Escritoriodearte.com > Artistas > Antonio Aurélio

Antonio Aurélio

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

Leilão de Artes Online

BIOGRAFIA

Antonio Aurélio (Alcobaça, Portugal 1931)

Ingressa na Escola Superior de Belas Artes do Porto em 1949. Recebe aulas de desenho de Dordio Gomes, Joaquim Lopes e Barata Feio. Forma-se em arquitetura em 1954 e no ano seguinte dedica-se à fotografia. Entre 1966 e 1976, faz cinema documental em 16mm, produzindo trabalhos sobre arte e arquitetura portuguesas, como A Arte Manuelina, 1966, Visão de Uma Cidade, 1968, Iluminuras da Torre do Tombo, 1970, Pacific 321, 1972, Avril au Portugal, 1974, e O Porto de Lisboa, 1975. Em 1961 participa da 6ª Bienal Internacional de São Paulo. Na Europa participa da 2ª Exposição de Artes Plásticas, em Lisboa, 1961, Exposição Euro-Kursaal em San Sebastian, 1965, Exposição da Ópera de Madri, 1966, entre outras. Em 1975 fixa residência no Brasil. Realiza, em 1977, um documentário sobre os 15 anos da Eletrobrás.

Exposições Individuais

1955 - Ponta Delgada (Açores) - Individual
1973 - Lisboa (Portugal) - Individual, no Palácio da Foz
1974 - Viseu (Portugal) - Individual
1976 - São Paulo SP - Fotocromia Cinética, na Galeria Múltipla de Arte
1976 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Sala Cecília Meireles
1986 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria do Ibeu Copacabana
1986 - Brasília DF - Individual, na ECT Galeria de Arte
1987 - São Paulo SP - Individual, na Itaugaleria

Exposições Coletivas

1951 - Lisboa (Portugal) - 6ª Exposição Geral de Artes Plásticas, na Sociedade Nacional de Belas Artes
1953 - Lisboa (Portugal) - 7ª Exposição Geral de Artes Plásticas, na Sociedade Nacional de Belas Artes
1956 - Lisboa (Portugal) - 10ª Exposição Geral de Artes Plásticas, na Sociedade Nacional de Belas Artes
1961 - Lisboa (Portugal) - 2ª Exposição de Artes Plásticas, na Fundação Calouste Gulbenkian
1961 - São Paulo SP - 6ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho 
1965 - San Sebastián (Espanha) - Exposição Euro-Kursaal
1966 - Madri (Espanha) - Exposição Ópera de Madri

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Gilberto Salvador - Dois Azuis Apaixonantes
Dois Azuis Apaixonantes
Rubens Gerchman - Sem Título
Sem Título