Escritoriodearte.com > Artistas > César Lacanna

César Lacanna

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

César Lacanna (São Paulo SP 1901 - idem 1983)

Pintor, escultor, desenhista e ceramista.

Freqüenta o curso de Modelo Vivo da Sociedade Paulista de Belas Artes. Estuda na Escola Profissional Masculina, onde forma-se em pintura, em 1917, e em desenho Artístico, em 1920. Nos anos de 1923 e 1924, cursa pintura decorativa no Liceu de Artes e Ofícios, e estuda pintura e escultura com Giuseppe Barchitta, Quadrenk e Georg Fischer Elpons. Na década de 40, trabalha na oficina de azulejos Osirarte. Por problemas oftalmológicos, deixa de pintar em 1980.

Críticas

"Se algum resultado pode provar que o esforço é sempre bem recompensado, na obra PACIENTE E PERTINAZ de César Lacanna é que vamos encontrá-lo. Estamos com efeito diante de um artista não só estudioso e trabalhador mas ainda consciente de seu contínuo enriquecimento técnico. Por outro lado a preocupação de purificar a sensibilidade, de limpá-la por assim dizer, tem sido uma diretriz dominante em sua vida. Dos primeiros óleos trabalhados quase exclusivamente em claro-escuro aos últimos em que um colorido quente se impõe com segurança vai um longo caminho percorrido sem hesitações. Há em Lacanna grande amor pela obra de Daumier. Não se pode falar em influência, mas por certo se poderá lembrar de um paralelismo de tendências e talvez de intenções. Ainda falta ao paulista, para realizar um obra definitiva, a desenvoltura do desenho e, sobretudo, a coragem de atacar de frente o assunto. Entre os inúmeros artistas de valor, que vivem em São Paulo, César Lacanna, pela sua honestidade, pelo seu esforço, pela sua modéstia, parece fadado a alcançar os melhores resultados".
Sérgio Milliet, 1942-1943
CESAR Lacanna: pintura, escultura e cerâmica. Textos de Sergio Milliet, Luiz Martins, Osorio Cesar e Ibiapaba de Oliveira Martins. São Paulo: Atelier, 1968.

"César Lacanna (...) foi ligado ao Grupo Santa Helena, e alguns de seus membros devem-lhe seguramente parte do conhecimento técnico. Sua obra, pelo mais conservadora, apresenta fortes oscilações de qualidade e rumo. Mas Lacanna tornou-se um dos primeiros artistas no Brasil a abordar temas sociais com convicção. Declara este representante do proletarismo paulista: ´Em 1930 eu já me preocupava com a questão social, procurando o sofrimento ".
Walter Zanini
ZANINI, Walter, org. História geral da arte no Brasil. Apresentação de Walther Moreira Salles. São Paulo: Instituto Walther Moreira Salles, Fundação Djalma Guimarães, 1983.

Exposições Individuais

1944 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Itá
1968 - São Paulo SP - Individual, no Ateliê do artista - Lacanna : Pintura, Escultura e Cerâmica

Exposições Coletivas

1934 - São Paulo SP - 1º Salão Paulista de Belas Artes, na Rua 11 de Agosto
1935 - São Paulo SP - 2º Salão Paulista de Belas Artes
1935 - São Paulo SP - 3º Salão Paulista de Belas Artes
1939 - Porto Alegre RS - 1º Salão de Belas Artes do Rio Grande do Sul - menção honrosa
1939 - São Paulo SP - 6º Salão Paulista de Belas Artes
1940 - Porto Alegre RS - 2º Salão de Belas Artes do Rio Grande do Sul - medalha de bronze
1940 - São Paulo SP - 2º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos
1940 - São Paulo SP - 7º Salão Paulista de Belas Artes, no Salão de Arte Almeida Júnior da Prefeitura Municipal de São Paulo
1941 - São Paulo SP - 1º Salão de Artes da Feira Nacional de Indústrias
1942 - Rio de Janeiro RJ - Salão Nacional de Belas Artes - medalha de bronze
1942 - São Paulo SP - 7º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
1943 - São Paulo SP - 9º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - menção honrosa
1944 - Rio de Janeiro RJ - 50º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
1944 - São Paulo SP - 9º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
1947 - São Paulo SP - Bonadei, Di Cavalcanti, Noêmia Mourão, Lothar Charoux, Oswald de Andrade Filho, Lúcia Suané, Cesar Lacanna, Mario Zanini e Raphael Galvez, na Galeria Itapetininga
1949 - Salvador BA - 1º Salão Baiano de Belas Artes
1952 - São Paulo SP - 17º Salão Paulista de Belas Artes, nos Salões do Trianon
1954 - São Paulo SP - 3º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - pequena medalha de prata
1958 - Porto Alegre RS - 1º Salão Pan-Americano de Arte
1961 - São Paulo SP - 10º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - medalha de ouro
1965 - São Paulo SP - Salão Paulista de Belas Artes - grande medalha de prata
1970 - Santos SP - Salão de Belas Artes de Santos
1974 - Amparo SP - 1º Salão Municipal de Artes de Amparo - pequena medalha de prata
1976 - Amparo SP - 2º Salão Municipal de Artes de Amparo - grande medalha de prata
1976 - Santo André SP - 9º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal
1976 - Taubaté SP - 4º Salão de Artes Plásticas de Taubaté - honra ao mérito
1977 - Rio Claro SP - 3º Salão de Belas Artes de Rio Claro - grande medalha de prata
1977 - São Paulo SP - Salão Paulista de Belas Artes - 1º Prêmio Conselho Estadual de Cultura
1978 - Araras SP - 3º Salão Ararense de Artes Plásticas - pequena medalha de prata
1979 - Amparo SP - 4º Salão de Belas Artes de Amparo - pequena medalha de ouro
1979 - Barretos SP - 1º Salão Barretense de Arte - placa de ouro e Grande Prêmio do Sindicato Rural do Vale do Rio Grande
1979 - São Paulo SP - Salão Paulista de Belas Artes - pequena medalha de ouro
1980 - São Paulo SP - 44º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - pequena medalha de ouro

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Candido Portinari - Homens na Rede
Homens na Rede
Antonio Maluf - Sem Título
Sem Título
Candido Portinari - O Beijo de Judas
O Beijo de Judas