Escritoriodearte.com > Artistas > Claudia Andujar

Claudia Andujar

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Claudia Andujar (Neuchâtel, Suíça 1931)

Fotógrafa.

Vive na Hungria e depois nos Estados Unidos. Transfere-se para São Paulo em 1957. Dedica-se à fotografia e trabalha para publicações nacionais e internacionais, como as revistas Realidade, Claudia e Life. Também leciona fotografia em vários cursos, entre eles o do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp. Na década de 1970, compõe a equipe de fotógrafos da Realidade e realiza ampla reportagem sobre a Amazônia. Nessa época, recebe uma bolsa da instituição norte-americana Fundação Guggenheim e, posteriormente, uma outra da Fundação de Auxílio à Pesquisa do Estado de São Paulo - Fapesp para estudar os índios yanomami. As tradições e o modo de vida dos yanomamis têm sido, desde então, o tema central de sua atividade. Participa, entre 1978 e 1992, da Comissão pela Criação do Parque Yanomami, e coordena a campanha pela demarcação das terras indígenas. Entre 1993 e 1998, atua no Programa Institucional da Comissão Pró-Yanomami. Publica os livros Amazônia, em parceria com George Leary Love (1937 - 1995), pela editora Praxis, em 1978; Mitopoemas Yanomami, pela Olivetti do Brasil, em 1979; Missa da Terra sem Males, pela editora Tempo e Presença, em 1982; e Yanomami: A Casa, a Floresta, o Invisível, pela editora DBA, em 1998, entre outros. Em 2005, é lançado o livro A Vulnerabilidade do Ser, pela editora Cosac & Naify.

Comentário Crítico

Na década de 1970, Claudia Andujar recebe uma bolsa da Fundação Guggenhein, instituição norte-americana, e posteriormente outra da Fundação de Auxílio à Pesquisa do Estado de São Paulo - Fapesp, para estudar os índios yanomani, permanecendo entre eles durante cinco anos. A observação do modo de vida e das tradições yanomani tem sido o fio condutor de sua atividade como fotógrafa desde então.

Em obras expostas na 24ª Bienal Internacional de São Paulo, 1998, apresenta imagens de cor sépia, com grandes intervenções de luz. Atrai a atenção do espectador principalmente para os olhares e gestos dos índios. Os retratos são geralmente realizados contra fundo neutro, incidindo sobre eles a luz, como granulação dourada. Em outros trabalhos, integra em suas fotos a produção de imagens dos próprios yanomamis, como as pinturas rupestres. Publica livros e realiza um documentário acerca de suas pesquisas.

A fotógrafa participa, entre 1978 e 1992, da Comissão pela Criação do Parque Yanomami, coordenando a campanha pela demarcação das terras indígenas e lutando por seus direitos. Entre 1993 e 1998, atua ainda no Programa Institucional da Comissão Pró-Yanomami.

Críticas

"A fotografia surgiu em sua vida como uma necessidade de transmitir o que via num país tão complexo como o Brasil. Irrequieta, sempre procurou uma linguagem com potencialidade para atingir o social. ´Nasci na Suíça, mas fui criada na Hungria; em dúvida minha fotografia é marcada pelo meu passado, um passado de guerras, de minorias que estão sempre tentando afirmar-se no mundo. ´ Foi esse repertório que acabou definindo sua trajetória.

Há mais de vinte anos Claudia vem se dedicando à causa dos índios yanomami, mostrando sua cultura e denunciando seu genocídio".
Simonetta Persichetti
PERSICHETTI, Simonetta. Claudia Andujar revela a alma Ianomâmi. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 05/01/1998. Caderno 2, p. D3.

Depoimentos

"É através da imagem do outro que cheguei a me conhecer e cheguei a entender o amor que nutro pela vida; a angústia de poder penetrar e captar o ser no seu íntimo; uma imagem que acaba de se refletir em mim. "

"O corpo humano é para mim o objeto mais belo que existe. Por isso há anos sonhava realizar um ensaio fotográfico sobre as formas físicas da mulher. Para conseguir revelar sua essência. No mundo atual os homens têm menos consciência do próprio corpo. Essa consciência quando é clara e procurada aumenta misteriosamente a beleza e significado do corpo. Como se lhe atribuísse cores. Assim, sinto as mulheres azuis e os homens cinza. E o fascínio que pode exercer um corpo feminino em quem o observa e estuda vai além da sensualidade, tornando-se o objetivo perfeito para a criação artística".
Claudia Andujar
Revista de fotografia - ano 1 - nº 1 - junho 1971

