Escritoriodearte.com > Artistas > Hélio Siqueira

Hélio Siqueira

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Hélio Siqueira (Ouro Fino MG 1950)

Pintor, desenhista, gravador, ceramista e professor.

Hélio Ademir Siqueira participa ativamente dos Festivais de Inverno de Ouro Preto, Minas Gerais, entre 1973 e 1979, onde tem oportunidade de estudar com os artistas Ado Malagoli (1906 - 1994), Aluísio Carvão (1920 - 2001), Jarbas Juarez (1936), Amilcar de Castro (1920 - 2002), Álvaro Apocalypse (1937 - 2003) e Yara Tupynambá (1932). Em 1986, cursa gravura em metal com Evandro Carlos Jardim (1935) e ingressa no programa de pós-graduação em Ação Cultural, ambos ministrados na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP. Em 1988, estuda gravura com Arnaldo Battaglini (1953) no Museu Lasar Segall, em São Paulo. Entre 1987 e 1990, atua como professor de artes plásticas na Universidade Federal de Uberlândia - UFU.

Críticas

"(...) De uma certa forma Siqueira recua da conquista fácil e diluída da Pop Art, para a raiz vigorosa e permanente do Cubismo. Deixa a aparência mágica das coisas, para tocar a magia permanente das estruturas. O processo analítico do Cubismo, e a referência da simultaneidade das teorias Futuristas, harmonizam-se no trabalho do pintor mineiro, que almeja, acima de tudo, uma sensação de ordem, uma diagramação feérica do mundo visto por todos os lados. E passo a pensar em dois outros pintores mineiros: Inimá e Loio Persio. Sinto que a familiaridade plástica os aproxima. Penso ainda em Juan Gris, como poderia pensar em Severini e Carrá, embora testemunha em Hélio Siqueira a vertigem da cor eminentemente tropical, e através da cor a identidade geográfica e temporal. Diferentemente das fases anteriores, em que o quadro experimentava uma sensação de projeto rigorosamente resolvido, a pintura de Hélio Siqueira, hoje, comunga daquele espírito de aventura que caracterizava a pesquisa obssessiva de Braque, e que é o sintoma vertebral de toda a especulação contemporânea".
Walmir Ayala
HÉLIO Ademir Siqueira: pinturas, desenhos, xilogravuras: 20 anos de vivência estética 1969-1989. Textos de José Alberto de Pinto Neves et al. Uberaba: Espaço Cultural Oficina, 1989.

Exposições Individuais

1973 - Uberaba MG - Individual, na Galeria de Arte da Prefeitura Municipal
1976 - Uberaba MG - Individual, na Galeria do Jockey Club
1978 - Uberaba MG - Individual, na Galeria do Jockey Club
1978 - Brasília DF - Individual, na Galeria de Arte da Aliança Francesa
1979 - Belo Horizonte MG - Individual, na Sala Corpo de Exposições
1979 - Uberlândia MG - Individual, no Departamento de Artes Plásticas da UFU
1980 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Sérgio Milliet
1982 - Uberaba MG - Individual, na Galeria Reis Júnior 
1983 - Uberaba MG - Individual, na Galeria Reis Júnior 
1983 - Porto Alegre RS - Individual, no Margs
1983 - Uberaba MG - Individual, na Galeria de Arte da Fundação Cultural
1983 - Brasília DF - Individual, na Galeria B da Fundação Cultural
1983 - Blumenau SC - Individual, na Galeria Açu-Açu
1985 - Uberlândia MG - Individual, no Departamento de Artes Plásticas da UFU
1985 - Uberaba MG - Hélio Siqueira, na Itaugaleria
1986 - Uberaba MG - Hélio Siqueira, na Itaugaleria
1986 - Brasília DF - Hélio Siqueira, na Itaugaleria
1987 - Uberaba MG - Individual, na Galeria de Arte da Fundação Cultural
1987 - Uberaba MG - Individual, na MD Galeria de Arte
1987 - Uberaba MG - Individual, no Espaço Cultural Oficina
1988 - Vitória ES - Individual, na Galeria Homero Massena
1989 - Uberaba MG - 20 Anos de Vivência Estética, na Fundação Cultural
1989 - Goiânia GO - 20 Anos de Vivência Estética, na Itaugaleria
1989 - Uberlândia MG - 20 Anos de Vivência Estética, na Escola de de Arte Casa de Idéias
1990 - Ribeirão Preto SP - Hélio Siqueira, na Itaugaleria
1991 - Viçosa MG - Hélio Siqueira, no Centro de Vivência da UFV
1994 - Uberaba MG - Território de Louvor e Glória: Cerâmicas de Hélio Siqueira, na Galeria da Fundação Cultural de Uberaba
1995 - Belo Horizonte MG - Hélio Siqueira, no Palácio das Artes
1997 - Uberlândia MG - Santas Loucuras: Cerâmicas de Hélio Siqueira, na Galeria Elizabeth N
1998 - Uberaba MG - Santas Loucuras: Cerâmicas de Hélio Siqueira, no Palácio das Artes

