Escritoriodearte.com > Artistas > Edouard Fraipont

Edouard Fraipont

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Edouard Fraipont (São Paulo SP 1972)

Fotógrafo.

Edouard Jean Guillaume Fraipont estuda fotografia na Escola Focus entre 1991 e 1992. A partir de 1992, assume atividades profissionais como fotógrafo free-lancer. No período de 1996 a 1999, freqüenta cursos de arte contemporânea e fotografia artística na Oficina de Arte, em São Paulo. Entre 1996 e 1998, trabalha como fotógrafo de curtas-metragens universitários em 16mm e 35 mm. Gradua-se em cinema pela Fundação Armando Álvares Penteado - Faap, em 1998. No ano seguinte, realiza mostra individual na galeria Casa Triângulo, em São Paulo. Inicia, em 1999, uma série de fotografias em que realiza manipulações técnicas para criar imagens fantásticas e, assim, questionar a fotografia como prova incontestável do real.

Críticas

"Todas as fotos são contudo figurativas. Embora certas fotos sejam compostas por campos de cor ou abandonem a precisão de contornos, não se trata aqui de uma aproximação com a abstração. Mas o que é então figurado?
As obras expostas retratam mundo fictícios, surgidos a partir de operações técnicas recorrentes em cada artista. A exploração sistemática dos conjuntos de imagens gerados por tais técnicas cria relações espaciais e personagens característicos que compõem os diversos mundos figurados: homens esfumaçados, paisagens em volume que se confundem com paisagens desenhadas, texturas de corpos indeterminados".
Eduardo Brandão e Felipe Chaimovich
Convite da exposição "Fora de Registro", no Museu de Arte Brasileira, em 1997.

"Edouard Fraipont fabrica, com suas imagens fotográficas, um lugar almejado entre a vida e a morte. Nele, voar, levitar, superar a solidão e o isolamento ressoam como uma promessa libertária. Por meio de alguns recursos essencialmente fotográficos, o artista redimensiona sua imagem, produzindo cores imateriais, promovendo diluições em todo e qualquer limite entre si mesmo e o espaço. Tais efeitos falam de um movimento motivado pelo desejo de superar o banalizado e o imediato, com vista a um lugar de neutralidade, menos permeável aos densos condicionamentos impostos pelo mundo externo".
Marcos Hill
TEMPO, corpo, corpo, meio. Apresentação Ricardo Ribenboim; curadoria Angélica de Moraes, Vitória Daniela Bousso, Fernando Cocchiarale; texto Marcos Hill. São Paulo : Itaú Cultural, 2000. 16 p. il. color. (Rumos Visuais).

Exposições Individuais

1999 - São Paulo SP - Individual, na Casa Triângulo
1999 - São Paulo SP - Temporada de Projetos Paço das Artes, no Paço das Artes
2004 - São Paulo SP - 1, na Galeria Vermelho
2006 - São Paulo SP - Um Indeterminado, no Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB

Exposições Coletivas

1997 - São Paulo SP - Fora de Registro, no MAB/Faap
1998 - Belo Horizonte MG - Horizonte Reflexivo, no Centro Cultural da Light
1998 - Campinas SP - Medidas de Si, no Itaú Cultural
1998 - Florianópolis SC - 6º Salão Nacional Victor Meirelles, no Masc
1998 - Rio de Janeiro RJ - Horizonte Reflexivo, no Centro Cultural Light
1998 - São Paulo SP - 3º Projeto Abra/Coca-Cola de Arte Atual, no CCSP
1998 - São Paulo SP - Medidas de Si, no MAM/SP
1998 - São Paulo SP - Ponto Cego, no MIS/SP
1999 - Florianópolis SC - 6º Salão Nacional Victor Meirelles, no Masc
1999 - Ribeirão Preto SP - Albano Afonso, Amilcar Packer, Edouard Fraipont, Jarbas Lopes, Paulo Whitaker, Pazé, Rosana Monnerat, Sandra Cinto, Sérgio Romagnolo e Vânia Mignone, no Museu de Arte de Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi
1999 - São Paulo SP - 26º Panorama de Arte Brasileira, no MAM/SP
1999 - São Paulo SP - Sob Medida: a figura na fotografia contemporânea, no Espaço Porto Seguro de Fotografia
2000 - Belo Horizonte MG - Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Tempo, Corpo, Corpo, Meio, no Itaú Cultural
2000 - Brasília DF - Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Tempo, Corpo, Corpo, Meio, na Galeria Itaú Cultural
2000 - Campinas SP - Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Tempo, Corpo, Corpo, Meio, no Itaú Cultural
2000 - Fortaleza CE - 26º Panorama de Arte Brasileira, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
2000 - Londrina PR - 6ª Semana de Arte de Londrina. Possíveis imagens: fotografia contemporânea, na Universidade Estadual de Londrina
2000 - Londrina PR - Memória do Corpo, na UEL
2000 - Niterói RJ - 26º Panorama de Arte Brasileira, no MAC/Niterói
2000 - Recife PE - Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Deslocamentos, na Fundação Joaquim Nabuco - Memorial Joaquim Nabuco e Galerias Massangana e Baobá
2000 - São Paulo SP - Fim de Milênio: os anos 90 no MAM, no MAM/SP
2000 - São Paulo SP - Investigações. Rumos Visuais 1, no Itaú Cultural
2000 - São Paulo SP - Zoom Fotografia Contemporânea, no MACC
2001 - Fortaleza CE - Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Deslocamentos, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
2001 - Salvador BA - 8º Salão da Bahia, no MAM/BA
2001 - São Paulo SP - 10ª Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Masp
2001 - São Paulo SP - Auto-Retrato o Espelho do Artista, na Galeria de Arte do Sesi
2002 - São Paulo SP - Fotografias no Acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo, no MAM/SP
2003 - São Paulo SP - A Subversão dos Meios, no Itaú Cultural
2005 - São Paulo SP - O Corpo na Arte Contemporânea Brasileira, no Itaú Cultural
2005 - São Paulo SP - O Retrato como Imagem do Mundo, no MAM/SP
2005 - São Paulo SP - Viés, na Galeria Vermelho
2005 - Salvador BA - Salão da Bahia, no Museu de Arte da Bahia
2006 - São Paulo SP - Geração da Virada 10+1: os anos recentes da arte brasileira, no Instituto Tomie Ohtake
2007 - São Paulo SP - Circuito de Fotografia, no Shopping Iguatemi

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Niobe Xandó - Sem Título
Sem Título
Di Cavalcanti - Auto-Retrato
Auto-Retrato
Elena Nikitina - Cello Crescente
Cello Crescente