Escritoriodearte.com > Artistas > Artur Lescher

Artur Lescher

Artur Lescher

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Artur Lescher (São Paulo SP 1962)

Escultor.

Em 1983, inicia curso de filosofia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP, e não conclui. Entre 1982 e 1986, realiza cursos livres no ateliê de Carlos Fajardo (1941), Flávia Ribeiro (1954) e Boi (1944). Leciona escultura na Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, de 1991 a 1999. Em sua produção escultórica, utiliza materiais diversos, como metal, pedra ou madeira, e cria obras que evocam o design e lembram objetos conhecidos, mas destituídos de sua função, como em "O x O" - A Roda, apresentada em 2001, no Memorial da América Latina, em São Paulo. Nas instalações o artista mantém diálogo com o espaço arquitetônico como em Aeroestação, criada para a 19ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1987; Semovente, para o Paço das Artes, em 1989; e Indoor Landscape - Paisagem para Espaço Protegido da Natureza, para a 25ª Bienal Internacional de São Paulo, em 2002. Nesse mesmo ano é publicado o livro Artur Lescher, com textos de Aracy Amaral, Rafael Vogt e Arthur Nestrovski, pela editora Cosac & Naify.

Comentário Crítico

Na opinião da historiadora da arte Aracy Amaral, a trajetória artística de Artur Lescher relaciona-se a uma poética do espaço, aproximando-se do design e da arquitetura. Além disso, os materiais com que trabalha ajudam a determinar os rumos de suas obras.

Em sua proposta para a 19ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1987, instala paralelamente dois polígonos - ou aerólitos - separados pelos caixilhos e vidros do edifício, revelando o espaço pretensamente neutro da construção. Como nota o historiador da arte Tadeu Chiarelli, Lescher enfatiza a dimensão poética do espaço interno do edifício da Bienal, transformando-o, por meio do polígono de alumínio, em um local de reverberações oníricas, que parece refletido no exterior, onde se situa o polígono plástico, visto através dos vidros transparentes, quase transformados em espelhos.

Nota-se a preocupação do artista em permitir ao espectador a percepção afetiva do espaço em que são instalados objetos de grande leveza estrutural, como em Semovente, instalação criada para o Paço da Artes, em São Paulo (1989).  Já em sua produção escultórica, cria objetos em pedra, madeira ou metal, de grande estranheza, porque afastados de seu caráter funcional, ou porque, com uma dose de ironia, parecem desafiar o equilíbrio e à gravidade.

Críticas

"Inicialmente foram os objetos aparentados com a engenharia: aviões, aerólitos, casas e telhados de fábricas. Uma poética dos impulsos construtivo e funcional. A isso veio somar-se uma curiosa estratégia de juntar objetos racionais - estruturas vazadas, sólidos regulares - com materiais corrosivos, instáveis, característicos pela suscetibilidade - mercúrio, água aquecida, sais. Agora Artur Lescher apresenta-nos, na galeria Nara Roesler, oito comentários feitos a partir de formas realizadas em madeira, metal e pedra, sobre a lei da gravidade, a tração e a compressão".
Agnaldo Farias
LESCHER, Artur. Artur Lescher. Texto Agnaldo Farias; fotografia Romulo Fialdini. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 1998. p. [10].

"Artur Lescher faz desenhos escultóricos. Ele é um artista de projetos que discutem os mecanismos de todos os objetos. Suas obras beiram a engenharia. Mas, inesperadamente, e com certa dose de ironia, elas subvertem as expectativas funcionais que suas formas pareciam prometer. Esse seu pêndulo, por exemplo. Feito em madeira, com o corpo perfeitamente redondo, ele tem a memória de um compasso de desenho. Mas não escreve. ou melhor, realiza escrituras invisíveis, indecifráveis a olho nu".
Katia Canton
O LÁPIS e o papel: sobre a liberdade, o despojamento e o sentido. Curadoria Katia Canton; texto Katia Canton; tradução Brian Honeyball. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 2000. p. [7].

"Lescher tem o encanto do aparentemente desajeitado, tipo adolescente perpétuo, tímido, sorriso amigo, meio se escondendo, mas no fundo sabendo bem o que quer e do que gosta e como fazer o que se determina. Como artista, exibe como constante uma poética do espaço e da beleza de formas que o aproximam das problemáticas do design, da arquitetura e da pesquisa com materiais com que elabora seus projetos. Esses dados o identificam como um artista tipicamento paulistano por essas mesmas razões. Pertence à linhagem daqueles que o precederam há cinquenta anos, quando os jovens concretistas de São Paulo se encantaram com as contribuições da delegação suíça presente à I Bienal e que privilegiava o suporte industrializado, conglomerado de madeira, alumínio ou o aço polido, assim como a aplicação da tinta mecanicamente, rejeitando a manualidade artesanal. (...)

