Escritoriodearte.com > Artistas > Décio Soncini

Décio Soncini

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Décio Soncini (São Paulo SP 1953)

Pintor.

Forma-se nos cursos de Licenciatura em desenho e plástica e de bacharelado em gravura pela Faculdade de Belas-Artes de São Paulo. Participa, a partir de 1972, de diversas exposições individuais e coletivas. Expõe, em 1972, no 4º Salão Paulista de Arte Contemporânea. Participa do 2º Salão Nacional de Artes Plásticas, em 1979, no MAM/RJ e das 1ª e 2ª edições do Salão Paulista de Artes Plásticas e Visuais em 1980 e 1981. Em 1982 e 1984 expõe no 1º e no 2º Salão Paulista de Arte Contemporânea. Em 1998, realiza a mostra individual O Olhar Circunvagante, no Shopping Center Jardim Sul.

Críticas

"Além do novo suporte e da ausência do grafite, a obra atual de Soncini é invadida por todas as cores da escala cromática. Seu trabalho perde o sentido de obra gráfica, transformando-se em pintura de primeira qualidade. Uma pintura às vezes de tons escuros, sutis, em que cada detalhe é importante e outras profusamente coloridas. O tema permanece o mesmo. O homem é uma presença quase obsessiva em sua obra. As figuras humanas - a maioria das quais feminina - aparecem quase sempre de costas, isoladas, com uma torção de cabeça. Os detalhes são sacrificados em benefício do todo. Os rostos são apenas esboçados, pois Soncini não pinta um homem, mas o homem. Às vezes aparecem casais. Nestes trabalhos, denominados ´Evoluções´, o jogo amoroso é ambíguo e o erotismo inexistente. Em casos raros aparece um cachorro, de expressão lancinante. Em suas pinturas a relação do homem com o ambiente tem muito de insólito, como a figura de um homem lavando as mãos diante de um espelho que não reflete as imagens: um espelho negro. Soncini trabalha frequentemente no campo do absurdo, do inexplicável, do antagônico. Mas não temos dúvida que sua arte - de uma plasticidade requintada - reivindica exatamente o contrário: a harmonia, a solidariedade, a aproximação".
Enock Sacramento
DÉCIO Soncini. Apresentação de Enock Sacramento. São Paulo: Galeria Paulo Prado, 1985.

Exposições Individuais

1982 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Paulo Prado
1983 - São Carlos SP - Individual, na Itaugaleria
1985 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Paulo Prado

Exposições Coletivas

1974 - Santo André SP - 7º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal
1975 - Caracas (Venezuela) - Novos e Novíssimos Gravadores Brasileiros
1975 - Cidade do México (México) - Novos e Novíssimos Gravadores Brasileiros
1975 - San Salvador (El Savador) - Novos e Novíssimos Gravadores Brasileiros
1975 - Santo André SP - 8º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal
1975 - São José (Costa Rica) - Novos e Novíssimos Gravadores Brasileiros
1975 - São Paulo SP - Novos e Novíssimos Gravadores Brasileiros, no MAC/USP
1976 - Santo André SP - 9º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal
1978 - Santo André SP - 1º Salão Jovem de Arte Contemporânea de Santo André
1979 - Rio de Janeiro RJ - 2º Salão Nacional de Artes Plásticas
1979 - São José dos Campos SP - Salão de Arte Contemporânea - prêmio aquisição
1980 - Santo André SP - 2º Salão Jovem de Arte Contemporânea de Santo André - prêmio aquisição
1980 - Santos SP - 7º Salão do Artista Jovem de Santos
1980 - São Paulo SP - 1º Salão Paulista de Artes Plásticas e Visuais - prêmio aquisição
1981 - Ribeirão Preto SP - 6º Salão de Arte de Ribeirão Preto, na Casa da Cultura de Ribeirão Preto
1981 - Santos SP - 8º Salão do Artista Jovem de Santos - prêmio aquisição
1981 - São Paulo SP - 2º Salão Paulista de Artes Plásticas e Visuais, no Paço das Artes
1981 - São Paulo SP - Expressões, no Paço das Artes
1982 - Franca SP - 6º Salão de Artes Plásticas de Franca
1982 - Franca SP - 7º Salão de Artes Plásticas de Franca - prêmio aquisição
1982 - Rio Claro SP - 2º Salão de Artes Visuais de Rio Claro - prêmio aquisição
1982 - Santo André SP - 10º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal
1982 - São Paulo SP - 1º Salão Paulista de Arte Contemporânea
1984 - São Paulo SP - 2º Salão Paulista de Arte Contemporânea, no MIS/SP
1986 - São Paulo SP - 1ª Seleção Helena Rubinstein de Arte Jovem, no Masp
1987 - Caraguatatuba SP - Arte Litoral Norte: 9 artistas contemporâneos, no Espaço Setur
1987 - São Paulo SP - Aderbal Moura, Alberto Lefèvre, Décio Soncini, Juarez Magno, Martins de Porangaba, no Arte Clube
1989 - São Paulo SP - Coletiva, no MAM/SP
1991 - Santos SP - 3ª Bienal Nacional de Santos, no Centro Cultural Patrícia Galvão
1993 - Santos SP - 4ª Bienal Nacional de Santos, no Centro Cultural Patrícia Galvão

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

León Ferrari - Raios/Traços
Raios/Traços
Thomaz Ianelli - Sem Título
Sem Título
Candido Portinari - Drusos Galiléia
Drusos Galiléia