Escritoriodearte.com > Artistas > Auguste Off

Auguste Off

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Auguste Off (Berlim, Alemanha 1838 - Rio de Janeiro RJ 1883)

Pintor, gravador, desenhista e professor.

Inicia a formação artística em Paris, aportando no Brasil por volta de 1870. Inicialmente, vive e trabalha como professor em Cantagalo, interior do Rio de Janeiro. Provavelmente em 1879 muda-se para a capital. Contemporâneo de Almeida Júnior, Rodolfo Amoedo, Henrique Bernardelli, estuda na Academia Imperial de Belas Artes - Aiba e alcança reconhecimento como retratista de personalidades do meio político e social da corte. Funda uma oficina litográfica, associado a Karl Schmidt, em 1882. Morre aos 45 anos, vitimado pela varíola. Em 1884, suas obras são exibidas postumamente na 26ª Exposição Geral de Belas Artesno Rio de Janeiro. O Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, expõe as obras de Augsut Off na mostra Pintores Alemães no Brasil durante o Século XIX, realizada em 1989.

Comentário crítico

Pode-se tomar o Retrato de Cândida dos Santos Moreira Guimarães, 1881, como um exemplo da atividade de retratista de August Off. Nele, tudo concorre para destacar a pessoa retratada. Por um lado, a cor escolhida para o fundo é o marrom esverdeado, tom discreto e rebaixado que pouco atrai a atenção do espectador, assim como as pinceladas são homogêneas e pouco aparentes. Essas duas características do fundo conferem-lhe a função de simples contextualização visual, sem muitos significados, e contribuem com a intenção de Off de levar o observador a concentrar sua atenção no primeiro plano, ou seja, na imagem da pessoa retratada.

Por outro, ele emprega uma luz geral, homogênea e controlada, desprovida de qualquer carga dramática, que serve apenas para revelar a figura, iluminando-a com suavidade. Observa-se que, em relação à distribuição da luz, a figura encontra-se dividida em duas áreas escuras - roupa e cabelo - que servem para emoldurar a área mais clara e centralizada, composta de rosto, pescoço, mão, colarinho e punho. Dessa maneira, logra destacar e avolumar as partes do corpo mais expressivas - rosto, olhos, mão -, buscando tornar acessível ao observador algo da personalidade da retratada, que também poderia ser deduzida a partir da inclusão na pintura de detalhes temáticos tais como o penteado cuidadoso, o traje austero, o brinco, o camafeu, a alvura impecável do punho.

Críticas

"August Off, por ter esta impressionabilidade sensibilíssima, exasperava-se facilmente quando tinha de fazer o retrato dos Srs. Qualquer-coisa; (...) Em seu ateliê, uma sala de fundo num prédio na Rua do Senado, agarrava a fotografia e punha-se a mirá-la, durante horas (...) depois de algum tempo, num gesto brusco, jogava a fotografia sobre a mesa. Apanhara a boçalidade do homem, mas sentia-se estafado, enjoado pelo imenso afã de perscrutar a alma de um bruto".
Gonzaga Duque
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.

Exposições Coletivas

1879 - Rio de Janeiro RJ - 25ª Exposição Geral de Belas Artes, na Aiba - medalha de prata
1882 - São Paulo SP - Mostra, organizada pela Sociedade Propagadora de Belas Artes, no Liceu Imperial de Artes e Ofícios

Exposições Póstumas

1884 - Rio de Janeiro RJ - 26ª Exposição Geral de Belas Artes, na Aiba
1989 - São Paulo SP - Pintores Alemães no Brasil Durante o Séc. XIX, no Museu da Casa Brasileira

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Nuno Ramos - Sem Titulo
Sem Titulo
Taisa Nasser - A Menina de Rodin em 4D
A Menina de Rodin em 4D