Escritoriodearte.com > Artistas > Ernestina Karman

Ernestina Karman

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Ernestina Karman (Santos SP 1915 - São Paulo SP 2004)

Desenhista, pintora, gravadora, escultora, ceramista, crítica de arte, jornalista, professora de pintura e de história da arte.

Estuda desenho com Lucilia Fraga (1895-1979), entre 1930 e 1933, e forma-se em psicologia e pedagogia, em 1934. De 1946 a 1954 reside em Campo Grande, no Mato Grosso (atual Mato Grosso do Sul), onde torna-se funcionária pública e estabelece o primeiro ambulatório da cidade. Em São Paulo, realiza uma série de estudos: pintura com Colette Pujol (1913-1999), de 1954 a 1956; história da arte, com Wolfgang Pfeiffer (1912- 2003) no Museu de Arte Moderna de São Paulo, MAM/SP, de 1954 a 1962; no Atelier-Abstração, com Samson Flexor (1907-1971), de 1955 a 1957; no Museu de Arte de São Paulo, Masp, de 1955 a 1959; xilogravura com Maria Bonomi (1935) e gravura em metal com Lívio Abramo (1903-1992), em 1960. Nos anos 70, escreve para o jornal Folha da Tarde, de 1976 a 1978; é eleita presidente da Associação Paulista de Críticos de Arte, APCA, e vice-presidente da Fundação Bienal de São Paulo; leciona Arte Brasileira no Paço das Artes; recebe o prêmio de melhor crítica de arte, junto com Jacob Klintowitz (1941). Na década de 80, atua como membro do Conselho de Arte da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, 1980, da Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo, 1982, e do Conselho Brasileiro de Projetos de Arte, 1985.

Críticas

"(...) Pertence àquele grupo de artistas que se dedicam principalmente à pesquisa de novos materiais plásticos. Durante anos ela ficou experimentando com o asfalto. (...) O asfalto transformado em tinta pictórica revela uma consistência plástica e um brilho que lembram esmalte. Um novo tipo de relevo pictórico foi o resultado desta árdua pesquisa que durou anos e que resultou neste novo tipo de matéria luxuriosa, densa e expressiva".
Theon Spanudis
PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.

Exposições Individuais

1962 - Belo Horizonte MG - Individual, no Museu de Arte de Belo Horizonte
1963 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Selearte
1964 - São Paulo SP - Individual, na Casa do Artista Plástico
1965 - Santos SP - Individual, no Instituto Histórico e Geográfico
1968 - São Paulo SP - Individual, na Galeria KLM
1969 - Campinas SP - Individual, na Galeria Coreto do Conservatório Musical Carlos Gomes
1974 - Campinas SP - Individual, na Galeria Girassol
1982 - São Paulo SP - Individual, no Ateliê da Artista

