Escritoriodearte.com > Artistas > Carlos Magano

Carlos Magano

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Carlos Magano (São Paulo SP 1921 - s.l. 1983)

Pintor e professor.

Inicia seus estudos de pintura com Túlio Mugnaini, em São Paulo. Em 1946, conclui o curso de Direito na Universidade de São Paulo, USP e, no ano seguinte, ingressa na Escola Nacional de Belas Artes, Enba, no Rio de Janeiro. Em 1949, viaja para a Europa graças ao prêmio concedido pela Societé Française des Lycées Franc-Brésiliens, lá permanecendo até 1952. Mais tarde torna-se professor livre docente de pintura na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ. Trabalha também como muralista, realizando afrescos para o Centro de Estudos Pedagógicos da UFRJ; o Centro Educacional Carneiro Ribeiro, em Salvador (Bahia); e o Centro de Pesquisas Educacionais da USP.

Críticas

"Carlos Magano teve formação conservadora. Aliás, nunca teve preocupações de vanguardismos. Em sua trajetória evoluiu do figurativismo, na década dos 50, para o abstracionismo a que se mantém fiel até hoje, embora sem as intransigências radicais que o impeçam de se exprimir tanto pela linguagem abstrata informal como pela construtiva, concomitantemente. Não reconhece incoerência ou incompatibilidade na manifestação simultânea dessas formas de expressão, desde que em ambas encontre legítimo modo de realizar seus objetivos pictóricos, tanto como a alegria na satisfação do seu fazer pintura".
Bruno Giorgi
MAGANO: obra abstrata 1959-1986. Apresentação de Bruno Giorgi. Rio de Janeiro: MNBA, 1986.

Exposições Individuais

1946 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Itá
1948 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Itá
1949 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Itá
1947 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no MNBA
1954 - Salvador BA - Individual, na Galeria Oxumaré
1955 - São Paulo SP - Individual, no MAM/SP
1959 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Módulo
1959 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Ambiente
1959 - São Paulo SP - Individual, na Galeria de Arte das Folhas
1960 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Oca
1961 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no MAM/RJ
1962 - Montevidéu (Uruguai) - Individual, na Sala Amigos del Arte
1963 - Lima (Peru) - Individual, na Sala Portinari
1963 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Astréia
1963 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Goeldi
1973 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Paulo Prado
1975 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Paulo Prado
1975 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria de Arte Contorno
1978 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Bonfiglioli

Exposições Coletivas

1947 - São Paulo SP - 13º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1948 - São Paulo SP - 14º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1949 - São Paulo SP - 15º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1955 - Rio de Janeiro RJ - 4º Salão Nacional de Arte Moderna
1956 - Rio de Janeiro RJ - 5º Salão Nacional de Arte Moderna
1957 - Rio de Janeiro RJ - 6º Salão Nacional de Arte Moderna
1958 - Curitiba PR - 15º Salão Paranaense de Belas Artes - medalha de prata
1958 - Rio de Janeiro RJ - 7º Salão Nacional de Arte Moderna
1958 - Rio de Janeiro RJ - Oito Artistas Contemporâneos, na Funarte. Galeria Macunaíma
1958 - Rio de Janeiro RJ - Salão de Arte A Mãe e a Criança
1958 - Rio de Janerio RJ - Carlos Magano e Tana, na Galeria Ibeu 
1959 - Rio de Janeiro RJ - 8º Salão Nacional de Arte Moderna
1959 - São Paulo SP - 5ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1960 - São Paulo SP - Coletiva, na Galeria de Arte das Folhas
1960 - Rio de Janeiro RJ - 9º Salão Nacional de Arte Moderna
1960 - São Paulo SP - 9º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - pequena medalha de prata
1961 - Rio de Janeiro RJ - 10º Salão Nacional de Arte Moderna
1961 - São Paulo SP - 6ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1962 - Rio de Janeiro RJ - 11º Salão Nacional de Arte Moderna
1963 - Rio de Janeiro RJ - 12º Salão Nacional de Arte Moderna - prêmio de viagem ao país
1963 - São Paulo SP - 7ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1966 - Rio de Janeiro RJ - 15º Salão Nacional de Arte Moderna
1976 - São Paulo SP - 8º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1979 - São Paulo SP - Colecionadores das Arcadas, no MAM/SP
1979 - São Paulo SP - 11º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP

Exposições Póstumas

1986 - São Paulo SP - Magano: obra Abstrata 1959-1986, no Masp
1986 - Rio de Janeiro RJ - Magano: Obra Abstrata 1959-1986, no MNBA
1993 - Rio de Janeiro RJ - Magano, no MNBA
1995 - Osasco SP - 2ª Mostra de Arte, no Centro Universitário Fieo

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Manabu Mabe - Sem Título
Sem Título
Renina Katz - Sem Título
Sem Título
Otto Stupakoff - la troque
la troque
Fernando Lucchesi - Construção
Construção