Escritoriodearte.com > Artistas > Célia Shalders

Célia Shalders

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Célia Shalders (Rio de Janeiro RJ 1934)

Pintora, gravadora, desenhista, artista gráfica.

Em 1965, integra o Ateliê Livre de Artes Plásticas na cidade do Rio de Janeiro, coordenado por Maria de Lourdes Novais (1923), com que estuda. É também aluna de Frank Schaeffer (1917), Ivan Serpa (1923 - 1973) e José Assunção de Souza (1924), entre 1965 e 1971. Em 1973 o crítico Antonio Bento apresenta na Bienal de Paris um audiovisual com trabalhos da artista, o que desperta o interesse da crítica européia e resulta em um convite para participar da Bienal de Biella, Itália em 1973 e em 1976. A partir da década de 1980, seus trabalhos em gravura cedem espaço à sua criação em pintura e na confecção de objetos.

Críticas

"(...) Gravadora a princípio, explorando tematicamente a angústia e a solidão humanas, através da figuração de homens enclausurados nos exíguos limites de caixas, e criando, a seguir, selos e notas fiduciários fantasiosos, de grande apuro formal, abraçou mais recentemente a pintura, realizando ainda em 1986 uma individual no Museu Nacional de Belas Artes - estandartes e grandes lenços desfraldados, sobre os quais pintara imagens e emblemas religiosos, acompanhados ou não de invocações e legendas piedosas, tudo de grande impacto visual e de um impressionante misticismo."
José Roberto Teixeira Leite
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro, Artlivre, 1988.

Exposições Individuais

1973 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Centro de Pesquisa Ivan Serpa
1975 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Vernissage
1977 - Rio de Janeiro RJ - Escapulários, na Galeria Trevo
1977 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria da Gravura Brasileira
1986 - Rio de Janeiro RJ - Célia Shalders: cartas e selos, desenhos e gravuras: década de 70, no Espaço Galeria de Arte
1986 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Museu Nacional de Belas Artes -MNBA
1987 - Brasília DF - Individual, na ECT Galeria de Arte
1988 - Rio de Janeiro RJ - Celia Shalders: pinturas e esculturas, na Klee Galeria de Arte
1990 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Orlando Bessa Galeria de Arte
1995 - Rio de Janeiro RJ - Escadas para o Céu, no MNBA
2003 - Rio de Janeiro RJ - Colméias, no MNBA

Exposições Coletivas

1966 - Belo Horizonte MG - 21º Salão de Belas Artes da Cidade de Belo Horizonte, no Museu de Arte da Pampulha
1966 - Brasília DF - 3º Salão de Arte Moderna do Distrito Federal
1966 - Campinas SP - 2º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea José Pancetti - prêmio Prefeitura Municipal
1966 - Curitiba PR - 23º Salão Paranaense de Belas Artes, na Biblioteca Pública do Paraná
1966 - Rio de Janeiro RJ - 15º Salão Nacional de Arte Moderna
1966 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, no Palácio da Cultura
1966 - Salvador BA - 1º Bienal Nacional de Artes Plásticas
1966 - São Paulo SP - 2ª Exposição da Jovem Gravura Nacional, no MAC/USP
1967 - Belo Horizonte MG - 22º Salão de Belas Artes da Cidade de Belo Horizonte, no Museu de Arte da Pampulha
1967 - Brasília DF - 4º Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, no Teatro Nacional Cláudio Santoro
1967 - Campinas SP - 3º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea José Pancetti - medalha de prata
1967 - Curitiba PR - 24º Salão Paranaense de Belas Artes, Biblioteca Pública do Paraná
1967 - México - Três Aspectos da Gravura Brasileira
1967 - Rio de Janeiro RJ - 16º Salão Nacional de Arte Moderna
1967 - Rio de Janeiro RJ - 2º Exposição da Jovem Gravura Nacional, no MAM/RJ
1967 - São Paulo SP - 16º Salão Paulista de Arte Moderna - medalha de bronze
1967 - São Paulo SP - 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1967 - Vitória ES - 3º Salão Nacional de Artes Plásticas do Espírito Santo
1968 - Campinas SP - 4º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea José Pancetti
1968 - Rio de Janeiro RJ - 17º Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ
1968 - Rio de Janeiro RJ - 2º Salão Esso de Artistas Jovens, no MAM/RJ
1968 - Rio de Janeiro RJ - O Artista Brasileiro e a Iconografia de Massa, na Escola Superior de Desenho Industrial - ESDI
1968 - Washington (Estados Unidos) - Brazilian Artists of Free Atelier of Plastic Arts, na Art Gallery of Brazilian American Cultural Institute
1970 - Rio de Janeiro RJ - 19º Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ
1971 - Rio de Janeiro RJ - 20º Salão Nacional de Arte Moderna
1972 - Belo Horizonte MG - 4º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Belo Horizonte, no Museu de Arte da Pampulha - prêmio aquisição
1972 - Campinas SP - 8º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea José Pancetti
1972 - Florianópolis SC - 1º Salão de Artes Plásticas de Santa Catarina
1972 - Rio de Janeiro RJ - 21º Salão Nacional de Arte Moderna, no Ministério da Educação e Cultura
1973 - Belo Horizonte MG - 5º Salão Nacional de Arte Contemporânea, no Museu de Arte da Pampulha - prêmio Prefeitura de Belo Horizonte
1973 - Biella (Itália) - Bienal de Biella
1973 - Lisboa (Portugal) - Arte Gráfica Brasileira de Hoje, na Fundação Calouste Gulbenkian
1973 - Madri (Espanha) - Arte Gráfica Brasileira de Hoje, no Museo de Bellas Artes
1973 - Paris (França) - Arte Gráfica Brasileira de Hoje, na Bibliothèque Nationale de France
1973 - Paris (França) - Arte Gráfica Brasileira de Hoje, no Musée Galliera
1973 - Paris (França) - Bienal de Paris (manifestação audiovisual)
1973 - Rio de Janeiro RJ - 22º Salão Nacional de Arte Moderna - isenção do júri
1973 - Viena (Áustria) - Arte Gráfica Brasileira de Hoje, no Albertina
1974 - Campinas SP - 9º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea José Pancetti
1974 - Rio de Janeiro RJ - 23º Salão Nacional de Arte Moderna - prêmio de viagem ao país
1974 - Rio de Janeiro RJ - Exposição Zodíaco, na Galeria Grupo B
1974 - São Paulo SP - Bienal Nacional 74, na Fundação Bienal
1974 - São Paulo SP - Mostra da Gravura Brasileira, na Fundação Bienal
1974 - Washington D. C. (Estados Unidos) - Contemporay Brazilian Prints, no Brazilian American Cultural Institute
1975 - Rio de Janeiro RJ - 24º Salão Nacional de Arte Moderna, no MNBA
1975 - Rio de Janeiro RJ - 7º Salão de Verão, no MAM/RJ
1976 - Biella (Itália) - Bienal de Biella
1976 - Rio de Janeiro RJ - 25º Salão Nacional de Arte Moderna
1976 - São Paulo SP - Contrastes, no Paço das Artes
1977 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão Carioca de Arte, na Funarte
1983 - Rio de Janeiro RJ - 6º Salão Nacional de Artes Plásticas - Sala Especial: Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ
2003 - Firenze (Itália) - Biennale Internazionale dell'arte Contemporânea
2005 - Firenze (Itália) - Biennale Internazionale dell'arte Contemporânea

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Manabu Mabe - Sem Título
Sem Título
Nuno Ramos - Balada
Balada