Escritoriodearte.com > Artistas > Juca Martins

Juca Martins

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Juca Martins (Barcelos, Portugal 1949)

Fotógrafo.

Depois de estudar impressão gráfica e laboratório fotográfico na Editora Abril entre 1967 e 1969, Manoel Joaquim Martins Lourenço trabalha como repórter fotográfico para os jornais Folha de S.Paulo, Jornal da Tarde e Última Hora, e para as revistas Placar, Quatro Rodas, Realidade, Veja, Visão e IstoÉ. Durante o ano de 1976 é diretor de arte e secretário gráfico do jornal Movimento, de oposição à ditadura militar, tornando-se em 1979 um dos fundadores, com Nair Benedicto (1940), Ricardo Malta (1956) e Delfim Martins (1951), da Agência F4 de Fotojornalismo. É autor de vários livros, entre os quais se destacam A Greve do ABC e A Questão do Menor [em parceria com Nair Benedicto], 1980; Crianças do Brasil, 1981; e Festas Populares Brasileiras, 1987. Um dos expoentes maiores da fotografia engajada no Brasil, é agraciado com o Prêmio Esso de Fotografia de 1980 (por sua reportagem sobre os menores abandonados); com o Prêmio Internacional Nikon de 1981 (pelo ensaio sobre o garimpo de Serra Pelada); e com o Prêmio Wladimir Herzog de Direitos Humanos de 1982 (pela cobertura da guerra em El Salvador).

Críticas

"´Juca Martins´, o segundo volume da coleção ´Antologia Fotográfica´ publicado pela editora Dazibao, não somente traz de volta um dos maiores nomes do fotojornalismo brasileiro. Traça, em sua pequena edição de bolso, um painel fotográfico das últimas duas décadas da história brasileira, contada através das lentes de um dos mais críticos e contundentes repórteres fotográficos brasileiros. 
As fotografias funcionam como a história contada por quem participou diretamente do processo de mudança do país, registrando sem piedade seus momentos mais difíceis e dramáticos. São 45 imagens que colocam diretamente o leitor em confronto com seu passado recente, numa reavaliação de sua própria participação como espectador. Com um domínio sobre a câmera como poucos, Juca oferece imagens que comovem pela delicadeza e pelo rigor na composição com que foram feitas. Não importa se o tema é corriqueiro ou batido, ele vai buscar algo revelador que transcende a imagem comum e repetitiva a que se está acostumado a ver na imprensa brasileira."
Juan Esteves
Esteves, Juan. Livro resgata olhar rigoroso de Juca Martins. Folha de S. Paulo. Ilustrada, p. E-9.

"O fotógrafo Juca Martins resolveu congelar em foto cenas paulistanas que o transeunte veria num sonho de maneira estranha, mas com os mesmos 140 graus que o olho humano estabelece em seu plano de visão. Pendurado numa câmera Wide Lux, que capta as imagens em panorâmicas sem deformá-las, Juca saiu pela Paulicéia em ritmo de teste. ´No começo era um passeio despretensioso pelo centro da cidade, cuja intenção era experimentar a máquina. Depois dos primeiros filmes revelados, algumas imagens sugeriam um caminho a seguir´, diz Juca. 
O caminho foi fincar a câmera em pontos conhecidos, como o Parque Ibirapuera, a Estação da Luz e a Avenida Paulista e esperar que cenas do cotidiano e as possibilidades da Wide se abrissem para a sensibilidade de Juca".
Mariella Lazaretti
Lazaretti, Mariella. A São Paulo de Juca, real e onírica. Jornal da Tarde.

Acervos

Coleção Pirelli/Masp de Fotografias - São Paulo SP

Exposições Individuais

1998 - São Paulo SP - São Paulo Capital: uma visão panorâmica da cidade no final do século 20, no Espaço Higienópolis

Exposições Coletivas

1976 - São Paulo SP - Bienal Nacional 76, na Fundação Bienal
1980 - São Paulo SP - Em Busca do Ouro, na Zoom School
1980 - São Paulo SP - Fotojornalismo nos Anos 80 - Tendências, no MIS/SP
1980 - Rio de Janeiro RJ - Fotojornalismo nos Anos 80 - Tendências, no Centro Empresarial
1981 - Cidade do México (México) - 2º Colóquio Latino-Americano de Fotografia
1981 - São Paulo SP - Agência F4, Dois Anos de Vida, na Galeria Álbum
1981 - Rio de Janeiro RJ - Agência F4, Dois Anos de Vida, na Funarte
1983 - Barcelona (Espanha) - La Photographie Brésilienne Contemporanée, na Sala de Exposições de Obra Cultural
1983 - Paris (França) - Brésil des Brésiliens, no Centro Georges Pompidou
1983 - Rio de Janeiro RJ - Tempo do Olhar, no MNBA
1983 - São Paulo SP - Tempo do Olhar, no Masp
1984 - Havana (Cuba) - 3º Colóquio Latino-Americano de Fotografia
1984 - Roma (Itália) - Photoamérica 84, na Galeria Il Diaframma
1985 - Quito (Equador) - Fotógrafos Brasileiros, Semana de Cultura Brasileira, no Novo Museu de Arte Colonial - itinerante
1985 - Guayaquil (Equador) - Fotógrafos Brasileiros, Semana de Cultura Brasileira, no Novo Museu de Arte Colonial - itinerante
1985 - São Paulo SP - Direitos Humanos, no Sindicato dos Jornalistas
1986 - São Paulo SP - Fotojornalismo dos Anos 80, no MIS/SP
1989 - Milão (Itália) - Av. Paulista, na Bienal de Arquitetura de Milão
1989 - São Paulo SP - Av. Paulista, no Masp
1989 - Rio de Janeiro RJ - Brasil, Cenários e Personagens, na Galeria de Fotografia da Funarte
1991 - São Paulo SP - 1ª Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Masp
1992 - Suíça - O Brasil dos Brasileiros, na Fundação Suíça para a Fotografia
1992 - Zurique (Suíça) - Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, no Kunsthaus
1993 - Madri (Espanha) - Canto a la Realidad, na Casa da América
1994 - São Paulo SP - Trilhas Urbanas, na Galeria Fotoptica
1996 - Curitiba PR - 1ª Bienal de Fotografia de Curitiba
1998 - Belo Horizonte MG - Crônicas Urbanas, no Itaú Cultural
1998 - Brasília DF - Crônicas Urbanas, na Itaugaleria
1998 - Penápolis SP - Crônicas Urbana
1998 - São Paulo SP - Amazônicas, no Itaú Cultural
1998 - São Paulo SP - Crônicas Urbanas, no Itaú Cultural
1999 - Wolfsburg (Alemanha) - Brasilianische Fotografie 1946 bis 1998, no Kunstmuseum Wolfsburg
2001 - São Paulo SP - Projeção Vídeos, no Barnaldo e Lucrécia
2004 - São Paulo SP - São Paulo 450 Anos: a imagem e a memória da cidade no acervo do Instituto Moreira Salles, no Centro Cultural Fiesp
2006 - Liège (Bélgica) - 5ª Biennale Internationale de la Photographie et des Arts Visuels de Liège Brasil, no Centre Culturel Les Chiroux

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Candido Portinari - Mulher de Costas
Mulher de Costas
Alfredo Volpi - Bandeirinhas
Bandeirinhas
Elena Nikitina - Cello Crescente
Cello Crescente