Acervos

Coleção Pirelli/Masp de Fotografias - São Paulo SP
Eastman House - Rochester (Estados Unidos)
Museu de Arte - Houston (Estados Unidos)
Museu de Arte Amsterdã - Amsterdã (Holanda)
Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/USP - São Paulo SP
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp - São Paulo SP
Museum of Modern Art - MoMA - Nova York (Estados Unidos)

Exposições Individuais

1958 - Nova York (Estados Unidos) - Individual, na Limelight Gallery
1958 - Rochester (Estados Unidos) - Individual, na Eastman House
1989 - São Paulo SP - Genocídio Yanomami, Morte no Brasil, no Masp (instalação)
1991 - São Paulo SP - Yanomami, no Memorial da América Latina
1999 - Braga (Portugal) - Encontros da Imagem - Retrospectiva Yanomami do Acervo de Curitiba, no Mosteiro de Tibaês
2001 - São Paulo SP - Yanomami, na Memorial da América Latina. Galeria Marta Traba
2003 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no MNBA 
2004 - São Paulo SP - Individual, no Senac. CCA 
2005 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Vermelho 
2005 - São Paulo SP - Vulnerabilidade do Ser, na Pinacoteca do Estado

Exposições Coletivas

1955 - São Paulo SP - 4º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1960 - Nova York (Estados Unidos) - Coletiva, no MoMA
1972 - São Paulo SP - O Fotógrafo Desconhecido, no MAC/USP 
1981 - Zurique (Suíça) - Yanomami, Fotografie Lateinamerika von 1860 bis Heute, no Kunsthaus
1991 - São Paulo SP - 1ª Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Masp
1992 - Zurique (Suíça) - Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, no Kunsthaus Zürich
1994 - Texas (Estados Unidos) - Yanomami, no Fotofest
1995 - São Paulo SP - Contatos e Confrontos: o índio e o branco, no MIS/SP 
1996 - Bogotá (Colômbia) - Imagenes de Brasil. Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, na Casa do Brasil 
1996 - Buenos Aires (Argentina) - Imagenes de Brasil. Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Museo Nacional de Bellas Artes
1996 - Caracas (Venezuela) - Imagenes de Brasil. Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Museo de Arte Contemporáneo de Caracas Sofía Imber
1996 - Estados Unidos - The History of Women Photographers (itinerante)
1996 - São Paulo SP - Arte Brasileira: 50 anos de história no acervo MAC/USP: 1920-1970, no MAC/USP 
1997 - Herten (Alemanha) - Exílios Tropicais, a Descoberta de um País
1997 - Ohio (Estados Unidos) - A History of Women Photografers, no Akron Art Museum
1998 - São Paulo SP - 24ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1998 - São Paulo SP - 8ª Coleção Pirelli/Masp de Fotografias, no Masp
1998 - São Paulo SP - Amazônicas, no Itaú Cultural
1999 - Madri (Espanha) - Photo España 99, Festival Internacional de Fotografia, no Museo de la Ciudad
2000 - Curitiba PR - 12ª Mostra da Gravura de Curitiba. Marcas do Corpo, Dobras da Alma
2001 - São Paulo SP - Trajetória da Luz na Arte Brasileira, no Itaú Cultural
2002 - Rio de Janeiro RJ - Artefoto, no CCBB 
2002 - São Paulo SP - Fotografias no Acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo, no MAM/RJ 
2002 - São Paulo SP - Visões e Alumbramentos: fotografia contemporânea brasileira da coleção Joaquim Paiva, na Oca
2003 - Brasília DF - Artefoto, no CCBB 
2003 - São Paulo SP - Clube de Colecionadores de Fotografia do MAM, no MAM/SP 
2003 - São Paulo SP - MAC USP 40 Anos: interfaces contemporâneas, no MAC/USP 
2003 - São Paulo SP - Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no Instituto Tomie Ohtake
2004 - Rio de Janeiro RJ - 90 anos de Tomie Ohtake, no MNBA
2004 - Rio de Janeiro RJ - Novas Aquisições 2003: Coleção Gilberto Chateubriand, no MAM/RJ 
2004 - Rio de Janeiro RJ - Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no MNBA 
2004 - Rio de Janeiro RJ - Yanomami: o espírito da floresta, no CCBB
2004 - São Paulo SP - Brasileiro, Brasileiros, no Museu Afro-Brasil
2005 - Londres (Inglaterra) - Citizens, no Pitzhanger Manor Museum

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Emanoel Araújo - Sem Título
Sem Título
Carlos Scliar - Casario
Casario