Exposições Coletivas

1971 - Uberaba MG - 2º Salão de Arte Jovem - prêmio pintura
1973 - Ouro Preto MG - 7º Salão de Inverno, na Casa dos Contos
1974 - Ouro Preto MG - 8º Salão de Inverno, na Casa dos Contos
1976 - Ouro Preto MG - 10º Salão de Inverno, na Casa dos Contos
1976 - Marília SP - 1º Salão de Artes Plásticas - prêmio de pintura
1978 - Brasília DF - Coletiva, na Galeria de Arte da Aliança Francesa
1978 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão Nacional de Artes Plásticas
1979 - Rio de Janeiro RJ - 2º Salão Nacional de Artes Plásticas
1978 - Piracicaba SP - 11º Salão de Arte Contemporânea
1978 - Ouro Preto MG - 12º Salão de Inverno, na Casa dos Contos
1979 - Ouro Preto MG - 13º Salão de Inverno, na Casa dos Contos - prêmio de pintura
1979 - Recife PE - 32º Salão de Arte de Pernambuco
1982 - Recife PE - 35º Salão de Arte de Pernambuco - prêmio pintura
1985 - Recife PE - 38º Salão de Arte de Pernambuco
1979 - Rio de Janeiro RJ - 2º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1979 - São Paulo SP - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil/Japão
1979 - Rio de Janeiro RJ - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil/Japão
1979 - Tóquio (Japão) - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil/Japão
1979 - Atami (Japão) - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil/Japão
1979 - Kyoto (Japão) - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil/Japão
1980 - Rio de Janeiro RJ - Salão da Associação Brasileira de Desenho - premiação
1981 - Belo Horizonte MG - 1ª Coletiva de Artistas Mineiros, no Palácio das Artes
1982 - Uberaba MG - Coletiva, na Galeria Reis Júnior
1982 - Curitiba PR - 39º Salão Paranaense
1985 - Uberaba MG - Artistas Uberabenses, na Itaugaleria
1985 - Campinas SP - 12º Salão de Arte Contemporânea - prêmio de pintura
1988 - Curitiba PR - 8ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba, na Casa da Gravura Solar do Barão
1988 - Piracicaba SP - 21º Salão de Arte Contemporânea - Prêmio Prefeitura Municipal
1990 - Curitiba PR - 9ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba, no Museu da Gravura
1990 - Uberaba MG - Três Artistas Plásticos, na Galeria da Fundação Cultural de Uberaba
1991 - Curitiba PR - Mostra de Desenho Brasileiro, no Museu de Arte Contemporânea do Paraná
1991 - Santos SP - 3ª Bienal Nacional de Santos, no Centro Cultural Patrícia Galvão
1991 - Brasília DF - Prêmio Brasília de Artes Plásticas 1991/XII Salão Nacional de Artes Plásticas, no Museu de Arte de Brasília
1992 - Belém PA - 11º Salão Arte Pará, na Fundação Romulo Maiorana
1992 - Belo Horizonte MG - Utopias Contemporâneas, na Fundação Palácio das Artes
1992 - São Paulo SP - Minas/Minas, no MAC/USP.
1992 - Rio de Janeiro RJ - Prêmio Brasília de Artes Plásticas 1991/XII Salão Nacional de Artes Plásticas, na Fundação Nacional de Arte. Centro de Artes
1992 - Belo Hotizonte MG - Minas/Minas, no Centro Cultural da UFMG
1992 - Uberaba MG - Minas/Minas, na Galeria de Arte Fundação Cultural de Uberaba
1993 - Santos SP - 4ª Bienal Nacional de Santos: Artes Visuais, no Centro Cultural Patrícia Galvão
1994 - São Paulo SP - América, no Masp
1994 - Juiz de Fora MG - América, no Universidade Federal de Juiz de Fora. Reitoria
1995 - Florianópolis SC - 3º Salão Victor Meirelles, no Masc
1995 - Belo Horizonte MG - Territórios, no Espaço Cultural Cemig
1995 - Santos SP - 5ª Bienal Nacional de Santos, na Prefeitura Municipal
1996 - Belo Horizonte MG - Improviso para Guignard, no Espaço Cultural Bamerindus Seguros

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Ramón Cáceres - Sem Título
Sem Título
Amilcar de Castro - Sem Titulo (p88)
Sem Titulo (p88)
Claudio Tozzi - Zípper
Zípper