Escritoriodearte.com > Artistas > Karl Linde

Karl Linde

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Karl Linde (Alemanha c.1830 - Rio de Janeiro, RJ 1873)

Pintor, litógrafo, gravurista, tipógrafo e escultor.

Chega ao Rio de Janeiro em 1859. Supõe-se ter vindo ao país com Karl e Henrique Fleiuss (1823-1882) . No mesmo ano, funda com eles a firma Fleiuss Irmãos & Linde e o Instituto Artístico: empresa particular de produção gráfica e plástica e, depois, de ensino das artes gráficas. Apresenta três trabalhos na Exposição Geral de Belas Artes do Rio de Janeiro (EGBA) de 1859, obtendo medalha de ouro. 

Em 1860, funda com seus sócios a Semana Illustrada, produzindo, por mais de uma década, ilustrações para esse impresso. Publica, pelo Instituto, o Álbum do Rio de Janeiro, formado de um panorama e doze vistas. Em 1862, litografa Recordações da I Exposição Nacional. 

A partir de 1863, ensina xilografia no recém-criado Imperial Instituto Artístico. Na EGBA de 1864, tem diversos trabalhos expostos. Nesse ano, litografa o álbum em cores Estrada de Ferro de Dom Pedro II. Entre 1864 e 1865, litografa séries de episódios da Guerra do Paraguai, bem como retratos de seus combatentes. Apresenta a escultura em cera Combate de Dois Índios, na EGBA de 1868. Morre em 1873. Em 1881, na Exposição de História do Brasil, realizada pela Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, dezenas de suas imagens são novamente apresentadas.

Comentário crítico

A contribuição de Karl Linde para a produção artística brasileira do século XIX é, talvez, mais relevante para o âmbito da cultura do que especialmente para o das artes plásticas. Ela deve ser vista pelo estreito contato que estabelece com os irmãos Fleiuss, e pela importância que o Instituto Artístico (sociedade que firmam em 1859) passa a ter para a política educacional do Segundo Império.

O decreto de 1863 de d. Pedro II, que transforma o estabelecimento em Imperial Instituto Artístico, confirma o papel que desempenha em um determinado seguimento da cultura brasileira. De um lado, a firma notabiliza-se pela edição e publicação de textos que são consumidos por uma elite letrada no Rio de Janeiro e em outras províncias. De outro, com a revista Semana Ilustrada, ajuda a inaugurar no Brasil um tipo de impresso que, pautado na difusão de imagens, busca tornar-se acessível para uma maior camada da população, ainda formada, sobretudo, por analfabetos ou semianalfabetos.

Se Henrique Fleiuss destaca-se na firma como uma figura empreendora, Linde, por sua vez, mostra-se mais próximo da produção artística. Além de litografar grande parte das imagens produzidas pelo Instituto entre 1859 e 1873, ano de sua morte, é ele também responsável pelo ensino da gravura que, a partir de 1863, ajuda a formar os primeiros profissionais gráficos, dando a sua contribuição para o desenvolvimento e a difusão de uma iconografia nacional.

Acervos

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
Coleção de Artes Visuais do Instituto de Estudos Brasileiros - USP

Críticas

"Deste artista, de grande talento e aplicação, encontra-se no Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro um ótimo retrato do Imperador Dom Pedro II. O quadro é minuciosamente executado e possui real valor artístico (...). Por seus trabalhos na Exposição da Academia de Belas Artes, em 1859, Karl Linde fez jus à Medalha de Ouro (...). Karl Linde pintou inúmeros quadros a óleo, representando paisagens do Brasil, de um colorido e minúcia encantadores".
Dom Clemente Maria da Silva Nigra
PEIXOTO, Maria Elizabete Santos. Pintores alemães no Brasil durante o século XX. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1989.

Exposições Coletivas

1859 - Rio de Janeiro RJ - 13ª Exposição Geral de Belas Artes, na Aiba - medalha de ouro
1864 - Rio de Janeiro RJ - 16ª Exposição Geral de Belas Artes, na Aiba
1868 - Rio de Janeiro RJ - 20ª Exposição Geral de Belas Artes, na Aiba

Exposições Póstumas

1881 - Rio de Janeiro RJ - Exposição de História do Brasil
1989 - São Paulo SP - Pintores Alemães no Brasil durante o Século XIX, no Museu da Casa Brasileira
1999 - Rio de Janeiro RJ - O Brasil Redescoberto, no Paço Imperial
2000 - Rio de Janeiro RJ - Visões do Rio na Coleção Geyer, no CCBB

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Aldemir Martins - Vaso de Flores
Vaso de Flores
Fábio Miguez - Sem Título
Sem Título
Kazuo Wakabayashi - Casal de Pássaros - Eterna Fidelidade
Casal de Pássaros - Eterna Fidelidade
Otto Stupakoff - Sem título
Sem título