O trabalho serial sempre foi perseguido por Artur Lescher: uma idéia na cabeça e o seu desenvolvimento paulatino por meio de peças que se desdobram em outras, a partir da idéia primeira. (...) Mas, desde suas casas (e balões), o diálogo de suas formas é com o espaço que contém suas peças. O diálogo com o espaço e o serial assinalam, ao mesmo tempo, sua predileção por exercícios modulares".
Aracy Amaral
AMARAL, Aracy. A Tática da Elegância: entre o espacial e o serial. In: LESCHER, Artur. Artur Lescher. Texto Aracy Amaral, Rafael Vogt, Arthur Nestrovski; fotografia Romulo Fialdini, Fausto Chermont, Vitor Facciolla, Domingues, Mark James Timoner. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.

Acervos

Biblioteca Miguel Angel Arango - Bogotá (Colômbia)
Centro Cultural São Paulo - São Paulo SP
Instituto Itaú Cultural - São Paulo SP
Instituto Nacional de Belas Artes - Rio de Janeiro RJ
Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/USP
Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP
Museu Nacional de Belas Artes - MNBA - Rio de Janeiro RJ
Pinacoteca do Estado de São Paulo

Exposições Individuais

1989 - São Paulo SP - Individual, no MAM/SP
1989 - Rio de Janeiro RJ - Projeto Macunaíma, na Funarte
1989 - São Paulo SP - Individual, no MAC/USP
1990 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Paço Imperial
1991 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Millan
1993 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Millan
1998 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Nara Roesler
1998 - São Paulo SP - Programa de Exposições 98, no CCSP
2002 - São Paulo SP - Elípticas, na Galeria Nara Roesler

