Escritoriodearte.com > Artistas > Alberto Teixeira

Alberto Teixeira

OBRAS DO ARTISTA

Este artista não possui obras em nosso acervo.

Você possui uma obra deste artista e quer vender?

Após logar no site, clique em 'Avaliações' e envie sua obra.

BIOGRAFIA

Alberto Dias D'Almeida Teixeira (São João do Estoril, Portugal 1925 - Campinas SP 2011)

Pintor, desenhista e professor.

Estuda desenho e pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes em Lisboa entre 1947 e 1950. Nesse último ano, interrompe os estudos e muda-se para São Paulo, onde tem aulas com Flexor (1907-1971) e, entre 1952 e 1955, torna-se membro do Atelier-Abstração. Em 1956, faz viagem de estudos a Paris, onde permanece até 1958, tendo contato com os postulados do abstracionismo lírico. De volta ao Brasil, atua como professor de desenho e pintura no MAC/Campinas, 1968, além de ministrar curso teórico de iniciação nas artes plásticas no Centro de Ciências, Letras e Artes, 1970. Em São Paulo, leciona artes plásticas e história da arte no Colégio São Luís, 1972. Ocupa, entre 1972 e 1977, o cargo de professor titular na PUC/Campinas e na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araras. Suas participações no Prêmio Leirner de Arte Contemporânea e no 1º Salão Esso de Artistas Jovens lhe rendem, respectivamente, o segundo e o primeiro prêmio em pintura.

Críticas

"... a pintura de Alberto Teixeira agrada. É clara, expressiva, convincente. Emerge de um grafismo expressional, das origens de um desenho inteligente e sensível, muitas vezes projetado numa perenidade atmosférica que o apóia em todos os sentidos. O artista, ao avançar nesse grafismo, não se subtrai à forma, antes a põe em relevo embora indiferentemente a jogue, como fator construtivo, naqueles campos, naquelas atmosferas. E são signos, notações, objetos desligados de qualquer relação, num mundo arbitrário, em que o poético serve de principal conduto fixador da sugestão e da imagem. Este visualista, em cuja base encontraremos quase sempre o segredo de uma boa estrutura, embora se desenvolva numa livre fantasia, é também um sensibilíssimo colorista, cuja imaginante formulação de cor, freme em marcas, em notas e linhas e tramas, em que azuis, cinzas, terras, e ainda uma certa disponibilidade para a fusão 'fumée', ora em opaco, ora em extensões transparentes, compõem muito bem uma continuidade característica pessoal".
Geraldo Ferraz
FERRAZ, Geraldo. Apresentação. In: GALERIA DE ARTE DAS FOLHAS. Prêmio Leirner de Arte Contemporânea: catálogo. São Paulo, 1961.

"(...) realiza uma pintura abstrata, embora estruturada. Grandes áreas cromáticas, ora lisas, ora levemente perturbadas em sua matéria, encostam-se às áreas de coloridos diferentes (...) seus quadros parecem como que fragmentos de grandes acontecimentos plásticos de seriações infinitas e de sucessões infinitas das áreas coloridas".
Theon Spanudis
PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.

"Sempre tive a impressão que Teixeira não estava realizando muito rapidamente ou até levianamente as suas obras, em comparação com muitos outros que seguiram a linha do informal e nos apresentam soluções nada maduras. Os quadros do nosso mestre, que há tempos trabalha em Campinas, ao contrário, deixam ver a profunda meditação que está inserida neles. Pode ser que o ambiente lá permita mais contemplação do que a nossa metrópole agora convulsionada. De qualquer modo, estamos vendo como Alberto Teixeira conseguiu desenvolver durante bastantes anos a seqüência lógica das suas imagens. O caráter firme e mais a posição permanente dentro do moderno destacam a obra de Teixeira, alheia aos modismos tão passageiros".
Wolfgang Pfeiffer
PFEIFFER, Wolfgang. Apresentação. In: MUSEU DE ARTE MODERNA DE SÃO PAULO. Alberto Teixeira: o vermelho e o verde: catálogo. São Paulo, 1989.

