, na Oca
2004 - São Paulo SP - Prêmio Porto Seguro de Fotografia, no Espaço Porto Seguro de Fotografia

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Mário Gruber - Fantasiado Nº3 (Chapéu)
Fantasiado Nº3 (Chapéu)
Arcangelo Ianelli - Abstrato Verde
Abstrato Verde
Aluísio Carvão - Sem Titulo
Sem Titulo
José Leonilson - Sem Título
Sem Título