Escritoriodearte.com > Artistas > Alípio Dutra

Alípio Dutra

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Alípio Dutra (Jaú SP 1892 - São Paulo SP 1964)

Pintor.

Inicia suas atividades de pintura com o pai, Joaquim Miguel Dutra, por volta de 1908. É irmão dos artistas João, Antônio de Pádua e Archimedes Dutra e bisneto de Miguelzinho Dutra. Em 1913, viaja a Paris, França, como pensionista do Governo do Estado de São Paulo. Freqüenta a Académie Julian, onde estuda com Marcel Baschet, Henri Royer e Lapara. Retorna ao Brasil em 1914, devido à Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Participa do Salão Nacional de Belas Artes em 1916, 1917 e 1918. Em 1918, viaja a Bruxelas, Bélgica, como funcionário do Comissariado Geral do governo de São Paulo e cursa a Real Academia de Belas Artes. Em 1921, vai a Paris trabalhar na embaixada do Brasil e estudar na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts, até 1923. Expõe em 1923 e 1924 no Salão dos Artistas Franceses. Em 1934, volta ao Brasil e, em 1937, recebe do governo francês a Cruz de Cavaleiro da Legião de Honra. Torna-se presidente do Salão Paulista de Belas Artes em 1940 e é membro do Conselho de Orientação Artística de São Paulo de 1942 a 1946.

Críticas

"Pertencente à família dos pintores Dutra de Piracicaba, o artista morou vários anos na Europa. (...) Viajou muito, especialmente pela Bélgica, deixando inúmeros quadros de recantos de Bruges. Representou quase sempre (...) casario e pontes refletidos na água dos canais. O brilho da luz tem papel importante nestas obras, que recebem tratamento de pinceladas espessas e seguras, de colorido intenso".
Grupo Técnico de Preservação e Controle do Acervo Artístico Cultural do Palácio do Governo
ACERVO artístico-cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo. Apresentação de Alaíde Quércia. Introdução de Radha Abramo. Textos de Sonia Salztein et al. São Paulo: Palácios do Governo do Estado, 1989.

Exposições Individuais

1912 - São Paulo SP - Individual - Prêmio Pensionato para a Europa, concedido pelo Governo do Estado
1915 - Jaú SP - Alípio Dutra: pinturas
1916 - São Paulo SP - Alípio Dutra: pinturas, na Casa Di Franco - Rua São Bento 50
1916 - São Paulo SP - Alípio Dutra: pinturas, na Rua 15 de Novembro
1917 - São Paulo SP - Individual, na Casa Rosenheim

Exposições Coletivas

1912 - São Paulo SP - Segunda Exposição Brasileira de Belas Artes, no Liceu de Artes e Ofícios
1916 - Rio de Janeiro RJ - 23ª Exposição Geral de Belas Artes, na Enba - menção honrosa de 2º grau
1917 - Rio de Janeiro RJ - 24ª Exposição Geral de Belas Artes, na Enba - menção honrosa
1918 - Rio de Janeiro RJ - 25ª Exposição Geral de Belas Artes, na Enba
1921 - Bruxelas (Bélgica) - Coletiva, na Academia de Belas Artes
1923 - Paris (França) - Salon des Artistes Français
1924 - Paris (França) - Salon des Artistes Français
1935 - São Paulo SP - João Dutra, Alípio Dutra, Archimedes Dutra e Antônio de Pádua Dutra, no Palácio das Arcadas
1935 - São Paulo SP - Salão Paulista de Belas Artes - medalha de bronze
1936 - Rio de Janeiro RJ - 42º Salão Nacional de Belas Artes, no Instittuto da Previdência - medalha de bronze
1937 - Rio de Janeiro RJ - 43º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
1937 - São Paulo SP - Archimedes Dutra, Alípio Dutra, João Dutra, Antônio de Pádua Dutra, Miguelzinho Dutra e Joaquim Miguel Dutra, no Palácio das Arcadas
1937 - São Paulo SP - Grupo Almeida Júnior, no Palácio das Arcadas
1939 - São Paulo SP - 6º Salão Paulista de Belas Artes
1942 - São Paulo SP - 8º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - grande medalha de prata
1943 - São Paulo SP - 9º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - grande medalha de ouro e 1º Prêmio Fernando Costa
1944 - Rio de Janeiro RJ - 50º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
1944 - São Paulo SP - 10º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1945 - São Paulo SP - João Dutra, Archimedes Dutra, Alípio Dutra e Antônio de Pádua Dutra, na Galeria Itapetininga
1946 - São Paulo SP - 12º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - grande medalha de prata
1948 - São Paulo SP - 14º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1949 - São Paulo SP - 15º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1951 - São Paulo SP - 16º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1953 - Piracicaba SP - Salão de Belas Artes de Piracicaba - 1º prêmio
1953 - São Paulo SP - 18º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1954 - Piracicaba SP - 2º Salão de Belas Artes de Piracicaba, no Departamento Municipal de Cultura de Piracicaba
1954 - São Paulo SP - 19º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - prêmio aquisição
1957 - São Paulo SP - 21º Salão Paulista de Belas Artes - Prêmio Assembléia Legislativa do Estado
1959 - São Paulo SP - 24º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia - medalha de honra

Exposições Póstumas

1964 - Campinas SP - Pinacoteca Circulante, no Teatro Municipal de Campinas
1964 - São José do Rio Pardo SP - Semana Euclidiana, na Casa Euclidiana
1978 - São Paulo SP - A Paisagem na Coleção da Pinacoteca, na Pinacoteca do Estado
1980 - São Paulo SP - A Paisagem Brasileira: 1650-1976, no Paço das Artes
1986 - São Paulo SP - Dezenovevinte: uma virada no século, na Pinacoteca do Estado
1996 - Osasco SP - 3ª Mostra de Arte, na Fundação Instituto de Ensino para Osasco
1998 - São Paulo SP - Iconografia Paulistana em Coleções Particulares, no Museu da Casa Brasileira
2000 - São Paulo SP - O Café, no Banco Real

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Emidio Luisi - Muse Inquietanti
Muse Inquietanti
João Carlos Galvão - Estrutura Permutacional
Estrutura Permutacional
Manabu Mabe - Sem Título
Sem Título
Flavio de Carvalho - Matriz para Litogravura
Matriz para Litogravura