Exposições Individuais

1959 - São Paulo SP - Individual, Galeria Antigonovo
1963 - São Paulo SP - Individual, Galeria São Luiz
1963 - São Paulo SP - Individual, Galerie 1900-2000
1966 - Belo Horizonte MG - Individual, Museu de Arte da Pampulha
1966 - São Paulo SP - Individual, Seta Galeria de Arte
1969 - Greensboro (Estados Unidos) - Individual, Janus Gallery
1969 - Washington (Estados Unidos) - Individual, Pan American Union Gallery
1978 - Campinas SP - Alberto Teixeira: desenhos e pinturas, Museu de Arte Contemporânea José Pancetti 
1981 - Campinas SP - Individual, Galeria Ateliê
1981 - São Paulo SP - Alberto Teixeira: pinturas e aquarelas, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
1983 - Ribeirão Preto SP - Individual, Galeria Campus - USP - Banespa
1988 - Campinas SP - Individual, Thébis Cury Gabinete de Arte
1989 - São Paulo SP - Alberto Teixeira: pinturas, Museu de Arte Moderna
1990 - Campinas SP - Individual, Thébis Cury Gabinete de Arte
1993 - Campinas SP - Individual, Galeria Unicamp
1995 - Campinas SP - Individual, Galeria D
1997 - Campinas SP - Individual, Espaço Cultural Tênis Club
1998 - Campinas SP - Individual, MACC
1998 - Campinas SP - Retrospectiva, MACC
2001 - Campinas SP - Individual, Galeria Vera Ferro
2009 - São Paulo SP - Individual, Galeria Berenice Arvani