Exposições Coletivas

1984 - Curitiba PR - 6ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba
1984 - São Paulo SP - Arte na Rua 2, organizado pelo MAC/USP
1985 - São Paulo - SP - 3º Salão Paulista de Arte Contemporânea, na Fundação Bienal
1985 - São Paulo SP - E o Desenho?, na Galeria Humberto
1986 - São Paulo SP - Projeto Espacial Aerólito, com Elisa Stecca, na Subdistrito Comercial de Arte
1987 - São Paulo SP - 19ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1989 - Brasília DF - Novos Valores da Arte Latino-Americana/Brasil, no MAB/DF
1989 - Rio de Janeiro RJ - 11º Salão Nacional de Artes Plásticas, na Funarte - prêmio aquisição
1989 - Rio de Janeiro RJ - Projeto Macunaíma, na Funarte
1989 - São Paulo SP - Arte Contemporânea São Paulo, Perspectivas Recentes, no CCSP
1990 - Madri (Espanha) - Artistas Brasileiros, na Casa do Brasil
1990 - Paris (França) - Artistas Brasileiros, no Centro de Cultura Latino-americano
1990 - São Paulo SP - Apropriações, no Paço das Artes
1991 - Fortaleza CE - 2ª Exposição Internacional de Escultura Efêmera
1991 - São Paulo SP - 22º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1991 - São Paulo SP - Programa de Exposições de Artes Plásticas, no CCSP
1992 - São Paulo SP - Galeria Millan: mostra inaugural, na Galeria Millan
1992 - São Paulo SP - Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas, na Fundação Bienal 
1993 - São Paulo SP - Encontros e Tendências, no MAC/USP
1994 - Rio de Janeiro RJ - Artistas de São Paulo, no Paço Imperial
1994 - São Paulo SP - 2º Arte Cidade: a cidade e seus fluxos, no Vale do Anhangabau
1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal
1994 - São Paulo SP - Coletiva de Esculturas, no Espaço Namour
1995 - Curitiba PR - Objeto Gravado, no Museu da Gravura
1995 - São Paulo SP - 1º United Artists, na Casa das Rosas
1995 - São Paulo SP - Entre o Desenho e a Escultura, no MAM/SP
1996 - São Paulo SP - Metal e suas Ligações, no Sesc Pompéia
1996 - São Paulo SP - Nos Limites da Fotografia, no Sesc Pompéia
1997 - São Paulo SP - Coro para 14 Vozes, na Galeria Nara Roesler
1997 - São Paulo SP - Projetos Bienal, no Espaço de Arte
1998 - Belo Horizonte MG - Terra e Mar à Vista, no Itaú Cultural
1998 - Brasília DF - Terra e Mar à Vista, na Galeria Itaú Cultural 
1998 - São Paulo SP - City Canibal, no Paço das Artes
1998 - São Paulo SP - Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas, no CCSP
1998 - São Paulo SP - Terra e Mar à Vista, no Itaú Cultural
1998 - São Paulo SP - Viagens, no Itaú Cultural  
1999 - Belém PA - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Rua Boaventura da Silva x Av. Doca de Souza Franco
1999 - Belo Horizonte MG - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Contorno x Av. Amazonas
1999 - Bogotá (Colômbia) - De Brasil: alquimias y processos, na Biblioteca Luis Ángel Arango
1999 - Campinas SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual 
1999 - Campo Grande MS - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Afonso Pena x R. Treze de Maio
1999 - Cuiabá MT - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Fernando Correia da Costa
1999 - Jundiaí SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Nove de Julho, 1400
1999 - Manaus AM - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Paraíba x Rua Efigênio Sales
1999 - Osasco SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. dos Autonomistas
1999 - Porto Alegre RS - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Goethe x Rua Mostardeiro e Rua Vinte e Quatro de Outubro x Rua Bordini
1999 - Recife PE - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual
1999 - Ribeirão Preto SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Presidente Vargas
1999 - Rio de Janeiro RJ - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Venceslau Brás x R. General Severiano; Praça da Bandeira - Radial Oeste, próximo à Praça da Bandeira; Humaitá - Largo do Humaitá
1999 - Salvador BA - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Tancredo Neves
1999 - Santo André SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na R. Dom Pedro II x R. Catequese
1999 - Santos SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual
1999 - São Paulo SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Cidade Jardim x Av. Brig. Faria Lima Faria Lima; Av. Brig. Faria Lima x Av. Rebouças; Av. Eng. Luís Carlos Berrini x Av. Águas Espraiadas;Rua Vergueiro x Av. Paulista; Av. Juscelino Kubitschek x Av. Brig. Faria Lima; Av. Paulista x Al. Campinas
1999 - São Vicente SP - 3ª Eletromidia de Arte: exposição virtual, na Av. Presidente Wilson x Av. Antônio Emmerich
2000 - Berlim (Alemanha) - Homem/Natureza/Tecnologia, no Instituto Cultural Brasileiro na Alemanha
2000 - Lisboa (Portugal) - Século 20: arte do Brasil, no Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão
2000 - Penápolis SP - Homem/Natureza/Tecnologia, na Galeria Itaú Cultural
2000 - Quito (Equador) - Diálogo: arte contemporânea Brasil/Equador, Centro Cultural de la Pontificia Universidad Católica del Ecuador
2000 - São Paulo SP - Diálogo: arte contemporânea Brasil/Equador, na Memorial da América Latina. Galeria Marta Traba
2000 - São Paulo SP - Entre a Arte e o Design: acervo do MAM, no MAM/SP
2000 - São Paulo SP - Escultura Brasileira: da Pinacoteca ao Jardim da Luz, na Pinacoteca do Estado
2000 - São Paulo SP - O Lápis e o Papel, na Galeria Nara Roesler
2001 - Brasília DF - Homem/Natureza/Tecnologia, na Galeria Itaú Cultural
2001 - Rio de Janeiro RJ - O Espírito de Nossa Época, no MAM/RJ
2001 - São Paulo SP - 4ª Bienal Barro de América, no Memorial da América Latina
2001 - São Paulo SP - O Espírito de Nossa Época, no MAM/SP
2001 - São Paulo SP - Rede de Tensão, no Paço das Artes
2002 - São Paulo SP - 20 Artistas / 20 Anos, no CCSP
2002 - São Paulo SP - 25ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
2002 - São Paulo SP - Cidadeprojeto / cidadeexperiência, no MAM/SP
2002 - São Paulo SP - Infláveis, no Sesc Belenzinho
2002 - São Paulo SP - Ópera Aberta: celebração, na Casa das Rosas
2002 - São Paulo SP - Seis Artistas na 25ª Bienal de São Paulo, na Galeria Nara Roesler
2003 - Brasília DF - Artur Lescher e Claudia Jaguaribe, no Espaço Cultural Contemporâneo Venâncio
2003 - Madri (Espanha) - Arco/2003, no Parque Ferial Juan Carlos I
2003 - São Paulo SP - Arco 2003, na Galeria Nara Roesler
2003 - São Paulo SP - Construtivismo e a Forma como Roupa, no MAM/SP
2003 - São Paulo SP - Meus Amigos, no MAM/SP
2004 - Madri (Espanha) - Arco/2004, no Parque Ferial Juan Carlos I
2004 - São Paulo SP - Arte Contemporânea no Acervo Municipal, no CCSP 
2004 - São Paulo SP - Pintura Reencarnada, no Paço das Artes

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

José Antônio da Silva - Casal Cavalgando
Casal Cavalgando
Ernesto de Fiori - São Jorge
São Jorge
Marcos Garrot - Sem Título - Série Formas Circulare
Sem Título - Série Formas Circulare