Escritoriodearte.com > Artistas > Gerti Schmetterling

Gerti Schmetterling

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Gerti Schmetterling (Viena, Áustria 1930)

Gravadora, desenhista, artista multimídia.

Deixa o país de origem em 1939 e muda-se com sua família para Bolívia. Casa-se em 1950 e passa a assinar Gerty Saruê. Em 1953, fixa residência em São Paulo. Estuda história da arte e estética com o crítico de arte Anatol Rosenfeld (1912-1973) e pintura com a artista Yolanda Mohaly (1909-1978) e com o artista Henrique Boese (1897-1982). Em 1964, realiza sua primeira exposição individual na Galeria Convívio, em São Paulo. No ano seguinte, participa com desenhos do 1º Salão Paulista de Arte Moderna de São Paulo e do 14º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia. Na década de 1970, além de serigrafias, monotipias e obras xerográficas, realiza obras coletivas de caráter ambiental em parceria com o artista Antonio Lizarraga (1924-2009), como os trabalhos Alternativa Urbana, para a Pré-Bienal Nacional Plástica de 1972, e Metrópole, para a 12ª Bienal de São Paulo, de 1973. A artista participa de diversas mostras coletivas nacionais, como a 8ª (1965), 9ª (1967) e 10ª (1969) edições da Bienal Internacional de São Paulo e os Panoramas de Arte Atual Brasileira do Museu de Arte Moderna (MAM) de 1975, 1977 e 1980. Em 2010, é publicado o livro Gerty Saruê, pela Editora da Universidade de São Paulo (Edusp). 

Comentário Crítico

Gerty Saruê não se prende a suportes ou a técnicas, mas é possível reconhecer a colagem como ponto central de seu pensamento, e o desenho como um modo particular de raciocínio gráfico. A coerência de sua obra, no entanto, se encontra na escolha dos signos que a artista manipula, mescla e ressignifica. A experiência da cidade moderna é o que a define como artista e a motiva a selecionar para os seus trabalhos símbolos tecnológicos, como plantas arquitetônicas, projetos de engenharia, planilhas de sistemas científicos etc, subvertendo sua lógica de comunicação convencional e transformando-os em estética. Em todos os seus trabalhos, foge da simetria e busca o equilíbrio de texturas, a delicadeza da linha e a modulação das superfícies. Entre 1969 e 1970, desenvolve monotipias utilizando letras, que, segundo o crítico de arte Rodrigo Naves¹, se tornam os elementos por excelência da sua busca por novos sentidos, já que esses signos só obtém significado quando postos em contexto. Essa descoberta seria levada às últimas consequências nas cópias eletrostáticas e impressões off-set que a artista realiza em 1984. Gerty Saruê, diferentemente do artista alemão Kurt Schwitters (1887-1948) - importante influência para ela -, acredita² que não cabe à arte reconstruir uma nova ordem baseada em detritos, e sim desconstruir a aparência de normalidade daquilo que nos cerca.

Notas
¹ Ver a quarta capa do livro PALHARES, Taisa; HONÓRIO, Thiago (org.). Gerty Saruê. São Paulo: Edusp, 2010.
² PALHARES, Taisa. Subversão expressiva: a trajetória artística de Gerty Saruê. In: PALHARES, Taisa. & HONÓRIO, Thiago (org.). Gerty Saruê. São Paulo: Edusp, 2010, p. 9-10.

Exposições Coletivas

1965 - São Paulo SP - 14º Salão Paulista de Arte Moderna, Galeria Prestes Maia
1969 - São Paulo SP - Exposição da Galeria Alberto Bonfiglioli, Galeria Alberto Bonfiglioli
1970 - São Paulo SP - Pré-Bienal de São Paulo, Fundação Bienal
1971 - Belo Horizonte MG - 3º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Belo Horizonte, Museu de Arte da Pampulha
1971 - Campinas SP - 7º Salão de Arte Contemporânea de Campinas
1972 - São Paulo SP - Mostra de Arte Sesquicentenário da Independência e Brasil Plástica - 72, Fundação Bienal
1972 - Santo André SP - 5º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, Paço Municipal
1973 - São Paulo SP - 12ª Bienal Internacional de São Paulo, Fundação Bienal
1975 - São Paulo SP - Antonio Lizarraga e Gerty Saruê, Gabinete de Artes Gráficas
1976 - São Paulo SP - 10ª Arte e Pensamento Ecológico, Viaduto Jacareí 
1977 - São Paulo SP - 9º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1980 - São Paulo SP - 12º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1980 - São Paulo SP - Xerografias, Pinacoteca do Estado
1980 - Caxias do Sul RS - Xerografias, Fundação Universidade Caxias do Sul 
1980 - João Pessoa PB - Xerografias, Núcleo de Arte Contemporânea
1980 - Joinville SC - Xerografias, Museu de Arte de Joinville
1980 - Piracicaba SP - Xerografias, Casa de Cultura de Piracicaba
1980 - Porto Alegre RS - Xerografias, Espaço N.O. Centro Alternativo de Cultura
1983 - Ribeirão Preto SP - Xerografia: amostragem brasileira, Galeria Campus
1984 - São Paulo SP - Arte Xerox Brasil, Pinacoteca do Estado
1984 - Curitiba PR - 6ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba
1985 - São Paulo SP - Tendências do Livro de Artista no Brasil, Centro Cultural São Paulo
1985 - Niterói RJ - Tendências do Livro de Artista no Brasil - Arte Brasileira Atual: 1985, Galeria de Arte UFF
1985 - Penápolis SP - 6º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1988 - São Paulo SP - 1ª Mostra Internacional de Poesia Visual de São Paulo, Centro Cultural São Paulo
1993 - São Paulo SP - Sergio Sister e Gerty Saruê, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
1994 - São Paulo SP - Bandeiras: 60 artistas homenageiam os 60 anos da USP, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
1994 - Brasília DF - Cidade Imaginada-Imagined City, Fundação Athos Bulcão
1995 - São Paulo SP - Projeto Babel, Serviço Social do Comércio
1995 - São Paulo SP - Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas, Centro Cultural São Paulo - artista convidada
1995 - Belo Horizonte MG - Projeto Babel, Praça da Liberdade. 
1996 - São Paulo SP - Bandeiras, Galeria de Arte do Sesi
1996 - São Paulo SP - Ex Libris/Home Page, Paço das Artes
1996 - São Paulo SP - Mulheres Artistas no Acervo do MAC, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
1996 - São Paulo SP - 4º Studio Unesp Sesc Senai de Tecnologias de Imagens, Serviço Social do Comércio
1997 - São Paulo SP - Monumento a Ramos de Azevedo: do concurso ao exílio, Pinacoteca do Estado
2004 - São Paulo SP - Gabinete de Papel, Centro Cultural São Paulo
2006 - São Paulo SP - A Cidade para a Cidade, Galeria Olido
2007 - São Paulo SP - Recortar e Colar | Ctrl_C Ctrl_V, Sesc Pompéia
2009 - São Paulo SP - Mestres da Gravura. Matrizes e Gravuras da Biblioteca José e Guita Mindlin, Espaço Cultural BM&FBovespa
2011 - São Paulo SP - 748.600, Paço das Artes

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Gilberto Salvador - Dois Azuis Apaixonantes
Dois Azuis Apaixonantes
Tunga - Sem Título
Sem Título
Alex Vallauri - Coelho Pilotando Helicóptero e Gato
Coelho Pilotando Helicóptero e Gato