Exposições Coletivas

1949 - Estoril (Portugal) - 15º Salão do Estoril
1950 - Lisboa (Portugal) - Coletiva, na Sociedade de Belas Artes de Lisboa
1953 - São Paulo SP - 2ª Bienal Internacional de São Paulo, Pavilhão dos Estados
1953 - São Paulo SP - Atelier Abstração, Instituto de Arquitetos do Brasil. Departamento de São Paulo 
1954 - São Paulo SP - Atelier Abstração, Museu de Arte Moderna
1955 - São Paulo SP - 3ª Bienal Internacional de São Paulo, Pavilhão das Nações
1955 - São Paulo SP - 4º Salão Paulista de Arte Moderna, Galeria Prestes Maia
1955 - São Paulo SP - Atelier Abstração, Universidade Presbiteriana Mackenzie
1955 - São Paulo SP - Coletiva, Instituto de Arquitetos do Brasil. Departamento de São Paulo
1958 - São Paulo SP - 47 Artistas, Galeria de Arte das Folhas
1958 - São Paulo SP - Prêmio Leirner de Arte Contemporânea, Galeria de Arte das Folhas
1959 - São Paulo SP - 5ª Bienal Internacional de São Paulo, Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1961 - São Paulo SP - Prêmio Leirner de Arte Contemporânea, Galeria de Arte das Folhas - 2º prêmio em pintura
1962 - Rio de Janeiro RJ - Coletiva, Instituto Brasil-Estados Unidos
1963 - São Paulo SP - 7ª Bienal Internacional de São Paulo, Fundação Bienal
1965 - Bonn (Alemanha) - Arte Brasileira Atual
1965 - Washington (Estados Unidos) - 1º Salão Esso de Artistas Jovens da América Latina, Pan American Union Gallery - primeiro prêmio/pintura
1965 - Londres (Reino Unido) - Brazilian Art Today, Royal Academy of Arts
1965 - Madri (Espanha) - Arte Brasileira Atual
1965 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão Esso de Artistas Jovens, Museu de Arte Moderna - 1º prêmio em pintura
1965 - São Paulo SP - 1º Salão Esso de Artistas Jovens, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
1965 - São Paulo SP - 8ª Bienal Internacional de São Paulo, Fundação Bienal
1965 - Viena (Áustria) - Brazilian Art Today, Museum für Angewandte Kunst
1966 - Bonn (Alemanha) - Brazilian Art Today, Beethonvenhalle 
1966 - Johnson City (Estados Unidos) - Pintura Latino-Americana, East Tennessee University. Carol Reece Museum
1966 - Mayaguez (Porto Rico) - Homenagem a Ruben Dario
1970 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Girassol
1970 - São Paulo SP - 2º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1971 - São Paulo SP - Abstratos e Geométricos, Paço das Artes
1972 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Girassol
1973 - São Paulo SP - 5º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1974 - Campinas SP - Coletiva, Centro de Ciências, Letras e Artes de Campinas
1975 - Rio de Janeiro RJ - 2 Artistas de Campinas, Galeria Ibeu Copacabana
1975 - São Paulo SP - Artistas de Campinas, Galeria 167
1976 - São Paulo SP - Imigrantes nas Artes Plásticas de São Paulo, Museu de Arte de São Paulo
1977 - Atami (Japão) - 3ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1977 - Campinas SP - Arte em Campinas Hoje: pintura e desenho, Centro de Convivência Cultural de Campinas
1977 - Campinas SP - Artistas de Campinas, no Banco América do Sul S.A
1977 - Kyoto (Japão) - 3ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1977 - Rio de Janeiro RJ - 3ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1977 - São Paulo SP - 30 Anos de Artes Plásticas em Campinas, Museu de Arte de São Paulo
1977 - São Paulo SP - 3ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1977 - Tóquio (Japão) - 3ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1979 - São Paulo SP - 11º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1980 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Ateliê
1980 - Rio de Janeiro RJ - 1ª Mostra de Artistas Portugueses Radicados no Brasil, Sheraton Rio Hotel & Towers
1981 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Ateliê
1982 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Croqui
1983 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Croqui
1984 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Aquarela
1985 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Aquarela
1986 - Campinas SP - Coletiva, Aliança Francesa de Campinas
1986 - Campinas SP - Coletiva, Galeria Aquarela
1986 - Campinas SP - Coletiva, Livraria Letras e Artes
1987 - Campinas SP - Coletiva, Galeria do Centro de Ciências, Letras e Artes
1987 - Campinas SP - Coletiva, Thébis Cury Gabinete de Arte
1987 - Campinas SP - Miniaturarte, Museu de Arte Contemporânea José Pancetti
1987 - São Paulo SP - 18º Panorama de Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna
1988 - Campinas SP - Artistas Educadores e Suas Obras, Centro de Convivência Cultural
1988 - Campinas SP - Coletiva, Aliança Francesa de Campinas
1988 - São Paulo SP - 1º Salão Nacional de Aquarelas da FASM, Faculdade Santa Marcelina
1992 - Campinas SP - A Pintura em Campinas: o contemporâneo, Instituto Cultural Itaú. Centro de Informática e Cultura II
1992 - Campinas SP - Premiados nos Salões de Arte Contemporânea de Campinas, Museu de Arte Contemporânea José Pancetti
1993 - Campinas SP - Artistas e seu Ateliês, Museu de Arte Contemporânea José Pancetti
1993 - São Paulo SP - Eram Brasileiros os que Ficaram, Pinacoteca do Estado
1993 - São Paulo SP - Exposição Luso-Nipo-Brasileira, Museu de Arte Brasileira
1993 - São Paulo SP Artista Participante - Portugal-Japão: mares navegados (1993 : São Paulo, SP) - MAB-FAAP (São Paulo, SP) 
1994 - São Paulo SP - 13 Artistas Portugueses, no Clube Português
1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal de São Paulo
1994 - São Paulo SP Artista Participante - 13 Artistas Portugueses (1994 : São Paulo, SP) - Clube Português. 
1994 - São Paulo SP Artista Participante - Bienal Brasil Século XX (1994 : São Paulo, SP) - Fundação Bienal (São Paulo, SP) 
1995 - Campinas SP - Panorama Cultural de Campinas, no MACC
1995 - Campinas SP Artista Participante - Panorama Cultural de Campinas (1995 : Campinas, SP) - Museu de Arte Contemporânea José Pancetti (Campinas, SP) 
1995 - Chicago (Estados Unidos) - Mostra de Aquarelas da FASM, na Gallery 2000 - Northern Illinois University
1995 - Chicago (Estados Unidos) Artista Participante - Mostra de Aquarelas da FASM (1995 : Chicago, Estados Unidos) - Gallery 2000 - Northern Illinois University (Chicago, Estados Unidos) 
1995 - São Paulo SP - Aquarela Viva, na Fundação Mokiti Okada M.O.A.
1995 - São Paulo SP - Mostra de Aquarelas da FASM, na Faculdade Santa Marcelina
1995 - São Paulo SP - Projeto Arte Atual Brasil, no Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte
1995 - São Paulo SP Artista Participante - Aquarela Viva (1995 : São Paulo, SP) - Fundação Mokiti Okada M.O.A. (São Paulo, SP) 
1995 - São Paulo SP Artista Participante - Mostra de Aquarelas da FASM (1995 : São Paulo, SP) - Faculdade Santa Marcelina (Campus Perdizes, São Paulo, SP) 
1996 - Cidade do México (México) - Aquarelas Brasil-México 96, Museo Nacional de la Acuarela
1996 - São Paulo SP - O Mundo de Mario Schenberg, Casa das Rosas
1997 - São Paulo SP - Exposição Comemorativa: núcleo de aquarelistas da FASM, Faculdade Santa Marcelina
1998 - São Paulo SP - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, Museu de Arte Moderna
1999 - Rio de Janeiro RJ - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, Museu de Arte Moderna
1999 - São Paulo SP - Década de 50 e Seus Envolvimentos, Jo Slaviero Galeria de Arte
2005 - São Paulo SP - Pequenas Grandes Obras, Cultural Blue Life
2009 - Milão (Itália) - Pequenas Grandes Obras - Arte Contemporânea Brasileira, Istituto Brasile - Italia 
2009 - São Paulo SP - Anos 50 - 50 Obras, Galeria Berenice Arvani
2010 - São Paulo SP - Autorretratos e "Autorretratos",  Lugar Pantemporâneo

Fonte: Itaú Cultural

VEJA TAMBÉM

Candido Portinari - São Sebastião
São Sebastião
Elena Nikitina - "Aquario de Luas", da Suite Geômetra
"Aquario de Luas", da Suite Geômetra
Amilcar de Castro - Sem Titulo(p.30)
Sem Titulo(p.30)
Alex Vallauri - Cesta de Frutas
Cesta de Frutas