Escritoriodearte.com > Artistas > José Peretto

José Peretto

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

José Peretto (Bassano del Grappa, Itália 1874 - Socorro SP 1949)

Pintor e restaurador.

Toma aulas de desenho com o mestre Giuseppe Gobatto, em Bassano del Grappa. Vem ao Brasil, onde reside em Pedreira, São Paulo, de 1897 a 1904, quando muda-se para Socorro. Nessa última cidade, realiza uma série de pinturas em igrejas, decora estações de trem da linha Mogiana e residências, bem como produz retratos sob encomenda. Sua única exposição em vida ocorre em 1937, ao lado do fotógrafo Aurélio Bellinbini. É pai de Benedito Lacorte Peretto, crítico de arte e responsável pela criação do Museu José Peretto.

Críticas

"Praticamente desconhecida fora de São Paulo a obra de José Peretto é singular porque não se situa nem entre as obras eruditas ligadas ao ´mainstream´ dos movimentos formais modernos nem entre as manifestações artísticas ingênuas. Algumas de suas pinturas apresentam semelhança com os singelos, estereotipados e anônimos cromos que adornavam as humildes residências brasileiras do interior. Nas decorações residenciais, utilizou o arsenal decorativo dos manuais de ornamentação do início do século, o que, pelo apuro técnico tentado, o descaracteriza como artista ingênuo, assim como não podemos classificá-lo como tal pela grande variedade de temas que exercitou (incluindo pinturas históricas e documentais), o que torna bem clara sua vinculação com a pintura erudita, embora seu trabalho apresente anacronismos de um artista que fixou-se em determinada concepção figurativa".
Pedro Martins Caldas Xexéo
JOSÉ Peretto: vida e obra. Apresentação de Pedro Martins Caldas Xexéo. Texto de Luiz Gonzaga Piratininga Júnior. Rio de Janeiro: MNBA, 1983.

"(...) Peretto compôs notáveis paisagens e com um vigoroso domínio de cores, luz e profundidade. A linha de suas águas parece traduzir serenidade e nada tem do símbolo trágico que cercou seu destino. Há nele como paisagista, a nítida influência dos artistas da ´escola de Barbizon´; proposição plástica que antecedeu a pintura impressionista. José Peretto é, pois, um acadêmico realista que ora tende para a pincelada quase impressionista ora para a composição ´naive´. Sem dúvida a natureza é o melhor domínio de sua expressão".
Luiz Gonzaga Piratininga Junior
JOSÉ Peretto: vida e obra. Apresentação de Pedro Martins Caldas Xexéo. Texto de Luiz Gonzaga Piratininga Júnior. Rio de Janeiro: MNBA, 1983.

Exposições Coletivas

1937 - José Peretto e Aurélio Bellinbini

Exposições Póstumas

1949 - 13º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos
1956 - 50 Anos da Paisagem Brasileira
1980 - São Paulo SP - Coletiva, no Masp
1983 - Rio de Janeiro RJ - Retrospectiva, no MNBA

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Johann Gutlich - Cangaceiro
Cangaceiro
Gal Oppido - Vestes
Vestes