Exposições Coletivas

1950 - Campo Grande MT - Coletiva com Grêmio dos Amadores de Pintura de Campo Grande
1952 - Campo Grande MT - Coletiva com Grêmio dos Amadores de Pintura de Campo Grande
1955 - São Paulo SP - Coletiva com o Grupo Abstração nº1, no Salão Pandiá Calógeras
1956 - Salvador BA - 4º Salão Baiano de Belas Artes
1956 - São José do Rio Pardo SP - Coletiva com Grupo Letras e Artes de São Paulo
1956 - São Paulo SP  - Coletiva com Grupo Letras e Artes de São Paulo
1956 - São Paulo SP - 5º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1956 - São Paulo SP - Coletiva com o Grupo Abstração nº1, no MAM/SP
1957 - Bauru SP - Coletiva com Grupo Letras e Artes de São Paulo
1957 - Rio de Janeiro RJ - 6º Salão Nacional de Arte Moderna
1957 - São Paulo SP - 6º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1958 - Porto Alegre RS - 1º Salão Pan-Americano de Artes
1958 - Santos SP - 6º Salão Oficial de Artes
1958 - São Paulo SP - 4ª Coletiva do Grupo Guanabara
1958 - São Paulo SP - 7º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1959 - São Paulo SP - 5ª Coletiva do Grupo Guanabara
1959 - São Paulo SP - 8º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1960 - São Paulo SP - 9º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1960 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria de Arte das Folhas
1960 - São Paulo SP - Contribuição da Mulher às Artes Plásticas no País, no MAM/SP
1960 - São Paulo SP - Prêmio Probel
1960 - São Paulo SP -  Prêmio Leirner, na Galeria de Arte das Folhas
1961 - São Bernardo do Campo SP - 4º Salão da Associação São Bernardense
1961 - São Paulo SP - 10º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - medalha de bronze em pintura
1961 - São Paulo SP - 10º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1961 - São Paulo SP - Contribuição da Mulher às Artes Plásticas do País, no MAM/SP
1961 - São Paulo SP - Prêmio Leirner, na Galeria de Arte das Folhas
1962 - Belo Horizonte MG - 17º Salão Municipal de Belas Artes
1962 - Belo Horizonte MG - Coletiva  Paulista no Museu da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte
1962 - Curitiba PR - 19º Salão Paranaense de Belas Artes
1962 - Santo André SP - Salão de Santo André - grande medalha de prata em pintura
1962 - São Bernardo do Campo SP - 5º Salão da Associação São Bernardense
1962 - São Paulo SP - 11º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - medalha de bronze em escultura
1962 - São Paulo SP - 1º Salão do Trabalho - grande prêmio Visconde de Cairu
1963 - Belo Horizonte MG - 18º Salão Municipal de Belas Artes
1963 - São Paulo SP - 12º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1963 - São Paulo SP - 2º Salão do Trabalho - prêmio aquisição
1963 - São Paulo SP - 7ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1964 - Belo Horizonte MG -  19º Salão Municipal de Belas Artes
1964 - Curitiba PR - 21º Salão Paranaense de Belas Artes
1964 - São Paulo SP - 13º Salão Paulista de Arte Moderna
1965 - Campinas SP - 1º Salão de Arte Contemporânea - menção honrosa
1965 - São Bernardo do Campo SP - 1ª Feira Industrial de São Bernardo
1965 - São Caetano do Sul  SP - Salão da Associação Cultural e Artística de São Caetano do Sul - mérito artístico em desenho
1965 - São Paulo SP - 14º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - pequena medalha de prata em pintura
1965 - São Paulo SP - 8ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1965 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Direta
1966 - Barretos SP - Salão de Artes Plásticas do Grêmio Literário e Recreativo de Barretos e da Fundação Educacional de Barretos - medalha de ouro em pintura
1966 - São Bernardo do Campo SP - 8º Salão de São Bernardo do Campo - medalha de ouro em pintura
1966 - São Paulo SP - 15º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1967 - Campinas SP - 2º Salão de Arte Contemporânea
1967 - São Paulo SP - 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1967 - São Paulo SP - Coletiva da Galeria Espaço
1968 - Santo André SP - 1º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal
1968 - São Caetano do Sul SP - 2º Salão de Arte Contemporânea de São Caetano do Sul - prêmio aquisição
1968 - São Paulo SP - 17º Salão Paulista de Arte Moderna
1969 - Campinas SP - 5º Salão de Arte Contemporânea 
1969 - Campinas SP - Coletiva com suas alunas, Galeria Coreto do Conservatório Musical Carlos Gomes
1969 - São Paulo SP - Coletiva, Galeria Comodoro
1970 - Santo André SP - 3º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal - prêmio aquisição em pintura
1970 - São Paulo SP - 1º Salão de Arte Contemporânea
1970 - São Paulo SP - Coletiva com 24 alunos, no Club Atlhetico Paulistano
1970 - São Paulo SP - Pré-Bienal de São Paulo, na Fundação Bienal
1971 - Atibaia SP - 4º Encontro de Artes Plásticas
1971 - São Paulo SP - Coletiva no Núcleo de Gravadores de São Paulo, na Biblioteca Presidente Kennedy
1972 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva do Núcleo dos Gravadores de São Paulo, no MAM/RJ
1972 - Santos SP - 1ª Bienal de Arte Plásticas de Santos
1972 - São Paulo SP - 2ª Exposição Internacional de Gravura, no MAM/SP
1972 - São Paulo SP - Coletiva com o Núcleo dos Gravadores de São Paulo, na Sociedade Hípica de São Paulo
1972 - São Paulo SP - Coletiva com o Núcleo dos Gravadores de São Paulo, no Club dos Artistas Plásticos
1972 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria Bonfiglioli
1974 - Lion (França) - Art Contemporain International - 28º Grand Prix d'Arts Plastiques, Decoratifs et Graphiques
1974 - Mônaco - Exposição da International Arts Guild
1975 - São Paulo SP - 1ª Exposição de Artes Plásticas em São Paulo dos Associados da International Arts Guild de Mônaco
1989 - São Paulo SP - 20ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Pedro Alexandrino - Composição com tacho, frutas e chaleira verde
Composição com tacho, frutas e chaleira verde
Rodrigo Bivar - O Vizinho
O Vizinho
León Ferrari - Sem Título
Sem Título
Tunga - Sem Título
Sem Título