Escritoriodearte.com > Artistas > Carlos Alberto Faria Costa

Carlos Alberto Faria Costa

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Carlos Alberto Faria Costa (Fortaleza CE 1952)

Pintor, desenhista, gravador, programador visual e designer de móveis.

Forma-se em arquitetura e urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará em 1975. Inicia suas atividades em artes plásticas em 1967 participando da 9ª Bienal Internacional de São Paulo. Sua primeira individual é também a primeira exposição internacional de que participa, sendo realizada em Quito (Equador), em 1984. Possui trabalhos em coleções particulares do Centro de Estudos Brasileiros (Equador), Banco Central (Brasília), Academia Cearense de Letras, MAC Paraná, Casa do Brasil (Espanha), instituições estas em que realizaram-se exposições individuais de sua obra.

Críticas

"(...) Carlos é um artista independente nos temas escolhidos, nas cores, nos próprios materiais e na maneira que os utiliza para revelar sua verdade interior, o seu mundo fantasticamente criativo na busca invejável do ato criador. Analisar conscientemente uma pintura de Carlos Costa, cheia de mistérios, de belos tons sombrios, de linhas e expressões mágicas, seria quase impossível em poucas palavras. O melhor talvez fosse ficar apreciando o conjunto dos trabalhos e se possível ouvindo uma música de Wagner".
Heloisa Juaçaba
CARLOS Costa: dinossauros de neon. Apresentação de Heloisa Juaçaba, Tarcísio Tavares, Estrigas e José. Fortaleza: Espaço Cultural Teleceará, 1990.

"Aquele que está envolvido pelo sonho de um território, os trabalhos de memória talvez estimulem a atenção de um olhar zeloso, entusiasmando um desabrochar em direção ao futuro, mas também aos mananciais simbólicos e esperanças do passado. Desenho sobre papel, pintura sobre papel, pigmento, carvão, acrílico sobre papel, cores, linhas, busca do ato criador. Um abstracionismo sem tempo perdido marcado pelo contemporâneo. Resgatando as viagens pelos sertões dos reinos encantados pelo milenarismo das Tróias de Taipa, das pedras dos reinos, material geológico de formações rochosas, serras serrotes, baleia, sertão-mar, mar-sertão, inscrições rupestres, trabalhando graficamente. A permanência de um artista da nova geração sem preocupação de direções com o compromisso único de sua própria arte. Temos mais uma vez Carlos Costa nos deslumbrando com suas cores e seu lirismo".
Ismael Pordeus Jr.
ANTONIO Campelo e Carlos Costa. Fortaleza: MAUC, 1992. , il.p&b color.

Depoimentos

"Na nossa mente nunca vimos o Sertão apenas como um acidente geográfico. Antes o delírio de um deus por demais imaginoso. Planuras enormes, léguas e léguas de um mundo sem fronteiras. Carrascais, poeira, pedregulhos, ciclópicas pedras, serras talhadas. Riachos secos e brejos bem úmidos. Terras sem fim. Outros Saaras, de chão fóssil vergastado pela quentura do sol onipresente. Reino de criaturas bravias. Bicho, bicho e bicho homem. Os verdadeiros herdeiros do semi-árido. Indomáveis todos. Curtidos na mesma destinação. Os bichos na sua perene e sanguinolenta luta por mais um dia de sobrevida. Os homens atados de nó cego à enxada, lambedeira, lombo de burro e pés no chão".
Antônio Campelo e Carlos Costa
ANTONIO Campelo e Carlos Costa. Fortaleza: MAUC, 1992. , il.p&b color.

"Tenho formação universitária, viajei; mas vejo que meu trabalho está inserido na 'nordestinidade': na forma, no desenho, como utilizo os pigmentos, as cores, o jogo de claro-escuro. Quanto mais trabalho mais me orgulho de minha origem, me sinto Nordeste".
Carlos Costa
NAVEGANTES: Carlos Costa e Sebastião de Paula. Tradução Pascual Garcia Jesus. Fortaleza: Galeria de Arte Madrid, 1994. , il. color.

Acervos

Academia Cearense de Letras - Ceará
Banco Central do Brasil - Brasília DF
Casa do Brasil (Espanha)
Centro de Estudos Brasileiros - Quito (Equador)
Museu de Arte Contemporânea - MAC - Curitiba PR

Exposições Individuais

1984 - Quito (Equador) - Paisagens do Nordeste, no Centro de Estudos Brasileiros
1986 - Fortaleza CE - Contradições, no Espaço Cultural da Teleceará
1986 - Fortaleza CE - Um Mundo de Aventuras, na Duailibi Galeria
1988 - Fortaleza CE - Instantâneos Antárticos, no Espaço Cultural da Teleceará
1990 - Brasília DF - Desenhos e Pinturas, no Espaço Cultural do Banco Central do Brasil
1990 - Fortaleza CE - Dinossauros de Neon, no Espaço Cultural da Teleceará
1991 - Curitiba PR - Diário de Viagens, no MAC/PR
1991 - Fortaleza CE - Individual, na Galeria de Arte Ignez Fiuza

Exposições Coletivas

1967 - São Paulo SP - 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1982 - Fortaleza CE - 3º Unifor Plástica
1982 - Fortaleza CE - Arte é Vida, na Galeria de Arte Ignez Fiuza
1983 - Fortaleza CE - 33º Salão Municipal de Abril
1983 - Fortaleza CE - 4º Unifor Plástica 
1985 - Fortaleza CE - 6º Unifor Plástica
1987 - Fortaleza CE - 37º Salão Municipal de Abril - menção honrosa em desenho
1987 - Fortaleza CE - Talento 87, no Espaço Cultural da Teleceará - prêmio aquisição
1988 - Fortaleza CE - 2º Arte Sobre Papel, na Galeria Tukano
1988 - Fortaleza CE - Arte Pela Vida, no Espaço Cultural da Caixa Econômica Federal
1988 - Fortaleza CE - Talento 88, no Espaço Cultural da Teleceará - prêmio aquisição
1989 - Curitiba PR - 8º Salão de Desenho Brasileiro, no MAC/PR
1989 - Fortaleza CE - 10º Unifor Plástica, no Espaço Cultural da Unifor - prêmio em desenho
1989 - Fortaleza CE - 39º Salão Municipal de Abril
1989 - Fortaleza CE - Talento 89, no Espaço Cultural da Teleceará
1990 - Fortaleza CE - Busca da Identidade - Mostra comemorativa do centenário de nascimento de Raimundo Cela
1990 - Fortaleza CE - 41º Salão de Abril, no Centro de Artes Visuais Raimundo Cela - prêmio pintura
1990 - Fortaleza CE - Talento 90, no Espaço Cultural da Teleceará - prêmio aquisição
1991 - Campinas SP - 11 Contemporâneos do Nordeste, nas Galerias de Arte do Centro de Convivência Cultural
1992 - Fortaleza CE - Coletiva, no Museu de Arte da UFC
1992 - Fortaleza CE - Talento 92, no Espaço Cultural da Teleceará
1993 - Fortaleza CE - Outsiders, no Ibeu-CE Galeria de Arte de Fortaleza
1994 - Fortaleza CE - Navegantes, na Galeria de Arte Madri
2000 - Racine (Estados Unidos) - Coisas da Terra, na Racine Arts Council

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

León Ferrari - Sem Título
Sem Título
Glauco Pinto de Moraes - Pistão & Roda - Serio Mecâno-Iconográfico n°199
Pistão & Roda - Serio Mecâno-Iconográfico n°199
Danilo Di Prete - Sem Título
Sem Título
Nuno Ramos - Balada
Balada